quarta-feira, 24 de agosto de 2022

Filmes TV BRASIL: Programação 24 a 28 de agosto

 

Entre os destaques da programação, o Cine DOC apresenta  "Mussum, um Filme do Cacildis" (2019), dirigido por Susanna Lira. 


TV Brasil - 24 a 28 de agosto de 2022.

- Quarta (24) – 14h00 – Sessão Família"Big Pai, Big Filho" (2017) – animação

- Quinta (25) – 14h00 – Sessão Família"Meu Japão Brasileiro" (1965) – comédia

- Quinta (25) – 22h30 / 03h45 – Cine Retrô"Um Candango na Belacap" (1961) – comédia

- Sexta (26) – 14h00 – Sessão Família"Um Amor de Filhote" (2018) – drama

- Sexta (26) – 22h30 / 03h45 – Cine Nacional"Vazio Coração" (2013) – drama

- Sábado (27) – 16h00 – Cine Retrô"Chofer de Praça" (1958) – comédia

- Sábado (27) – 21h30 – Cine Retrô"O Vigilante Rodoviário - O Filme" (1978) – aventura

- Domingo (28) – 14h00 – Sessão Família"Encantado" (2019) – animação

- Domingo (28) – 16h00 – Festival de Cinema"Chef" (2014) – comédia

- Domingo (28) – 23h00 – Cine DOC"Mussum, um Filme do Cacildis" (2019) – documentário

- Domingo (28) – 3h30 – Cine Retrô"A Banda das Velhas Virgens" (1979) – comédia




Filmes da TV Brasil - 24 a 28 de agosto de 2022

 


 Quarta-feira, 24 de agosto

Sessão Família – Big Pai, Big Filho

14h00, na TV Brasil

 

Título original: The Son of Bigfoot. País: Bélgica, França. Ano: 2017.  Gênero: animação, infantil. Direção: Jeremy Degruson, Ben Stassen.

 

Adam, um garoto de treze anos que não tem muitos amigos, parte em uma jornada ousada para desvendar o mistério por trás de seu pai, há muito desaparecido. Ele rapidamente descobre que seu pai não é outro senão o lendário Pé Grande, que se escondeu na floresta por anos para proteger a si mesmo e sua família da HairCo., uma empresa de grande porte ansiosa para realizar experimentos científicos com seu DNA especial.

 

Enquanto pai e filho começam a recuperar o tempo perdido, Adam logo descobre que ele também é dotado de super poderes inimagináveis. Porém, mal sabem eles que a HairCo. está prestes a encontrá-los, pois descobriu os rastros deixados por Adam ao longo do caminho.

 

Reprise. 92 min.

Classificação Indicativa: Livre

 

---

 

Quinta-feira, 25 de agosto

Sessão Família – Meu Japão Brasileiro

14h00, na TV Brasil

 

País: Brasil. Ano: 1965. Gênero: comédia. Direção: Glauko Mirko Laurelli. Elenco: Amácio Mazzaropi, Geny Prado, Célia Watanabe, Zilda Cardoso, Carlos Garcia, Reynaldo Martini, Adriano Stuart Elk Alves, Francisco Gomes, Judith Barbosa, Bob Junior, Ivone Hirata, Luiz Tokio, Luzia Yoshigumi.

 


Em uma comunidade rural nipo-brasileira, Amácio Mazzaropi vive um agricultor chamado Fofuca que enfrenta a exploração descarada do "seu" Leão, responsável por intermediar os negócios entre os produtores e o comércio na cidade.

 

Após muito penar em suas mãos, Fofuca articula com os camponeses a formação de uma cooperativa agrícola. Leão e seus filhos, entretanto, não vêem com bons olhos esta iniciativa e vão fazer de tudo para impedir Fofuca e seus amigos de conseguirem se dar bem neste Japão brasileiro.

 

Reprise. 102 min.

Classificação Indicativa: 12 anos

 

---

 

Quinta-feira, 25 de agosto

Cine Retrô – Um Candango na Belacap

22h30, na TV Brasil

03h45, na TV Brasil (madrugada de quinta, dia 25/8, para sexta-feira, dia 26/8)

 

País: Brasil. Ano1961. Gênero: comédia musical. Direção: Roberto Farias. Elenco: Ankito, Grande Otelo, Marina Marcel, Vera Regina, Milton Carneiro, Maria Cristina, Mozael Silveira, José Policena, Pedro Dias, Arlindo Costa, Rafael de Carvalho, César Viola.

