quarta-feira, 3 de julho de 2019

Documentário 'Folia de Reis', da TV Brasil, é selecionado para festivais internacionais


Produção gravada pela emissora pública no interior do Rio mostra tradição da cultural popular


O documentário "Folia de Reis", produzido pela TV Brasil, foi selecionado para dois festivais internacionais: o Festival First-Time Filmmaker Sessions e o The Lift-Off Sessions, ambos promovidos pelo Pinewood Studios, no Reino Unido.

Os festivais são online, realizados por meio do Vimeo On-Demand. A primeira etapa do festival The Lift-Off Sessions, começa no dia 14 de julho, e a do First-Time Filmmaker Sessions, no dia 22.

A Folia de Reis, uma das mais tradicionais manifestações de fé no Brasil, é o tema do curta produzido pela equipe da TV Brasil, emissora pública da Empresa Brasil de Comunicação (EBC). O documentário pode ser visto no aplicativo EBC Play, disponível nas versões Android e iOS, e também por meio do endereço play.ebc.com.br.

A produção investiga a festividade que envolve aspectos como promessa, devoção, fé, legado e tradição. O documentário combina dança às entrevistas com pesquisadores e devotos para revelar os bastidores dessa manifestação da cultura popular.

Segundo o coordenador de Produção da TV Brasil, Carlos Colla, na primeira fase, haverá um júri popular, que vai definir os escolhidos, e os que passarem para a segunda fase serão avaliados por um júri interno. Os aprovados participarão de toda a mostra e de workshops em uma série de eventos, explicou Colla, que é codiretor do documentário, junto com Henrique Lima.

Além de apresentar os personagens que fazem parte da folia, o documentário traça o caminho de histórias e emoções que mantêm viva essa tradição centenária. A caracterização, a música e a acolhida da comunidade estão presentes no âmago da festividade. A Folia de Reis é considerada patrimônio imaterial em várias regiões do país.

A roteirista, Marina Barreto, é de Duas Barras, interior fluminense, onde o documentário foi gravado. "Ela conhecia bem essas manifestações, a história que envolve as folias de Reis, as promessas, e toda a fé que existe em volta do evento, que não é uma festa. É mais uma 'pagação' de promessa do que um evento festivo", disse Colla.

De acordo com o produtor, a equipe ficou muito satisfeita com o reconhecimento alcançado pelo curta-metragem. "A Marina vem do rádio, está na TV há pouco tempo e ficou muito feliz com a indicação. Nós todos ficamos. É o reconhecimento de um trabalho, no final das contas. Ficamos felizes de ver que deu resultado o esforço. Foi um superesforço: passamos um fim de semana lá [em Duas Barras] bem intenso, trabalhando de sol a sol", explica.

Origem e influências

A Folia de Reis, que, dependendo da região do país, também é conhecida como Reisado e Festa dos Santos Reis, tem origem portuguesa, mas assimilou características brasileiras e incorporou influências das culturas africana e indígena.

A equipe que foi para Duas Barras acompanhou as manifestações durante um fim de semana de Dia de Reis, que é comemorado a 6 de janeiro. "Passamos um sábado e um domingo lá e captamos tudo, fizemos todas as entrevistas e ainda gravamos uma entrevista no Rio, em uma folia no Morro Dona Marta, que serviu para complementar as informações que tínhamos e uma com a historiadora Cascia Frade."

Com 24 minutos, o documentário foi produzido no início de 2018 e exibido pela primeira vez em maio daquele ano na TV Brasil. A produção também ganhou janela em janeiro deste ano durante a Folia de Reis.

Carlos Colla disse que não tinha muito contato com as folias de Reis e que aprendeu muito com essas manifestações culturais e de fé. "O bom da nossa profissão é que a gente sempre aprende, porque pesquisa e acaba conhecendo mais a fundo o que vai fazer. "

Segundo Colla, por meio da fala dos personagens, o documentário mostra como se mantém a tradição das folias no país, o que impressionou muito a equipe.

"O que se leva dessa experiência é ver como a fé é importante para movimentar as pessoas, como dá esperança às pessoas. [Ver] o que elas são capazes de fazer, pagar uma promessa para agradecer, de alguma forma, uma graça conseguida. O que a gente leva disso é ver o ser humano na essência mais pura da esperança e da fé."

O filme tem a participação dos mestres José do Nascimento Gabriel e José Henrique Silva, do palhaço Ronaldo Silva, do artista plástico Edson Felipe Machado e da historiadora Cascia Frade, entre outras pessoas que mantêm viva essa identidade cultural que atravessa gerações no país.

No Brasil, o curta-metragem "Folia de Reis" participou, em maio, da seleção online do 14º Festival de Taguatinga, no Distrito Federal.


Ficha Técnica
Ano: 2018
Duração: 24 min.
Classificação indicativa: Livre
Direção: Carlos Colla e Henrique Lima
Roteiro e Argumento: Marina Barreto
Produção: Carol Rocha, Ingrid Gassert e Marina Barreto
Coordenação de Produção: Carlos Colla
Pós-produção: Leonardo Dias e Poliana Guimarães
Edição e Finalização: Luisa Breda
Coordenação de Finalização: Carlos Damião
Fotografia: Dênis Vianna e Mariana Vitarelli
Operadores de Câmera: Cassius Lima e Marcelo Curvello
Iluminação: Ricardo Alexandria
Auxiliares: Carlos Júnior, Cristiano Lopes, Elias Carneiro e Pablo Costa
Sonorização: Marcel Almeida
Áudio: André Luna
Trilha sonora: Newton Cardoso

Fonte:FERNANDO CHAVES/TV BRASIL

SHARE THIS

0 comentários:

Popular Posts

Cloud Labels

especiais (77)