sexta-feira, 2 de abril de 2021

Filmes TV Brasil: 3 a 11 de abril

 

Entre os destaques da semana, a programação infantil conta com a animação "Peter Pan - A Procura do Livro do Nunca"

Sábado (3) – 16h – Cine Retrô: “No Paraíso das Solteironas” (1969) – comédia

Domingo (4) 
14h – Sessão Família: “Becassine, a Babá dos Sonhos” (2001) – aventura, animação
16h – Cine Nacional: “O Palhaço” (2011) – drama, comédia
4h – Sessão Retrô Mazzaropi: “Chofer de Praça” (1958) – comédia

Segunda (5)
23h - Sessão Família: “Os Doze Trabalhos de Asterix” (1976) - animação
22h30 - Cine Doc: “Filme Paisagem - Um Olhar Sobre Roberto Burle Marx” (2018) - documentário

Terça (6)
13h - Sessão Família: “Um Acampamento do Barulho” (2017) - comédia
22h30 - Cine Retrô: “Cala a Boca, Etelvina” (1958) - comédia

Quarta (7)
13h - Sessão Família: “Brasil Animado” (2011) – comédia, animação

Quinta (8)
13h - Sessão Família: “ Jeca Tatu” (1960) - comédia
22h30 - Cine Retrô: “Chico Fumaça” (1957) - comédia

Sexta (9) 
13h - Sessão Família: “Peixonauta - Agente Secreto Da O.S.T.R.A” (2012) - Animação, Infantil
22h30 - Cine Nacional: “Jean Charles” (2009) - drama

Sábado (10) – 18h30 - Cine Retrô: “No Paraíso Das Solteironas” (1969) - comédia

Domingo (11) 
14h30 - Sessão Família: “Peter Pan - A Procura Do Livro Do Nunca” (2018) - aventura, animação
16h30 - Cine Nacional: “Vestido Pra Casar” (2014) - comédia

_____

No Paraíso das Solteironas

Sábado, 3 de abril, às 16h


Um homem acostumado à vida do interior não poderia imaginar que, ao tentar a sorte na cidade grande, seria objeto do desejo de uma turma de solteironas. O personagem de Mazzaropi ainda se envolve em confusões com a dona do hotel e é colocado às voltas com uma quadrilha e um grupo de ciganos.

95 min. Ano: 1969. Gênero: comédia. Direção: Pio Zamuner, com Amácio Mazzaropi, Geny Prado, Átila Iório, Carlos Garcia, Elizabeth Hartman. Classificação Indicativa: livre.



____

Becassine, a Babá dos Sonhos

Domingo, 4 de abril, às 14h


A babá Bécassine chega a Paris para cuidar de Charlotte, filha de uma de suas tutoradas anteriores. Porém, ela e a menina acabam por se envolver em uma aventura repleta de humor, música e dança. Precisam ir de Paris à Marselha, de Ibiza à Lapônia, tentando desvendar o que teria acontecido com o pai de Charlotte, Edmond. Do que ele está fugindo? Que segredo ele está tentando proteger? A família de Charlotte escapará das garras do perverso Gaspard, um suposto amigo da família?

Adaptação para cinema da popular personagem dos quadrinhos franceses, “Becassine, a Babá dos Sonhos” tem como protagonista Bécassine de Pinchon (na voz da atriz Muriel Robin), a babá que toda criança sonha em ter.


A princípio, seu vestido verde, avental branco e meias listradas podem parecer um pouco estranhos, mas a desajeitada Bécassine ganha o coração dos que a conhecem, tanto por sua doçura quanto pelas confusões em que se mete.

85 min. Ano: 2001. País: França. Gênero: aventura, animação. Título original “Bécassine - Le Trésor Viking”. Direção: Philippe Vidal. Roteiro: Yves Coulon, Béatrice Marthouret, J.P. Pinchon. Classificação: Livre.