 


A famosa dupla de cantores Emanuel Davis Jr. (Grande Otelo) e Gilda (Marina Marcel) está na recém-inaugurada Brasília para um show. Perseguida pelo milionário Bebê Pinho Otávio (Mozael Silveira), a cantora e bailarina consegue fugir do pretendente com a ajuda do parceiro. Gilda pede para Emanuel que a leve até um lugar desconhecido. 

 

Eles vão a um bar simples, frequentado por "candangos" (trabalhadores migrantes que construíram Brasília), onde conhecem a dupla Tonico (Ankito) e Odete (Vera Regina). Os primeiros pares se formam no local com Emanuel enamorado de Odete e Tonico de Gilda. Zequinha (Rafael de Carvalho), interessado em Gilda, puxa briga com Tonico.

 

A baderna termina em uma delegacia com os envolvidos no tumulto. O delegado (Pedro Dias) faz com que Emanuel cumpra a promessa de levar Odete para o Rio de Janeiro. Eles se casam e partem para a Cidade Maravilhosa. Tonico embarca como clandestino no voo e vai morar com o casal, postura que desagrada Emanuel e aumenta a confusão.

 

Em um show na boate do inescrupuloso Jacó (Milton Carneiro), Odete improvisa um número artístico com Emanuel e o espetáculo faz tanto sucesso que ela é contratada. Jacó, no entanto, a engana e faz com que ela se separe de Tonico. 

 

Ele encontra Gilda (que deixou a dupla com Emanuel) e tentam trabalhar juntos, mas não conseguem emprego. Emanuel e Odete procuram-nos e ficam sabendo das trapaças de Jacó. Os quatro resolvem montar sua própria boate, mas serão atrapalhados por Jacó que teme a nova concorrência.

 

Com direção de Roberto Farias, a comédia tem diversos números musicais com astros como Carlos Lyra e Sônia Delfino que cantam, respectivamente, "Mr. Golden" e "Meu pianinho". Os protagonistas do elenco também participam dos momentos musicais. Ankito, Grande Otelo, Marina Marcel e Vera Regina interpretam obras como "Napoleão", "Louras", "Alegria de cangaço", "Mambo da cantareira" e "Pintando o sete".

 

A produção, porém, guarda uma situação triste. Durante as filmagens de "Um Candango na Belacap", em 1960, Ankito caiu de um prédio em construção. Esse grave acidente afetou a capacidade do ator de fazer acrobacias e abreviou sua carreira no cinema.

 

Reprise. 102 min.

Classificação Indicativa: 12 anos

 

---

 

Sexta-feira, 26 de agosto

Sessão Família – Um Amor de Filhote

14h00, na TV Brasil

 

Título original: Belong to us. País: Estados Unidos. Ano: 2018. Gênero: drama, aventura. Direção: Patrick Rea. Elenco: Anita Cordell, Brooklyn Funk, Chad Crenshaw, Joseph Lee Anderson, Kathleen Warfel, Meagan Flynn, Ryan O'Nan, Trevor Martin, Scott Cordes.

 


Um bandido chamado Mercer (Scott Cordes) é apostador em uma rinha ilegal de cães. Seu pastor alemão é mordido enquanto luta, mas consegue fugir.

 

A jovem Paige Crowley (Brooklyn Funk) encontra o cachorro remexendo o lixo e cria uma sintonia com o bichinho de imediato. Ela leva o cão para casa, esconde o animal de seu pai Travis (Ryan O'Nan) e o batiza como Duke.

 

A família de Paige é reduzida, mas todos têm problemas. O pai dela é um homem ausente e frustrado que deposita todas as esperanças no futuro do filho Decklin (Matthew J. Lindblom), rapaz que se destaca como atleta na escola. Travis vê no jovem a esperança de conquistar algo que ele mesmo não conseguiu.

 

Paige perdeu a mãe cedo então sua avó Hazel (Kathleen Warfel) faz o papel materno na casa. A chegada de Duke traz nova alegria a todos, mesmo que alguns demorem para perceber isso.

 

Reprise. 83 min.

Classificação Indicativa: Livre

 

---

 

Sexta-feira, 26 de agosto

Cine Nacional – Vazio Coração

22h30, na TV Brasil

03h45, na TV Brasil (madrugada de sexta-feira, dia 26/8, para sábado, dia 27/8)

 

País: Brasil. Ano: 2013. Gênero: drama. Direção e roteiro: Alberto Araújo. Elenco: Murilo Rosa, Othon Bastos, Lima Duarte, Bete Mendes, Patrícia Naves, Oscar Magrini, Larissa Maciel e Lauro Moreira.

