Our social:

domingo, 20 de março de 2016

Morre escritor e crítico de cinema brasileiro José Carlos Avellar


No último dia 18 de março, o Brasil perdeu um de seus mais notáveis teóricos do cinema. O jornalista e escritor José Carlos Avellar foi o grande embaixador do cinema brasileiro. Crítico, ensaísta, escritor, gestor público, desde 2008 ele foi responsável pela programação dos cinemas do Instituto Moreira Salles. Entre 1995 e 2000, Avellar foi diretor da Riofilme, participou de júris oficiais e de crítica de festivais como Veneza e Cannes, tendo sido por vários anos, o representante brasileiro do Festival de Berlim. Foi ainda diretor cultural da extinta Embrafilme (1985-1987); vice-diretor (1969-1985) e diretor (1991-1992) do MAM/RJ; e, vice-presidente da Fipresci, Associação Internacional de Críticos de Cinema (1986-1995). 

Avellar lançou seis livros de ensaios sobre cinema, entre os quais "O chão da palavra: Cinema e Literatura no Brasil " (2008), "O Cinema Dilacerado" (1986), além da organização de vollumes como "O processo do cinema novo", de Alex Vianny (1999), e diversos artigos em obras coletivas, como  em "Cine Documental en América Latina",, organizado por Paulo Paranaguá (2003), e "O bestiário de Chris Marker", organizado por Robert Grélier (1986). 

José Carlos Avellar tinha 79 anos e lutava contra o câncer. A cerimônia de despedida aconteceu neste domingo, 20 de março, no Memorial do Carmo, no Rio de Janeiro.


Popular Posts

Google+ Followers