sábado, 20 de abril de 2019

TV BRASIL - PROGRAMAÇÃO (20 a 28 de abril)

Destaque para o Festival Mazzaropi e a comédia "Bar Esperança" (1983) de Hugo Carvana.
________
“Sinfonia da Necrópole”
Sábado, 20 de abril, às 22h55

Deodato (Eduardo Gomes) é um coveiro em começo de carreira que ajuda uma nova funcionária do cemitério, Jaqueline (Luciana Paes), a fazer o recadastramento dos túmulos abandonados. À medida que o trabalho avança, estranhos acontecimentos fazem Deodato questionar sua ligação com os mortos.

Além de “Sinfonia da Metrópole”, Juliana Rojas dirigiu Eduardo Gomes e Hugo Villavicenzio em “Trabalhar Cansa” (2011). Venceu os prêmios de Melhor Filme e Elenco no Festival de Cinema de Vitória 2015.

85 min. Ano: 2016. Gênero: drama. Direção e roteiro: Juliana Rojas. Elenco: Eduardo Gomes, Luciana Paes, Hugo Villavicenzio, Paulo Jordão.
 _____

“O Universo de Karin Lambrecht”
Sábado, 20 de abril, às 0h20

“O Universo de Karin Lambrecht” revê o processo criativo e a obra da pintora, desenhista, gravadora e escultora brasileira. No filme, as páginas que vão sendo escritas e a montagem de um trabalho em processo conduzem o espectador pelos temas, reflexões e poética da produção artística de Karin Lambrecht.

Vencedor do Prêmio Funarte 2014 e dirigido por Hopi Chapman, o documentário reúne depoimentos da artista, de amigos, críticos, colecionadores e curadores.

27 min. Ano: 2015. Gênero: Documentário: Direção: Hopi Chapman e Karine Emerich.
________

“Jeca Tatu”
Domingo, 21 de abril, às 16h

Jeca é um roceiro preguiçoso, mas sua preguiça está com os dias contados. Seu ranchinho está ameaçado pela ganância de latifundiários sem coração. Jeca vai precisar de todo o seu jeito matreiro a fim de preservar seu cantinho de terra.

Em “Jeca Tatu” – declarada homenagem ao conterrâneo Monteiro Lobato, criador do personagem homônimo na obra Urupês –, Mazzaropi trata com singeleza a figura do homem do campo e a questão da reforma agrária.
95 min. Ano: 1960. Gênero: Comédia. Direção: Milton Amaral. Roteiro: Milton Amaral, Amácio Mazzaropi. Classificação Indicativa: 12 anos.
____

“Meu Japão Brasileiro”
Quarta-feira, 23 de abril, às 22h 
(Reprise no sábado, 27, às 22h)

Em uma comunidade rural nipo-brasileira, o agricultor Fofuca (Mazzaropi) enfrenta a exploração descarada do Sr. Leão, um atravessador que faz o intermédio entre os produtores e o comércio na cidade.

Após muito penar nas mãos de Leão, Fofuca forma com os camponeses uma cooperativa agrícola. Mas Leão e seus filhos não veem com bons olhos essa iniciativa e vão fazer de tudo para impedir que Fofuca e seus amigos tenham êxito nesse “Japão brasileiro.”

102 min. Classificação Indicativa: Livre. Ano: 1965. Gênero: comédia. Direção: Glauko Mirko Laurelli, com Amácio Mazzaropi, Geny Prado, Célia Watanabe, Zilda Cardoso, Carlos Garcia, Reynaldo Martini, Adriano Stuart Elk Alves, Francisco Gomes, Judith Barbosa, Bob Junior, Ivone Hirata, Luiz Tokio, Luzia Yoshigumi. Classificação Indicativa: 12 anos.
 _______

“Bar Esperança, o último que fecha”
Quarta-feira, 23 de abril, às 23h45
(Reprise no sábado, 27, às 23h45)

Um grupo de pessoas se reúne em um bar de Ipanema que está prestes a fechar para dar lugar a um edifício. Intelectuais, artistas e gente da noite juntam forças para impedir sua demolição. Entre os muitos fregueses do bar estão a atriz Ana, seu marido Zeca e um casal que está sempre brigando.

No Festival de Gramado de 1983, "Bar Esperança, o último que fecha" recebeu o troféu Kikito nas categorias de melhor atriz (Marília Pêra), melhor roteiro (Hugo Carvana, Denise Bandeira, Marta Alencar, Euclydes Marinho e Armando Costa), melhor atriz coadjuvante (Sylvia Bandeira).

127 min. Ano: 1983. Gênero: Comédia. Direção: Hugo Carvana. Elenco Marília Pêra, Hugo Carvana, Paulo César Pereio, Sílvia Bandeira, Thelma Reston, Antônio Pedro, Louise Cardoso, Nelson Dantas, Anselmo Vasconcelos, Luiz Fernando Guimarães, Daniel Filho, Jonas Torres.
 _____

“Zé do Periquito”
Sábado, 27 de abril, às 16h

Em “Zé do Periquito”, Mazzaropi interpreta Genó, um tímido e pobre jardineiro que se encanta por uma das alunas do colégio onde trabalha. A jovem Carmem é filha de um empresário bem-sucedido, mas que passa por dificuldades financeiras.

Para conquistar a moça, Genó deixa o emprego de jardineiro e vai para outra cidade, onde trabalha com seu realejo. O realejo fica famoso e Genó consegue uma pequena fortuna em pouco tempo.

As filmagens foram realizadas nos Estúdios da Vera Cruz, com locações em Santos. O longa conta com números musicais de Mazzaropi, Agnaldo Rayol, Hebe Camargo, Cely Campello, Tony Campello, George Freedman, Paulo Molin e Carlão.

100 min. Ano: 1960. Gênero: Comédia. Direção e roteiro: Amácio Mazzaropi, Ismar Porto. Classificação indicativa: 12 anos
____

O Jeca Macumbeiro”
Domingo, 28 de abril, às 16h

No filme “O Jeca Macumbeiro”, Mazzaropi é Pirola, um caboclo paupérrimo que vive em um casebre na fazenda de seu patrão, o coronel Januário.

A filha de Pirola, Filomena, é casada com Mário, filho do coronel. Um dia, Pirola recebe de Nhonhô, um velhinho amigo, a notícia de que será herdeiro e quando aceita um saco cheio de dinheiro, resolve deixá-lo na guarda do patrão.

Para apropriar-se do dinheiro de Pirola, o Coronel Januário se passa por um pai de santo pra lá de fajuto. O filme foi uma sátira ao enorme sucesso de “O Exorcista” e bateu a arrecadação deste nos cinemas do Brasil.

87 min. Ano: 1974. Gênero: comédia. Direção: Amácio Mazzaropi e Pio Zamuner, com Amácio Mazzaropi, Gilda Valença, Joffre Soares, Selma Egrei, Ivan Lima, José Mauro Ferreira, Maria do Roccio. Classificação indicativa: Livre

Fonte: Ricardo Ribeiro/ TV BRASIL -EBC

SHARE THIS

0 comentários:

Popular Posts

Cloud Labels

especiais (77)