_____

O Palhaço
Domingo, 4 de abril, às 16h

O circo itinerante de Valdemar (Paulo José) viaja de vila em vila pelo interior do Brasil. No picadeiro, Valdemar atua como o palhaço Puro Sangue, ao lado do filho, Benjamin (Selton Mello), que faz o palhaço Pangaré.
Sem qualquer documento além da certidão de nascimento, Benjamin nunca conheceu vida fora do circo. Para ele, ser palhaço nunca foi uma opção, mas uma condição inevitável da vida.
Ao começar a questionar sua capacidade de fazer as pessoas rirem e incerto quanto a seu lugar no mundo, Benjamin decide se rebelar. Ele quer descobrir o que há além da tenda do circo, correr riscos, conhecer pessoas e agarrar oportunidades. Então, com o pretexto de encontrar um ventilador e um amor, o jovem põe o pé na estrada. Na aventura, porém, conhece várias pessoas que lhe mostram outras possibilidades e o lembram de um sonho antigo: um dia ter um fã.
Em seu segundo longa-metragem como diretor, Selton Mello aborda em "O Palhaço" a busca por identidade e autoconhecimento. E a necessidade de se abrir mão do velho para abraçar o novo.
Aclamado por crítica e público, o filme conquistou prêmios no Festival de Cinema de Paulínia (2011), Prêmio ABC de Cinematografia (2012), Grande Prêmio Brasileiro de Cinema (2012), Tiburon International Film Festival (2012), Chicago International Festival (2012), entre outros. Em 2015, foi eleito pela Associação Brasileira de Críticos de Cinema (Abraccine) um dos 100 melhores filmes brasileiros de todos os tempos.
88 min. Ano: 2011. País: Brasil. Gênero: drama, comédia. Direção: Selton Mello. Roteiro: Selton Mello e Marcelo Vindicato.


_____

Chofer de Praça

Domingo, 4 de abril, às 4h

(Madrugada de domingo para segunda)

Em “Chofer de Praça”, o ator e humorista Amácio Mazzaropi interpreta o humilde Zacarias, que se muda com a mulher para São Paulo a fim de arrumar emprego e ajudar o filho Raul a pagar a faculdade de Medicina.

Na comédia, o personagem começa a dirigir um modelo de carro antigo, muito barulhento e fumacento, que rapidamente vira motivo de piadas.

Primeira produção de Amácio Mazzaropi para o cinema, “Chofer de Praça” foi o primeiro filme do comediante ao lado da atriz Geny Prado, que viria a ser seu par constante. Os números musicais são com Lana Bittencourt e Agnaldo Rayol.

97 min. Ano: 1958. Direção: Milton Amaral, com Amácio Mazzaropi, Geny Prado, Ana Maria Nabuco, Lana Bittencourt e Agnaldo Rayol. Classificação: 10 anos.


_____

Os Doze Trabalhos de Asterix

Segunda-feira, 5 de abril, às 13h

Em 50 A.C., o Império Romano domina toda a região em torno da Gália, exceto a própria aldeia. Depois de mais uma tentativa de conquistá-la, alguns dos senadores romanos começam a recear que os moradores da vila gaulesa sejam algo como deuses.

Para manter seu trono, Júlio César propõe um acordo aos gauleses e envia ao povoado uma lista com doze tarefas inspiradas nos trabalhos de Hércules, que só poderiam ser realizadas por seres superiores. Se os gauleses vencerem o desafio, o monarca admite sua derrota. Caso contrário, eles se rendem ao Império Romano e se tornam escravos.

A proposta é aceita. Asterix, por ser o mais esperto, e Obelix, por ser o mais forte, são escolhidos para representar o povo.

Com o peso de não falhar em uma só tarefa, a dupla sai para cumprir os doze trabalhos e manter a dignidade gaulesa.

82 min. País: França. Ano: 1976. Gênero: animação. Título original: Les douze travaux d'Astérix. Direção: Albert Uderzo, René Goscinny, Pierre Watrin. Classificação Indicativa: Livre.


________

Filme Paisagem - Um Olhar Sobre Roberto Burle Marx

Segunda, 5 de abril, às 22h30

Passeando pela arte e personalidade do paisagista, pintor e escultor brasileiro Roberto Burle Marx, o filme apresenta suas ideias em forma de homenagem, com uma sucessão de paisagens sensoriais.

Inédito. 72 min. País: Brasil. Ano: 2018. Gênero: documentário. Direção: João Vargas Penna. Classificação: Livre.


_______

Um Acampamento do Barulho

Terça, 6 de abril, às 13h

Em um acampamento de jovens cristãos, crianças aprendem a enfrentar seus medos e a não buscar vingança como solução.

Logo na chegada, dois irmãos são separados, hospedados em casas diferentes, cada uma ocupada por um grupo que tem o outro como rival. Depois de os grupos pregarem peças e aplicarem trotes um no outro, os irmãos percebem que precisam ficar unidos. Afinal, todas as equipes vão competir entre si, em uma disputa em que os mais fracos terão de enfrentar os mais fortes.

104 min. Ano: 2017. País: EUA. Idioma: inglês. Título original: “Camp Cool Kids.” Gênero: comédia. Direção: Lisa Arnold. Classificação: Livre.


_______

Cala a Boca, Etelvina

Terça, 6 de abril, às 22h30

Etelvina (Dercy Gonçalves) é uma empregada doméstica faladeira que costuma receber os cobradores na porta do apartamento de seus patrões endividados, Adelino (Paulo Goulart) e Zulmira (Mara di Carlo).

