quinta-feira, 10 de março de 2022

Filmes da TV Brasil - 14 a 20 de março de 2022

 

O longa "Jean Charles", de Henrique Goldman, estrelado por Selton Mello e Vanessa Giácomo está na programação de filmes da TV BRASIL


CONFIRA: 

- Segunda (14) – 14h00 – Sessão Família"Encantado" (2019) – animação

- Segunda (14) – 22h00 / 03h45 – Cine Retrô"Jecão... Um fofoqueiro no céu" (1977) – comédia

- Terça (15) – 14h00 – Sessão Família"Becassine, a Babá dos Sonhos" (2001) – animação

- Terça (15) – 22h30 / 03h45 – Cine Retrô"Jeca e seu Filho Preto" (1978) – comédia

- Quarta (16) – 14h00 – Sessão Família"O Segredo do Vale da Lua" (2008) – aventura

- Quinta (17) – 14h00 – Sessão Família"Casinha Pequenina" (1963) – comédia

- Quinta (17) – 22h30 / 03h45 – Cine Retrô"Sai de Baixo" (1956) – comédia musical

- Sexta (18) – 14h00 – Sessão Família"Uma Viagem Extraordinária" (2013) – aventura

- Sexta (18) – 22h30 / 03h45 – Cine Nacional: "Jean Charles" (2009) – drama

- Sábado (19) – 18h00 – Cine Retrô: "O Noivo da Girafa" (1957) – comédia

- Sábado (19) – 21h30 – Cine Retrô" Uma Certa Lucrécia" (1957) – comédia

- Domingo (20) – 14h00 – Sessão Família"Um Amor de Filhote" (2018) – drama

- Domingo (20) – 16h00 – Cine Nacional"Vazio Coração" (2013) – drama

- Domingo (20) – 3h30 – Cine Retrô: "A Banda das Velhas Virgens" (1979) – comédia


_______



Filmes da TV Brasil - 14 a 20 de março de 2022

 

Segunda-feira, 14 de março

 

Sessão Família – Encantado

14h00, na TV Brasil

 

Título original: Charming. País: Canadá. Ano: 2019. Gênero: animação, fantasia, comédia. Direção: Ross Venokur.

 


No dia de seu batizado, o Príncipe Felipe Encantado é amaldiçoado pela bruxa Morgana com um feitiço que faz com que todas as mulheres do reino se apaixonem por ele até que um dia em que não será amado por mais ninguém.

 

A animação resgata as histórias de contos de fadas quando Branca de Neve, Cinderela e Bela Adormecida descobrem que todas elas são encantadas pelo mesmo Príncipe. Elas ficam perdidamente apaixonadas assim que o veem.

 

O Príncipe Encantado deve embarcar em uma viagem épica em busca de sua essência. Caso ele não encontre sua real alma gêmea antes de completar 21 anos de idade, todo o amor que Felipe conhece desaparecerá e existe no reino desaparecerá para sempre.

 

O encanto só pode ser rompido com um beijo de amor verdadeiro. Assim, quebrar a maldição de Morgana será bastante difícil diante de tamanha adoração. Para cumprir o desafio em três etapas, Felipe encontra apoio na ladra Leonora Quinonez, que está imune ao seu galanteio e se traveste de homem para ajudá-lo.

 

Reprise. 85 min.

Classificação Indicativa: Livre

Horário: 14h00

 

---

 

Segunda-feira, 14 de março

 

Cine Retrô – Jecão... Um fofoqueiro no céu

22h00, na TV Brasil

03h45, na TV Brasil (madrugada de segunda, dia 14/3, para terça-feira, dia 15/3)

 

Ano: 1977. Gênero: comédia. Direção: Amácio Mazzaropi e Pio Zamuner. Elenco: Amácio Mazzaropi, Geny Prado, Paulo Greven, Dante Ruy, Gilda Valença, Denise Del Vecchio, Edgard Franco, Elizabeth Hartman, João Paulo, Leonor Navarro, Rose Garcia, Armando Paschoalim.

 


Jecão Espinheiro vê-se envolvido com problemas relacionados à sua sorte com dinheiro. Ele e o filho Martinho ganham na Loteria "Espiritiva" e vão para São Paulo receber o prêmio. Quando voltam para cidadezinha onde moram, são recebidos pela população fanfarra, faixa de boas-vindas e muita festa mas também por olhos cobiçosos.

