Our social:

quarta-feira, 27 de junho de 2012

WOODY ALLEN em PARA ROMA, COM AMOR


 “Para Roma, com amor” é a nova comédia de costumes de Woody Allen.  O filme, que estréia no Brasil este final de semana, segue a proposta de “Meia Noite em Paris” apresentando um roteiro de esquetes, com diversos personagens distribuídos em diferentes núcleos.  Desta vez, o fio condutor é a cidade italiana, com um toque mais apimentado, humorado e crítico sobre os relacionamentos e a análise dos comportamentos, principalmente quando entram em jogo os interesses entre o amor e a fama.
São quatro histórias paralelas: A visita de um casal americano (Woody Allen e Judy Davis) para conhecer a família do noivo da filha em Roma; Um arquiteto renomado da Califórnia (Alec Baldwin) que em visita à Itália se envolve com as atrapalhadas românticas de um estudante de arquitetura (Jesse Eisenberg, Ellen Page, Greta Gerwiq); A fama fugaz  que muda a vida de um trabalhador comum (Roberto Benigni); E os desencontros de um jovem casal do interior (Alessandra Mastronardi e Alessandro Tiberi) que se envolvem em situações inusitadas nas ruas de Roma e com diferentes parceiros (Penélope Cruz, Ornella Muti e Antonio Albanese).
“Para Roma, com amor” é também o retorno às telas de Woody Allen, interpretando um personagem. Sua última aparição foi em 2006 com “Scoop”.  Com quase 50 filmes realizados, o cineasta americano de 76 anos continua bastante crítico em relação aos seus filmes. Em Los Angeles, durante entrevista para promover o lançamento do longa, ele falou de sua insatisfação com o resultado de “Para Roma, com amor”, incluindo a alteração do título, que originalmente seria “Bob Decameron”, mas que teve que ser mudado para que todos entendessem.  Allen também declarou sua admiração pela cinematografia italiana, de grandes diretores como Fellini, De Sica, Antonioni e Luchino Visconti, que fizeram parte de sua visão de mundo e formação como cineasta. Ele afirmou que vai onde é bem-vindo e onde seus filmes podem ser financiados sem restrições. Confirma a possibilidade de dirigir no Brasil, o que para ele será um enorme prazer, mas que ainda está buscando a história certa para filmar em nosso país.


Popular Posts

Google+ Followers