Sentindo-se humilhada com a condição financeira da família, Zulmira sai de casa apoiada pela mãe, Dona Emília (Sara Nobre). A patroa acaba deixando alguns vestidos para Etelvina.

Adelino chega em casa e o sogro Libório (Humberto Catalano) conta o que aconteceu enquanto Etelvina usa um vestido de Zulmira. Nesse momento chega Macário (Manoel Vieira), tio rico e fazendeiro.

O milionário preza a unidade familiar e é a única esperança de melhoria das conjunta financeira do casal. Macário confunde Etelvina com Zulmira, mulher de seu sobrinho, Adelino.

Libório convence Adelino e Etelvina a manterem a farsa achando que se Macário souber da separação do casal, não vai querer mais Adelino como herdeiro. A situação se complica quando Zulmira quer voltar.

A trama ainda é repleta de confusões que Etelvina cria no papel de "patroa". A empregada arranja problemas, envolvendo-se com amigos indevidos e brigando a tapas com a cozinheira. O caos se agrava quando Macário avisa que vai ficar como hóspede um tempo bem maior do que o esperado inicialmente.

Com roteiro baseado na peça teatral de Armando Gonzaga, o longa "Cala a Boca, Etelvina" tem diversos números musicais. Helio Barroso dirigiu as cenas musicais enquanto que Eurides Ramos dirigiu o restante do filme.

87 min. Ano: 1958. Gênero: comédia. Preto e branco. Direção: Eurides Ramos. Roteiro: Victor Lima e Eurides Ramos.Classificação Indicativa: Livre


______

Brasil Animado

Quarta-feira, 7 de abril, às 13h

O cineasta Relax sempre tenta convencer o ganancioso empresário Stress a investir em seus projetos. Eis que Relax propõe uma busca à árvore mais antiga do Brasil: o grande jequitibá rosa. Stress logo vê potencial na ideia, pois pode vender ingressos para a visitação à arvore quando esta for encontrada. Com isso, a dupla sai em jornada Brasil adentro, dispostos a encontrar a espécie rara.

Primeiro filme em 3D do cinema brasileiro, a animação mescla computação gráfica com cenas gravadas em cenários reais. O filme marca a estreia de Mariana Caltabiano como diretora e traz cenas no Rio de Janeiro, Salvador, Porto Seguro, Foz do Iguaçu, Porto de Galinhas, Olinda, Ouro Preto, Tiradentes, Diamantina, Fortaleza, Canoa Quebrada, Jericoacoara, Gramado, Caxias do Sul, São Paulo, Brasília, Florianópolis e Amazônia.

78 min. Ano: 2011. País: Brasil. Gênero: comédia, animação. Direção: Mariana Caltabiano. Classificação: livre.


_______

Jeca Tatu

Quinta-feira, 7 de abril, às 13h

Jeca é um roceiro preguiçoso, mas sua preguiça está com os dias contados. Seu ranchinho está ameaçado pela ganância de latifundiários sem coração. Jeca vai precisar de todo o seu jeito matreiro a fim de preservar seu cantinho de terra.

Em “Jeca Tatu” – declarada homenagem ao conterrâneo Monteiro Lobato, criador do personagem homônimo na obra Urupês –, Mazzaropi trata com singeleza a figura do homem do campo e a questão da reforma agrária.

95 min. Ano: 1960. Gênero: comédia. Direção: Milton Amaral. Roteiro: Milton Amaral, Amácio Mazzaropi. Classificação Indicativa: 12 anos.


______

Chico Fumaça

Quinta-feira, 8 de abril, às 22h30

Chico Fumaça (Amácio Mazzaropi) , assim conhecido por sua paixão pelos trens, é um caipira de Jequitibá, interior de Minas Gerais. Endividado, Chico perde sua vaca de estimação para o dono do armazém, Seu Elias (Domingos Terras), e vê o sonho de se casar com Inocência (Celeneh Costa) se distanciar ainda mais.

A sorte de Chico muda quando sua fixação por trens lhe permite evitar um descarrilamento. Um dos passageiros a sobreviver é um importante político, Dr. Japércio Limoeiro (Carlos Tovar).

Agradecido, Limoeiro resolve levar Chico para o Rio de Janeiro, então capital da República, a fim de lhe entregar uma recompensa. O político deseja, principalmente, usar a figura de Chico Fumaça em sua própria campanha para deputado.

No Rio, Chico se mete em várias confusões, conhece a vida noturna da capital e passeia pelas atrações cariocas. Também conhece uma quadrilha de vigaristas e uma vedete, que lhe tentam aplicar um golpe.

Chico precisará se superar para sobreviver às malícias da cidade grande e retornar à Jequitibá para se casar com sua noiva.