 


O drama mostra os desafios que o famoso cantor de música sertaneja Hugo Kari (Murilo Rosa) enfrenta para se reconciliar com o pai, o embaixador Mário Menezes (Othon Bastos).

 

Com canções de tom confessional, interpretadas pelo ator Murilo Rosa, o personagem Hugo Kari expressa suas aflições. O cantor chegou ao sucesso e está no auge da carreira. Ele tem dinheiro, shows lotados e milhares de fãs.

 

Apesar de toda a realização profissional, a vida afetiva do músico guarda um lado obscuro e esquecido. Hugo deseja reconquistar a confiança de seu pai que se distanciou e não aceita a escolha profissional do filho.

 

Prestes a se aposentar, o embaixador Mário Menezes tem convicção de que não mais quer falar com seu filho de novo. Cabe à esposa de Hugo, Mariana (Larissa Maciel) ajudar o marido no desafio de restabelecer a relação e conseguir novamente o amor do pai.

 

O casal faz uma pausa na turnê a fim de reencontrar Mário no Grande Hotel Termas de Araxá, no qual a família passava férias quando Hugo era criança. Naquele local de fortes memórias para os dois, pai e filho tentam remontar o quebra-cabeças de uma relação fragmentada por ideais e sonhos conflitantes. E por um trágico acontecimento que os marcara para sempre.

 

Filme de estreia do diretor Alberto Araújo, a obra tem no elenco astros como Murilo Rosa, Othon Bastos, Bete Mendes, Oscar Magrini e Larissa Maciel. O experiente Lima Duarte faz participação especial na trama.

 

Gravado nas cidades mineiras de Araxá e Patrocínio, o longa-metragem nacional conquistou reconhecimento com os prêmios de Melhor Filme e Melhor Ator (Murilo Rosa) no Festival de Cinema de Natal (RN), em 2013.

 

Reprise. 91 min.

Classificação Indicativa: Livre

 

---

 

Sábado, 27 de agosto

Cine Retrô – Chofer de Praça

16h00, na TV Brasil

 

País: Brasil. Ano: 1958. Gênero: comédia. Direção: Milton Amaral. Elenco: Amácio Mazzaropi, Geny Prado, Celso Faria, Ana Maria Nabuco, Carmen Morales, Maria Helena Dias, Roberto Duval, Elk Alves, Benedito Liendo. Participação especial: Lana Bittencourt e Agnaldo Rayol.

 


No filme "Chofer de Praça" (1958), o saudoso ator e cineasta Amácio Mazzaropi é o protagonista da trama e também acumula as funções de produtor e roteirista. A partir dessa obra, o humorista passa a colaborar frequentemente com os diretores.

 

A comédia foi o primeiro trabalho de Mazzaropi com a atriz Geny Prado. A artista foi seu par constante ao longo da carreira. Os números musicais do longa são apresentados por artistas como Lana Bittencourt e Agnaldo Rayol que fazem participação especial na produção.

 

Na trama dirigida por Milton Amaral, Amácio Mazzaropi interpreta o humilde Zacarias, que se muda com a mulher Augusta para uma vila em São Paulo com o objetivo de arrumar um emprego e ajudar o filho Raul a pagar a faculdade de Medicina. O sonho do sujeito é ver o rapaz formado.

 

Disposto a fazer o possível e o impossível para ajudar a família, o protagonista consegue um trabalho como chofer de praça. Zacarias começa a dirigir um modelo de carro antigo, muito barulhento e fumacento, que rapidamente vira motivo de muitas piadas e de viagens repletas de trapalhadas.

 

Reprise. 97 min.

Classificação Indicativa: 10 anos

 

---

 

Sábado, 27 de agosto

Cine Retrô – O Vigilante Rodoviário - O Filme

21h30, na TV Brasil

 

País: Brasil. Ano: 1978. Gênero: aventura, policial. Direção: Ary Fernandes. Elenco: Elenco: Antônio Fonzar, Ruy Leal, Eleu Salvador, Nestor Lima, Tony Cardi, Marthus Mathias, Leda Figueró, Edna Salton, Iragildo Mariano, Satã, Antônio Andrade, Benedito Luppi.

 


Na trama, uma enorme quantidade de dólares falsos começa a chamar a atenção de órgãos internacionais de investigação, mas os "cabeças" do esquema se encontram no Brasil. Caberá ao Vigilante Rodoviário – ao lado de seu fiel escudeiro, o cão Lobo – perseguir os responsáveis e desbaratar a quadrilha de falsários.