 

A fortuna desperta o interesse de um latifundiário da região, Chico Fazenda, que, com seus capangas, assalta Jecão e o mata. Graças às suas boas ações, Jecão vai parar no céu, um achado cenográfico bem ao estilo popular do caipira. Há no filme sequências impagáveis das sessões espíritas. Em uma delas, o protagonista volta à Terra para realizar seu próprio enterro, provocando confusão, medo e correria em praça pública.

 

Para desespero dos santos, toda vez que volta ao céu, Jecão promove bailinhos para animar os anjos e é punido pelo pecado da indisciplina. Diante das estripulias do Jecão no céu, realiza-se uma reunião de cúpula entre os santos para decidir sua sorte. Como ele não pode ficar mais lá, nem ser mandado para o inferno, o conselho decide-se pela única saída: a reencarnação.

 

Reprise. 98 min.

Classificação Indicativa: Livre

Horário: 22h00

Horário: 03h45 (madrugada de segunda, dia 14/3, para terça-feira, dia 15/3)

 

---

 

Terça-feira, 15 de março

 

Sessão Família – Becassine, a Babá dos Sonhos

14h00, na TV Brasil

 

Título original: Bécassine, Le Trésor Viking. País: França. Ano: 2001. Gênero: animação. Direção: Philippe Vidal. Roteiro: Yves Coulon, Béatrice Marthouret, J.P. Pinchon.

 


Baseada nas histórias em quadrinhos criadas por Joseph Pinchon no início do século XX, a animação francesa "Becassine, a Babá dos Sonhos" acompanha as aventuras da babá que toda criança deseja ter.

 

Bécassine chega a Paris para cuidar de Charlotte, neta de uma de suas tutoradas anteriores, Loulotte. Durante a ação, a baba e a menina acabam por se envolver em uma odisseia repleta de humor, música e dança.

 

Elas precisam ir de Paris à Marselha, de Ibiza à Lapônia, tentando desvendar o que teria acontecido com o pai de Charlotte, Edmond. Do que ele está fugindo? Que segredo ele está tentando proteger? A família de Charlotte escapará das garras do perverso Gaspard, um suposto amigo da família?

 

A princípio, suas roupas típicas da Bretanha – vestido verde, avental branco e meias listradas – podem parecer um tanto estranhas, mas a desajeitada Bécassine ganha o coração dos que a conhecem, tanto por sua doçura quanto pelas confusões em que se mete.

 

Nessa adaptação dos quadrinhos para o cinema, dirigida por Philippe Vidal, as atrizes Muriel Robin, Kelly Marot e Zabou Breitman dão voz, respectivamente, aos principais personagens do desenho: Bécassine, Loulotte e Charlotte.

 

A atuação de Zabou Breitman não parou por aí. A artista ainda canta duas das músicas que integram a trilha sonora do longa-metragem de animação em dueto com a cantora e compositora parisiense Enzo Enzo.

 

Considerada a primeira protagonista feminina das tirinhas, as tramas de Becassine circularam pela primeira vez em 2 de fevereiro de 1905, na revista francesa La Semaine de Suzette. Ela é um dos mais longevos personagens de quadrinhos do país europeu.

 

O advento da personagem Bécassine no começo do século XX é considerado o nascimento da moderna história em quadrinhos franco-belga. As tiras marcam a transição entre as histórias ilustradas e as HQs como são conhecidas hoje.

 

Outro destaque da obra se refere ao seu estilo de desenho, com linhas vivas, modernas e arredondadas. Esse modo de ilustrar inspiraria o estilo ligne claire que Hergé, 25 anos depois, popularizou no clássico "As Aventuras de Tintin".

 

Reprise. 85 min.

Classificação Indicativa: Livre

Horário: 14h00

 

---

 

Terça-feira, 15 de março

 

Cine Retrô – Jeca e seu Filho Preto

22h30, na TV Brasil

03h45, na TV Brasil (madrugada de terça, dia 15/3, para quarta-feira, dia 16/3)

 

País: Brasil. Ano de estreia: 1978. Gênero: comédia. Direção: Pio Zamuner. Codireção: Berilo Faccio. Elenco: Amácio Mazzaropi, Geny Prado, Yara Lins, Elizabeth Hartman, Denise Assunção.