81 min. Ano: 1957. País: Brasil. Gênero: comédia. Direção: Victor Lima. Roteiro: Victor Lima e Alípio Ramos. Classificação Indicativa: livre


______

Peixonauta, Agente Secreto da O.S.T.R.A.

Sexta-feira, 9 de abril, às 13h


Por meio de sua roupa estilo astronauta, Peixonauta é um peixe que consegue voar e viver fora d'água. Ele vive diversas aventuras e desvenda mistérios ao lado de seus inseparáveis amigos Marina e Zico. Agora, Peixonauta tem como meta se tornar agente secreto da organização conhecida como O.S.T.R.A., a fim de ganhar uma nova insígnia. Com a ajuda dos amigos e dos habitantes do Parque das Árvores Felizes, o herói terá que superar sete desafios.

92 min. Ano: 2012. País: Brasil. Gênero: Animação, Infantil. Direção: Celia Catunda, Kiko Mistrorigo. Roteiro: Marcela Catunda, Marcus Aurelius Pimenta. Censura: Livre.


______

Jean Charles

Sexta-feira, 9 de abril, Às 22h30

Eletricista mineiro radicado em Londres, Jean Charles (Selton Mello) tem uma extensa rede de amigos e conhecidos na Inglaterra, por meio da qual consegue levar sua prima Vivian (Vanessa Giácomo) para morar com ele, junto com Alex (Luís Miranda) e Patrícia (Patricia Miranda).

Como muitos imigrantes brasileiros, Jean faz o que pode para ter trabalho e ganhar dinheiro e se sustentar.

Alheio aos atentados terroristas que ocorriam na região, Jean estava na hora errada e no lugar errado. Foi confundido com um terrorista por policiais britânicos no metrô londrino, que o executaram em julho de 2005.

93 min. Ano: 2009. País: Brasil / Reino Unido. Gênero: Drama. Direção: Henrique Goldman. Roteiro: Henrique Goldman, Marcelo Starobinas.


______

No Paraíso das Solteironas

Sábado, 10 de abril, às 18h30


Um homem acostumado à vida do interior não poderia imaginar que, ao tentar a sorte na cidade grande, seria objeto do desejo de uma turma de solteironas. O personagem de Mazzaropi ainda se envolve em confusões com a dona do hotel e é colocado às voltas com uma quadrilha e um grupo de ciganos.

95 min. Ano: 1969. Gênero: comédia. Direção: Pio Zamuner, com Amácio Mazzaropi, Geny Prado, Átila Iório, Carlos Garcia, Elizabeth Hartman. Classificação Indicativa: livre.


_____

Peter Pan - A Procura do Livro do Nunca

Domingo, 11 de abril, às 14h30


O terrível Capitão Gancho ataca mais uma vez e rouba o Livro do Nunca, um tomo muito antigo que contém poderes mágicos. Ele deseja usá-lo para despertar terríveis criaturas na Terra do Nunca e destruir Peter Pan e seus amigos. Agora, Peter precisa mais uma vez salvar seu lar, sendo que a única forma de realizar esta tarefa é cumprindo com a profecia descrita no poderoso livro.

Inédito. 90 min. Ano: 2018. País: Irlanda. Gênero: aventura, animação. Direção: Chandrasekaran, Jake Paque. Classificação: Livre.


_____

Vestido Pra Casar

Domingo, 11 de abril, à 16h30

No dia de seu casamento, Fernando (Leandro Hassum) rasga o vestido de alta costura de uma celebridade. Agora, precisa correr para substituí-lo antes de ele próprio subir ao altar.

De mentira em mentira, o protagonista transforma seu casamento numa série de confusões que envolvem sua ex-mulher (Renata Dominguez), sua noiva (Fernanda Rodrigues), o sogro (Tonico Pereira), o primo saidinho (Marcos Veras), um estilista (Andre Mattos), uma socialite deslumbrada (Flavia Alessandra), policiais, seguranças e um senador ciumento com sua mulher infiel.

Inédito. 101 min. Ano: 2014. País: Brasil. Gênero: comédia. Direção: Gerson Sanginitto, Paulo Aragão. Estrelando: Leandro Hassum, Andre Mattos, Fernanda Rodrigues, Flavia Alessandra. Classificação Indicativa: 12 anos.



FONTE: RICARDO RIBEIRO/ TV BRASIL


SHARE THIS

0 comentários:

AGENDA (Festivais, mostras, concursos)

ESPETÁCULOS (Teatro, música, audiovisual)

LITERATURA (Eventos, Lançamentos, Dicas de leitura)

CINECLUBES (PROGRAMAÇÃO, EVENTOS)

Arquivo do blog

Cloud Labels

especiais (95)