 

Realizado mais de 17 anos após a clássica série para a televisão, o filme precisou contar com outro ator, Antonio Fonzar, no papel de protagonista. Para fazer Lobo, desta vez três cachorros da Polícia Militar do Estado de São Paulo entraram em cena, cada um com uma habilidade diversa. E no lugar do carro Simca Chambord, que fez história nas telinhas, a produção usou um Dodge Dart.

 

Diferente do seriado original, o média-metragem é colorido. Com uma duração de 57 minutos, a obra foi feita em 40 dias em 1978. Apesar disso, o filme "O Vigilante Rodoviário" só foi exibido pela primeira vez em 2010, após 32 anos de sua produção.

 

Reprise. 57 min.

Classificação Indicativa: 12 anos

 

---

 

Domingo, 28 de agosto

Sessão Família – Encantado

14h00, na TV Brasil

 

Título original: Charming. País: Canadá. Ano: 2019. Gênero: animação, fantasia, comédia. Direção: Ross Venokur.

 


No dia de seu batizado, o Príncipe Felipe Encantado é amaldiçoado pela bruxa Morgana com um feitiço que faz com que todas as mulheres do reino se apaixonem por ele até que um dia em que não será amado por mais ninguém.

 

A animação resgata as histórias de contos de fadas quando Branca de Neve, Cinderela e Bela Adormecida descobrem que todas elas são encantadas pelo mesmo Príncipe. Elas ficam perdidamente apaixonadas assim que o veem.

 

O Príncipe Encantado deve embarcar em uma viagem épica em busca de sua essência. Caso ele não encontre sua real alma gêmea antes de completar 21 anos de idade, todo o amor que Felipe conhece desaparecerá e existe no reino desaparecerá para sempre.

 

O encanto só pode ser rompido com um beijo de amor verdadeiro. Assim, quebrar a maldição de Morgana será bastante difícil diante de tamanha adoração. Para cumprir o desafio em três etapas, Felipe encontra apoio na ladra Leonora Quinonez, que está imune ao seu galanteio e se traveste de homem para ajudá-lo.

 

Reprise. 85 min.

Classificação Indicativa: Livre

 

---

 

Domingo, 28 de agosto

Festival de Cinema – Chef

16h00, na TV Brasil

 

Título original: Chef. País: Estados Unidos. Ano: 2014. Gênero: comédia. Direção: Jon Favreau. Elenco: Jon Favreau, Sofía Vergara, Emjay Anthony, John Leguizamo, Scarlett Johansson, Oliver Platt, Bobby Cannavale, Amy Sedaris, Robert Downey Jr., Dustin Hoffman.

 


Carl Casper (Jon Favreau) é o chef do badalado restaurante Gauloises, em Los Angeles. Ele já foi considerado uma estrela em ascensão no que diz respeito à cozinha autoral, mas dez anos como principal nome do cultuado estabelecimento foram suficientes para que a sua veia criativa esmorecesse.

 

Embora popular com sua equipe de cozinha, Carl entra em conflito com o dono do restaurante, Riva (Dustin Hoffman). O proprietário tenta limitar o chef à culinária clássica em vez de experimentar o preparo de pratos diferentes. Isso vai irritando Carl que deseja inovar no cardápio e deixar de fazer apenas as receitas mais pedidas pelos clientes.

 


Quando Ramsey Michel (Oliver Platt), um renomado crítico gastronômico, vai ao restaurante e publica uma crítica bastante negativa, baseada justamente no fato do cardápio ser pouco criativo, Casper fica furioso, vai tirar satisfação com o ilustre cliente e acaba demitido.

 

A briga é gravada, o vídeo vai parar na internet e se torna viral, o que fecha as portas para Carl nos demais restaurantes. Ou seja, além do emprego, ele acaba manchando sua reputação e perde o prestígio que demorou anos para conquistar.

 

Após tantos conflitos o deixarem desempregado, Carl está com a carreira arruinada. A situação parece não ter solução até sua endinheirada ex-esposa, Inez (Sofía Vergara), propor uma solução pouco ortodoxa para ele em Miami. A ricaça sugere reformar um velho food truck para o chef oferecer cozinha de qualidade em seus próprios termos.

 


Carl aceita a proposta a fim de recuperar sua criatividade no preparo de alimentos. Apesar do relacionamento difícil com Inez e seu filho pré-adolescente vidrado em tecnologia, Percy (Emjay Anthony), o chef abraça a ajuda. Sem saída, Carl recebe o apoio financeiro que serve para reiniciar a vida no comando de seu próprio trailer de comida.