 


Em "Jeca e seu filho preto", o saudoso humorista Amácio Mazzaropi interpreta Zé, o pai de um rapaz (misteriosamente) negro. O fato nunca pareceu o atormentar, mas os vizinhos se incomodam quando o rapaz se enamora de uma moça branca, filha de um rico fazendeiro.

 

Em plenos anos 1970, Amácio Mazzaropi, com seu jeito simples, abordou no cinema a questão do preconceito racial.

 

Reprise. 104 min.

Classificação Indicativa: 12 anos

Horário: 22h30

Horário: 03h45 (madrugada de terça, dia 15/3, para quarta-feira, dia 16/3)

 

---

 

Quarta-feira, 16 de março

 

Sessão Família – O Segredo do Vale da Lua

14h00, na TV Brasil

 

Título original: The Secret of Moonacre. País: Reino Unido. Ano: 2008. Gênero: aventura. Direção: Gábor Csupó. Elenco: Dakota Blue Richards, Ioan Gruffudd, Tim Curry, Natascha McElhone e Juliet Stevenson, Michael Webber.

 


Bela Bontempo (Dakota Blue Richards) é uma órfã de 13 anos, que após a morte de seu pai, precisa se mudar da mansão luxuosa em que mora com várias mordomias para a sombria casa de seu tio Benjamin (Ioan Gruffudd), no misterioso Vale da Lua. Ao passear pela floresta próxima a sua nova residência, ela descobre uma maldição que divide duas famílias há séculos e que põe em risco o próprio vale.

 

Em um mundo misterioso e cheio de disputas de interesse e poder entre o tio e a sinistra família de Coeur De Noir, a jovem descobre que ela é o centro de tudo, uma vez que é a última princesa herdeira da linhagem. Bela será guiada por uma legião de estranhos aliados na tentativa de manter a honra de sua família e evitar que o Vale da Lua desapareça para sempre.

 

Para salvar o local, ela precisa quebrar o feitiço antes da 5.000ª lua cheia. A jovem conta com a ajuda do chefe Pierre (Michael Webber), um cozinheiro maluco, a sra. Lavandísca (Juliet Stevenson), sua babá, e o cão Rufus. No decorrer do filme Bela conhece Robin (Augustus Prew), o mais jovem da família Coeur De Noir, rival da sua, e os dois acabam se afeiçoando um pelo outro, ajudando a salvar o Vale da Lua.

 

Reprise. 103 min.

Classificação Indicativa: 12 anos

Horário: 14h00

 

---

 

Quinta-feira, 17 de março

 

Sessão Família – Casinha Pequenina

14h00, na TV Brasil

 

País: Brasil. Ano: 1963. Gênero: comédia. Direção: Glauco Mirko Laurelli. Elenco: Amácio Mazzaropi, Geny Prado, Roberto Duval, Tarcísio Meira, Edgard Franco, Astrogildo Filho, Guy Loup, Luis Gustavo, Marly Marley, Marina Freire, Ingrid Tobias.

 


Considerado a obra-prima de Amácio Mazzaropi, o filme "Casinha Pequenina" traz um elenco de estrelas e marca a estreia de Tarcísio Meira no cinema. A trama tem o fim da escravidão como pano de fundo e mostra a luta contra os interesses dos senhores de engenho.

 

Na época do Brasil colonial, o rico fazendeiro escravista Coronel Pedro (Roberto Duval) leva uma vida repleta de crimes e assassinatos. Apesar disso, sua mulher e filhos não conhecem sua extensa ficha criminal.

 

Os problemas do proprietário de terras começam ao ser chantageado por Carlota (Marly Marley), mulher que testemunhou os capangas dele matarem outro homem. Ela ameaça contar tudo para a polícia caso o homem não providencie um bom casamento para a filha dela, Inês.

 

Para se livrar da testemunha, o fazendeiro envolve um casal de colonos, Chico (Amácio Mazzaropi) e Fifica (Geny Prado) num plano. Coronel Pedro apresenta o filho deles, Nestor (Tarcísio Meira), como um ricaço da região para Inês. O rapaz acaba se apaixonando pela moça.

