Our social:

sábado, 12 de agosto de 2017

Leon Hirszman e Festival Mazzaropi na TV BRASIL

       Programação de 12 a 20 de agosto. 

Sábado, 12 de agosto
No Paraíso das Solteironas”
16h

Aquele caboclo acostumado com a vida do interior não poderia imaginar que ao tentar a sorte na cidade grande seria alvo dos olhares de desejo de uma turma de solteironas loucas por um “tipão” assim como ele. Na bagunça, ele ainda tem tempo para se envolver em confusões com a dona do hotel e é colocado às voltas com uma quadrilha e um grupo de ciganos.
Ano de estreia: 1969. Gênero: comédia. Direção: Pio Zamuner, com Amácio Mazzaropi, Geny Prado, Átila Iório, Carlos Garcia, Elizabeth Hartman.
95 min. Classificação Indicativa: livre
________________________________


Sábado, 12 de agosto
Jeca Tatu”
23h30

Jeca é um roceiro preguiçoso de dar dó, mas esta preguiça está com os dias contatos, pois seu ranchinho está ameaçado pela ganância de latifundiários sem coração. Ele vai usar todo o seu jeito matreiro para conseguir um cantinho de terra.
Em “Jeca Tatu” – uma declarada homenagem ao conterrâneo Monteiro Lobato –, Mazzaropi trata com singeleza a figura do homem do campo e a questão da reforma agrária.
Um dos maiores sucessos de Mazzaropi, “Jeca Tatu” é parte do Festival Mazzaropi, que reúne clássicos do ator e cineasta em comemoração aos 105 anos que ele completaria em 2017. A sessão traz 20 longas remasterizados, sendo que três vão ao ar pela primeira vez em cores.
Ano: 1960. Classificação: livre.

_________________________________________


Segunda-feira, 14 de agosto
Do outro lado do mundo”
23h

Documentário retrata a experiência de duas mulheres criadas sob culturas diferentes. Elas encontram o amor em uma terra distante ou ao lado de uma pessoa estrangeira. “Do outro lado do mundo” destaca as motivações de dois casais vindos de realidades e nacionalidades diferentes na busca da felicidade e melhores condições de vida.
Paulina, uma angolana do Bentiaba, conhece o chinês Johnny, que foi a Angola trabalhar na construção de uma estrada.
A chinesa Sofia chega a Angola com o marido, Inácio. O casal teve que deixar o filho na China, temporariamente. Inserida numa cultura diferente, com um nome adaptado para facilitar a pronúncia, “Sofia” procura entender se a mudança não a separou demais de si própria.
As duas mulheres partilham a coragem e a ousadia para mudar o próprio destino e quebrar barreiras culturais em busca da felicidade. Por meio de línguas e costumes muitas vezes contrastantes, Paulina, Johnny, Inácio e Sofia falam sobre amar. Refletem sobre a ausência, aquela sentida por alguém que se vai, e a que se pode instalar quando chegamos ao que nos é ainda estrangeiro.
Inédito. 52 min. País: Angola. Ano: 2016. Realização: Rui Sérgio Afonso.

_______________________

Quarta-feira, 16 de agosto
Deixa que eu falo”
23h

Documentário “Deixa que eu falo” apresenta a biografia do cineasta Leon Hirszman, diretor do Cinema Novo que realizou 11 curtas e cinco longas-metragens entre 1962 e 1986.
Lançado em 2007, “Deixa que eu falo” refaz a trajetória de Leon Hirszman por meio de sua obra e de imagens de arquivo. Os depoimentos do próprio homenageado conduzem o ritmo da produção, que faz uma síntese das esperanças e das frustrações de toda uma geração.
A direção é de Eduardo Escorel, amigo e parceiro de trabalho de Hirszman. Escorel montou três longas da importante filmografia deixada pelo cineasta: “Nelson Cavaquinho”, “São Bernardo” e “Eles Não Usam Black Tie”.
82 min. Classificação: Livre. Ano: 2007. Direção: Eduardo Escorel. Narração: Leon Hirszman.
___________________________________

Sábado, 19 de agosto
Uma Pistola para Djeca”
16h

Amácio Mazzaropi interpreta Gumercindo, homem pobre e honesto que tem sua filha seduzida pelo filho do fazendeiro. A garota fica grávida e o bebê vira motivo de chacotas por não ter pai.
O patrão acaba expulsando o trabalhador de suas terras e Gumercindo se une a fazendeiros vizinhos para o ajuste de contas. Agora a justiça deverá ser feita, só será preciso que algum louco dê “Uma Pistola para Djeca.”
Ano de estreia: 1969. Gênero: comédia. Direção: Ary Fernandes, com Amácio Mazzaropi, Nello Pinheiro, Elizabeth Hartman, Patricia Mayo, Rogério Camara.
Reprise. 52 min. Classificação Indicativa: Livre.
_____________________

Sábado, 19 de agosto
O Vendedor de Linguiça”
23h30

Na comédia musical “O Vendedor de Linguiça”, Mazzaropi é um vendedor que tem que se esforçar para conquistar a freguesia. Em meio a problemas com a família, vizinhos e cachorros (que adoram roubar suas linguiças), ele vive diversas situações inusitadas e engraçadas.
Entre as canções interpretadas no filme estão o “O Linguiceiro” e “Mocinho Lindo”, interpretadas por Mazzaropi; “Olhar de saudade”, interpretada por Pery Ribeiro; “Não ponha a mão”, por Elza Soares; e “Poema do adeus” por Miltinho.
Inédito. Ano: 1962. Direção: Glauco Mirko Laurelli. Argumento e produção: Amácio Mazzaropi. Classificação: livre.

          FONTE: Ricardo Ribeiro/ TV BRASIL

Popular Posts

Google+ Followers