quarta-feira, 16 de junho de 2021

Quatro brasileiros vencem a 16ª edição do Festival Anim!Arte

 

Além disso, animações da Eslováquia, dos Estados Unidos, da Índia, do México, do Peru e de Portugal também foram premiadas. Mais de 700 pessoas de 40 países participaram do festival este ano, que será estendida até 25 de junho. 


Quatro animações brasileiras conquistaram a 16ª edição do Festival Anim!Arte, que teve sua cerimônia de premiação neste domingo, 13. São elas: Òpárá de Òsún: quando tudo nasce, de Pâmela Pelegrino; Maria Quitéria Honra e Glória, de Antonio Jesus da Silva; Modais, de Nícolas de Sousa e Baiacu, de Luíza Ishikawa. O grupo musical Sambalangandã participou da cerimônia.  

 


Na categoria Filme Ambiental o grande vencedor do júri oficial foi o brasileiro Òpárá de Òsún: quando tudo nasce, de Pâmela Pelegrino. A equipe de jurados também condeceu menção honrosa para o também brasileiro Nana e Nilo - Dia de Sol e Chuva, de Sandro Lopes; para o argentino El Árbol ya fue Plantado, de Irene Blei e para o britânico Rhino, dirigido por Bethany Powell. O júri online consagrou o peruano Ana Y El Covid-19: Pequeñas Historias, de Paula Chávez e Carolina Paullo. 

 


O grande vencedor segundo o júri oficial na sessão Culturas do Mundo foi o mexicano El Desfile de Los Ausentes, de Marcos Almada, que também concedeu as menções honrosas para Oríkì, de Pâmela Peregrino (Brasil); Tobi and the Turbobus, de Verena Fels e Marc Angele (codireção de Alemanha e Suíça) e Mofyah - Dada Yute, de Vinicius Kahan e Marco Souza (Brasil). Segundo o júri online o melhor filme foi para o também brasileiro Maria Quitéria Honra e Glória, de Antonio Jesus da Silva. 

 


O júri oficial premiou como melhor animação na categoria Estudantes Brasileiros Maxi Modais, de Nícolas de Sousa (Rio Grande do Norte) e concederam menção honrosa para dois filmes do Rio de Janeiro: Altcell, do trio Matheus Galvão, Erik Fischer Guimarães e Renata Boury e Andorinha, de Clara Braem e, para o filme gaúcho O homem atrás da janela, de Naum Roberto Gomes. Na votação popular o paulistano Baiacu, de Luíza Ishikawa, foi o vencedor. 

 


Na categoria Estudantes Internacionais Maxi Winner, de Samuel Chovan (Eslováquia) foi o vencedor pelo júri oficial. Os jurados também atribuíram menção honrosa para as animações francesas Happy Easter, de Juliette Audureau, Maho Claquin, Titouan Cocault, Yann Coutard, Franklin Gervais, Sophie Terriere e Xinlei Ye e Castaway, de Rachel Bosc-Bierne, Vincent Carrett, Simon Fabbri, Marie Gauthier, Margo Lopez, Léopoldine Perdrix e Flore-Anne Victor e, para o curta canadense My Tagalong, de Jerry Wang. O júri online consagrou A Little More Blue, de Sugandha Bansal (Índia). Já em Estudantes Internacionais Mini o júri oficial premiou o americano Dams: The Pros & Cons, de Ava Skye Barton e Chas Seiffert e atribuiu menção honrosa a Side EFX, de estudantes indianos do Toon Club e da Escola Internacional Oberoi; ao argentino Piti & Catamín, de Cecilia Klyver e ao também indiano Friends Love, de Miss. Diya M.. O mais votado pelo júri popular foi o português Basta ser Humano, do quarteto Salvador, Petra, Carolina e Rui Duque. 

 

A cerimônia completa pode ser revista em:  https://vimeo.com/562580428


 

 A edição será estendida até 25 de junho na plataforma Kinow (https://animarte.kinow.tv). Até agora mais de 700 pessoas de 40 países já participaram do evento este ano. Além de todos as animações, será criada uma sessão destacando os filmes vencedores.  

 

O 16° Festival Anim!Arte é patrocinado pela Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, Secretaria Municipal de Cultura, Universidade Veiga de Almeida (UVA) e pela Escola Parque, por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura - Lei do ISS, com o apoio de Kinow,  Freeway Film, Festhome e Núcleo i Inteligência Criativa.  

 

Sobre o Anim!Arte: 

O Festival Anim!Arte foi criado em 2001 e há 20 anos vem realizando mostras de filmes feitos por estudantes e para os estudantes. Nas últimas edições, o festival recebeu mais de 3000 inscrições e apresentou para o seu público uma seleção de curtas-metragens de animação, muitas vezes inéditos no Brasil e na América do Sul. No ano de 2019 o evento contou com mais de 4000 espectadores em 11 dias de evento. O Anim!Arte foi o primeiro festival audiovisual da América Latina a integrar o Youth Cinema Network, a mais importante rede internacional de festivais de cinema juvenil.  

 

Confira a programação completa em: https://animarte.kinow.tv  

 

Redes sociais: 

Site: www.vouanimarte.com.br  

Instagram: https://www.instagram.com/festival_animarte/  

 

Assessoria de Imprensa 

PRIMEIRO PLANO 

Anna Luiza Muller  

Marcela Salgueiro 


SHARE THIS

0 comentários:

AGENDA (Festivais, mostras, concursos)

EVENTOS (Teatro, música, audiovisual)

ARTES E ARTISTAS (EVENTOS, LANÇAMENTOS, CURSOS)

LITERATURA (Eventos, Lançamentos, Dicas de leitura)

CINECLUBES (PROGRAMAÇÃO, EVENTOS)

Arquivo do blog

Cloud Labels

especiais (97)