 

Mesmo assim, os pais do jovem desconfiam bastante da nova namorada dele. É nesse ínterim que se estabelece um grande clima de conflito na família. O amigo Bento (Luís Gustavo), que trabalha com Nestor na fazenda, descobre o segredo.

 

Namorado de Ivone (Ingrid Tobias), Bento quer contar para Nestor sobre o golpe de Inês, a falsa sobrinha do Coronel Pedro. Ele tenta convencer o amigo a não se casar e busca a todo o curso abrir os olhos de Nestor para toda a farsa.

 

Reprise. 95 min.

Classificação Indicativa: 12 anos

Horário: 14h00

 

---

 

Quinta-feira, 17 de março

 

Cine Retrô – Sai de Baixo

22h30, na TV Brasil

03h45, na TV Brasil (madrugada de quinta, dia 17/3, para sexta-feira, dia 18/3)

 

País: Brasil. Ano: 1956. Gênero: comédia musical. Direção: J.B. Tanko. Elenco: Carequinha, Fred Villar, Adelaide Chiozzo, Renato Restier, Costinha, Norma Blum, Aracy Cardoso, Ivon Curi, Paulo Monte, Older Cazarré, Luiz Teles, Wilma Faria, Perpétuoo Silva, Vera Valéria e Valdo César.

 


Um grupo de recrutas do corpo de paraquedistas do Exército faz tudo para não ter que suar a farda nos exercícios físicos. Para isso, eles se encarregam até de cuidar do cachorro do general.

 

Desafiado por um sargento, que está interessado em sua namorada e quer ridicularizá-lo publicamente, Carequinha decide se alistar ao serviço militar acompanhado de seus amigos Raul e Fred. Sem querer perder a aposta, o treinador dificulta como pode a vida dos rapazes.

 

Com direção e roteiro de J.B. Tanko, a comédia "Sai de Baixo" marca a estreia no cinema da atriz Norma Blum e do palhaço Carequinha, interpretado por George Savalla Gomes. O elenco da produção ainda traz

personalidades da dramaturgia como Fred Villar, Adelaide Chiozzo, Renato Restier, Costinha, Aracy Cardoso e Ivon Curi. O filme tammbém tem diversos números musicais.

 

Reprise. 90 min.

Classificação Indicativa: 10 anos

Horário: 22h30

Horário: 03h45 (madrugada de quinta, dia 17/3, para sexta-feira, dia 18/3)

 

---

 

Sexta-feira, 18 de março

 

Sessão Família – Uma Viagem Extraordinária

14h00, na TV Brasil

 

Título original: The Young and Prodigious T.S. Spivet. País: França e Canadá. Ano: 2013. Gênero: aventura, drama, fantasia. Direção: Jean-Pierre Jeunet. Elenco: Helena Bonham Carter, Robert Maillet, Callum Keith Rennie, Kyle Catlett, Judy Davis, Niamh Wilson, Jakob Davies, Rick Mercer.

 


T.S. Spivet (Kyle Catlett) é um garoto superdotado, apaixonado por cartografia. Quando ganha um prêmio científico importante, o menino de apenas 12 anos decide abandonar sua família em Montana, uma região rural, para atravessar sozinho os Estados Unidos, até chegar a Washington. O único problema é que o júri não sabe que o vencedor ainda é uma criança.

 

Pequeno gênio da ciência, T.S. Spivet conquista um importante concurso e decide empreender uma jornada para sair do rancho isolado e cruzar um longo trajeto pelos Estados Unidos. Ele não se interessa pelo reconhecimento científico, mas busca ser aceito pela própria família.

 

O menino mora numa pequena e isolada fazenda no estado de Montana, aos pés das Montanhas Rochosas, com a mãe Clair (Helena Bonham Carter), o pai (Callum Keith Rennie), a irmã mais velha Gracie (Niamh Wilson) e o irmão gêmeo Layton (Jakob Davies).

 

O filme é uma adaptação do romance de Reif Larsen sobre um menino gênio e sua peculiar família. O longa tem direção de Jean-Pierre Jeunet, cineasta responsável pelo sucesso cult "O Fabuloso Destino de Amélie Poulain" (2001).

 

Reprise. 105 min.