 

Agora com o apoio de seu filho, Percy, e de um velho colega, Martin (John Leguizamo), Carl faz uma viagem pela América com o veículo para redescobrir sua paixão gastronômica. O trio dirige o caminhão pelo país, da Flórida até a Califórnia, servindo sanduíches cubanos e batatas fritas.

 

Enquanto Percy os promove nas redes sociais, a comida faz sucesso em várias cidades, onde as iguarias diárias de Carl encantam as pessoas. A visibilidade pode dar um novo rumo à vida profissional e afetiva do chef. Assim, ele reencontra a chama perdida de seu instinto criativo e, simultaneamente, refazendo laços com os mais próximos.

 

Com o conhecimento técnico de Percy e o entusiasmo de Martin, Carl percebe que está criando uma sensação de viagem no caminho para casa. Ao fazer isso, ele repara que está servindo mais do que simplesmente comida, mas também uma conexão mais profunda com sua trajetória e sua família que é verdadeiramente deliciosa do seu próprio jeito.

 

Reprise. 115 min.

Classificação Indicativa: 10 anos

 

---

 

Domingo, 28 de agosto

Cine DOC – Mussum, um Filme do Cacildis

23h00, na TV Brasil

 

País: Brasil. Ano: 2019. Gênero: documentário. Direção: Susanna Lira. Narração: Lázaro Ramos.

 


O documentário apresenta a trajetória do comediante e sambista Antônio Carlos Bernardes Gomes, o "Mussum", por diferentes ângulos. A obra revela facetas mais sérias da figura que foi eternizada no imaginário popular brasileiro por sua talentosa participação no programa humorístico "Os Trapalhões".

 

Com voz potente e molejo raro, Mussum integrou o sexteto Os Originais do Samba. Ele é mostrado no filme em gravações daquele tempo em performances musicais. O saudoso artista também é lembrado por seu carisma e presença de palco com cenas dele em ação na televisão e no cinema com a trupe formada ao lado de Renato Aragão, Dedé Santana e Zacarias.

 

Por trás de sua imagem divertida e brincalhona, Antônio Carlos mantinha uma rotina de responsabilidades com sua família, projetos e compromissos. Com direção da cineasta Susanna Lira, o documentário narrado por Lázaro Ramos tem trilha sonora original de Pretinho da Serrinha. A produção conta com depoimentos de fãs, familiares e personalidades como Renato Aragão e Dedé Santana.

 

Reprise. 75 min.

Classificação Indicativa: Livre

 

---

 

Domingo, 28 de agosto

Cine Retrô – A Banda das Velhas Virgens

03h30, na TV Brasil (madrugada de domingo, dia 28/8, para segunda-feira, dia 29/8)

 

País: Brasil. Ano: 1979. Gênero: comédia. Direção: Pio Zamuner e Amácio Mazzaropi. Elenco: Amácio Mazzaropi, Geny Prado, André Luiz Toledo, Gilda Valença, José Velloni.

 


No longa "A Banda das Velhas Virgens", Amácio Mazzaropi interpreta um caipira que tem o sugestivo nome de Gostoso. Ele é o maestro de uma hilariante bandinha feminina formada por senhoras idosas e beatas. Orgulho da pequena cidade, a banda é mantida pelos donativos recolhidos pela igreja.

 

Os filhos de Gostoso se envolvem com os do patrão e ele resolve sair da fazenda para evitar perseguições. Expulso das terras onde vive, Gostoso recomeça a vida na cidade, indo morar em um depósito de ferro-velho.

 

Ao encontrar um saco de joias, o protagonista é acusado de roubo e tem que fazer de tudo para provar sua inocência. Como o querido caipira vai se safar dessa vez?

 

Reprise. 100 min.

Classificação Indicativa: 12 anos



Fonte: 

Fernando Lima Barros Chaves
Jornalista
Coordena
ção de Relações Institucionais
Presidência
Empresa Brasil de Comunicação




SHARE THIS

0 comentários:

AGENDA (Festivais, mostras, concursos)

EVENTOS (Teatro, música, audiovisual)

ARTES E ARTISTAS (EVENTOS, LANÇAMENTOS, CURSOS)

LITERATURA (Eventos, Lançamentos, Dicas de leitura)

CINECLUBES (PROGRAMAÇÃO, EVENTOS)

Arquivo do blog

Cloud Labels

especiais (105)