Classificação Indicativa: Livre

Horário: 14h00

 

---

 

Sexta-feira, 18 de março

 

Cine Nacional – Jean Charles

22h30, na TV Brasil

03h45, na TV Brasil (madrugada de sexta-feira, dia 18/3, para sábado, dia 19/3)

 

País: Brasil e Reino Unido. Ano: 2009. Gênero: drama. Direção: Henrique Goldman. Elenco: Selton Mello, Vanessa Giácomo, Luís Miranda, Patrícia Armani, Maurício Varlotta, Sidney Magal e Daniel de Oliveira.

 


A trama revela os últimos meses da vida do eletricista Jean Charles (Selton Mello). A produção mostra a rotina do jovem mineiro a partir da chegada de sua prima Vivian (Vanessa Giácomo), que vai morar com ele e os primos Alex (Luís Miranda) e Patrícia (Patricia Miranda), em um sobrado no sul da capital.

 

Como muitos imigrantes brasileiros, Jean faz o que pode para ter trabalho, ganhar dinheiro e se sustentar. Alheio aos atentados terroristas que ocorriam na região, o rapaz estava na hora errada e no lugar errado. Ele foi confundido com um terrorista pelos policiais que o executaram no metrô londrino.

 

A trágica morte de Jean Charles repercutiu internacionalmente. Além de comoção no Brasil, o polêmico caso alcançou notoriedade global ao ser associado equivocadamente à crescente onda de terrorismo em diversos países no mundo.

 

O filme mergulha na perspectiva humana do protagonista ao acompanhar a realidade dos imigrantes. O crime que vitimou Jean Charles abalou bastante a família do eletricista. Os primos precisaram reconstruir as vidas após a dolorosa perda em meio à luta por justiça.

 

A polícia londrina tentou encobrir o erro. As autoridades britânicas levantaram suspeitas sobre o rapaz, mas logo a verdade veio à tona: Jean Charles era inocente. O jovem residia há três anos em Londres e não tinha nenhum envolvimento com terrorismo.

 

Protagonizado por Selton Mello, o drama biográfico ainda traz no elenco artistas como Vanessa Giácomo, Luís Miranda, Sidney Magal e Daniel de Oliveira. Coprodução nacional com a Inglaterra, o longa-metragem é inspirado no caso de Jean Charles de Menezes, brasileiro que foi confundido com um terrorista e assassinado pela polícia britânica no metrô de Londres, em julho de 2005.

 

Reprise. 93 min.

Classificação Indicativa: 14 anos

Horário: 22h30

Horário: 03h45 (madrugada de sexta-feira, dia 18/3, para sábado, dia 19/3)

 

---

 

Sábado, 19 de março

 

Cine Retrô – O Noivo da Girafa

18h00, na TV Brasil

 

País: Brasil. Ano: 1957. Gênero: comédia. Direção: Victor Lima. Elenco: Amácio Mazzaropi, Glauce Rocha, Roberto Duval, Nieta Junqueira, Manoel Vieira, Celeneh Costa, Francisco Dantas, Palmerim Silva, Arnaldo Montel, Benito Rodrigues, Joyce de Oliveira, Pachequinho, Armando Nascimento, Carlos Duval, Walter Moreno, Ferreira Leite, Waldir Maia, Véra Lucia.

 


Funcionário do Zoológico do Rio de Janeiro, Aparício Boamorte (Amácio Mazzaropi) desenvolve um laço afetivo com a girafa do parque, com quem costuma conversar enquanto trabalha. O humilde tratador de animais vira alvo de chacota dos colegas, que o apelidam de "Noivo da Girafa".

 

Dono da pensão onde Aparício mora, Seu Gonçalves (Manoel Vieira) reclama pelo atraso no pagamento. Já a solteirona Inesita (Glauce Rocha) e o Poeta (Roberto Duval), pretenso filósofo, mas pianista de cabaré, tentam compreender a simplicidade de Boamorte, um homem do interior.

 

As filhas de Seu Gonçalves, Aninha (Vera Lucia) e Clara (Celeneh Costa), também simpatizam com o pobre cuidador de animais. Quando Aninha adoece de repente, logo suspeita-se que Aparício tenha contaminado a menina com alguma doença proveniente dos animais.

 

Sem dinheiro para atendimento médico, Aparício se consulta com o veterinário do zoológico. Após um exame de sangue, o clínico constata que o tratador de animais tem leucemia terminal e apenas 15 dias de vida.

 

A notícia se espalha e os conhecidos de Aparício passam a tratá-lo bem. Já o dono da pensão vê nisso uma oportunidade e tenta arranjar o casamento de sua filha mais velha, Clara, com Aparício. Seu plano é torná-la herdeira da fortuna de um tio rico do cuidador de animais.

 

Realizada em 1957, a comédia "O Noivo da Girafa" é parte da trilogia carioca de Amácio Mazzaropi, ao lado de "Fuzileiro do Amor" e "Chico Fumaça". Filmado nos estúdios da antiga TV-Rio, o longa-metragem traz imagens do Rio de Janeiro da época, incluindo o Corcovado, o bondinho do Pão de Açúcar e a praia de Copacabana.

 

A trilha sonora é assinada pelo maestro Radamés Gnatalli e as canções são interpretadas pelo próprio Mazzaropi.

 

Reprise. 92 min.

Classificação Indicativa: Livre

Horário: 18h00

 

---

 

Sábado, 19 de março

 

Cine Retrô – Uma Certa Lucrécia

21h30, na TV Brasil

 

País: Brasil. Ano: 1957. Gênero: comédia. Preto e branco. Direção: Fernando de Barros. Roteiro: José Canizares e Fernando de Barros. Elenco: Dercy Gonçalves, Odete Lara, Aurélio Teixeira, José Pariri, Luciano Gregory, Ana Maria Nabuco, Eugenia Kusnet, Walter Stuart, Labiby Mady, Maurício Nabuco, Mauro Mendonça.

 


Lucrécia (Dercy Gonçalves) é costureira de fantasias de carnaval e adora histórias que misturam romance e aventura. Ao se divertir com uma fantasia de gôndola, ela sonha que é Lucrécia Bórgia, em meio à disputa entre seu pai, irmão e marido pelo trono de Veneza.

 

A trama do filme "Uma Certa Lucrécia" faz uma sátira sobre a história de Lucrécia Bórgia. Com cenários e figurinos marcantes, a produção tem números musicais e duelos de espada que se intercalam à narrativa.

 

Reconhecido com os prêmios de Melhor Fotografia e Melhor Cenário no Prêmio Saci e no Prêmio Associação Brasileira de Cronistas Cinematográficos, o longa também conquistou as categorias Melhor Cenografia e Melhor Edição no Prêmio Governador do Estado de São Paulo, todos em 1957.

 

Reprise. 75 min.

Classificação Indicativa: Livre

Horário: 21h30

 

---

 

Domingo, 20 de março

 

Sessão Família – Um Amor de Filhote

14h00, na TV Brasil

 

Título original: Belong to us. País: Estados Unidos. Ano: 2018. Gênero: drama, aventura. Direção: Patrick Rea. Elenco: Anita Cordell, Brooklyn Funk, Chad Crenshaw, Joseph Lee Anderson, Kathleen Warfel, Meagan Flynn, Ryan O'Nan, Trevor Martin, Scott Cordes.

 


Um bandido chamado Mercer (Scott Cordes) é apostador em uma rinha ilegal de cães. Seu pastor alemão é mordido enquanto luta, mas consegue fugir.

 

A jovem Paige Crowley (Brooklyn Funk) encontra o cachorro remexendo o lixo e cria uma sintonia com o bichinho de imediato. Ela leva o cão para casa, esconde o animal de seu pai Travis (Ryan O'Nan) e o batiza como Duke.

 

A família de Paige é reduzida, mas todos têm problemas. O pai dela é um homem ausente e frustrado que deposita todas as esperanças no futuro do filho Decklin (Matthew J. Lindblom), rapaz que se destaca como atleta na escola. Travis vê no jovem a esperança de conquistar algo que ele mesmo não conseguiu.

 

Paige perdeu a mãe cedo então sua avó Hazel (Kathleen Warfel) faz o papel materno na casa. A chegada de Duke traz nova alegria a todos, mesmo que alguns demorem para perceber isso.

 

Reprise. 83 min.

Classificação Indicativa: Livre

Horário: 14h00

 

---

 

Domingo, 20 de março

 

Cine Nacional – Vazio Coração

16h00, na TV Brasil

 

País: Brasil. Ano: 2013. Gênero: drama. Direção e roteiro: Alberto Araújo. Elenco: Murilo Rosa, Othon Bastos, Lima Duarte, Bete Mendes, Patrícia Naves, Oscar Magrini, Larissa Maciel e Lauro Moreira.

 


O drama mostra os desafios que o famoso cantor de música sertaneja Hugo Kari (Murilo Rosa) enfrenta para se reconciliar com o pai, o embaixador Mário Menezes (Othon Bastos).

 

Com canções de tom confessional, interpretadas pelo ator Murilo Rosa, o personagem Hugo Kari expressa suas aflições. O cantor chegou ao sucesso e está no auge da carreira. Ele tem dinheiro, shows lotados e milhares de fãs.

 

Apesar de toda a realização profissional, a vida afetiva do músico guarda um lado obscuro e esquecido. Hugo deseja reconquistar a confiança de seu pai que se distanciou e não aceita a escolha profissional do filho.

 

Prestes a se aposentar, o embaixador Mário Menezes tem convicção de que não mais quer falar com seu filho de novo. Cabe à esposa de Hugo, Mariana (Larissa Maciel) ajudar o marido no desafio de restabelecer a relação e conseguir novamente o amor do pai.

 

O casal faz uma pausa na turnê a fim de reencontrar Mário no Grande Hotel Termas de Araxá, no qual a família passava férias quando Hugo era criança. Naquele local de fortes memórias para os dois, pai e filho tentam remontar o quebra-cabeças de uma relação fragmentada por ideais e sonhos conflitantes. E por um trágico acontecimento que os marcara para sempre.

 

Filme de estreia do diretor Alberto Araújo, a obra tem no elenco astros como Murilo Rosa, Othon Bastos, Bete Mendes, Oscar Magrini e Larissa Maciel. O experiente Lima Duarte faz participação especial na trama.

 

Gravada nas cidades mineiras de Araxá e Patrocínio, o longa-metragem nacional conquistou reconhecimento com os prêmios de Melhor Filme e Melhor Ator (Murilo Rosa) no Festival de Cinema de Natal (RN), em 2013.

 

Reprise. 91 min.

Classificação Indicativa: Livre

Horário: 16h00

 

---

 

Domingo, 20 de março

 

Cine Retrô – A Banda das Velhas Virgens

03h30, na TV Brasil (madrugada de domingo, dia 20/3, para segunda-feira, dia 21/3)

 

País: Brasil. Ano: 1979. Gênero: comédia. Direção: Pio Zamuner e Amácio Mazzaropi. Elenco: Amácio Mazzaropi, Geny Prado, André Luiz Toledo, Gilda Valença, José Velloni.

 


No longa "A Banda das Velhas Virgens", Amácio Mazzaropi interpreta um caipira que tem o sugestivo nome de Gostoso. Ele é o maestro de uma hilariante bandinha feminina formada por senhoras idosas e beatas. Orgulho da pequena cidade, a banda é mantida pelos donativos recolhidos pela igreja.

 

Os filhos de Gostoso se envolvem com os do patrão e ele resolve sair da fazenda para evitar perseguições. Expulso das terras onde vive, Gostoso recomeça a vida na cidade, indo morar em um depósito de ferro-velho.

 

Ao encontrar um saco de joias, o protagonista é acusado de roubo e tem que fazer de tudo para provar sua inocência. Como o querido caipira vai se safar dessa vez?

 

Reprise. 100 min.

Classificação Indicativa: 12 anos

Horário: 03h30 (madrugada de domingo, dia 20/3, para segunda-feira, dia 21/3)


Fonte: Gerência de Relações Institucionais

Empresa Brasil de Comunicação | TV Brasil

http://tvbrasil.ebc.com.br


SHARE THIS

0 comentários:

AGENDA (Festivais, mostras, concursos)

EVENTOS (Teatro, música, audiovisual)

ARTES E ARTISTAS (EVENTOS, LANÇAMENTOS, CURSOS)

LITERATURA (Eventos, Lançamentos, Dicas de leitura)

CINECLUBES (PROGRAMAÇÃO, EVENTOS)

Arquivo do blog

Cloud Labels

especiais (105)