Our social:

sexta-feira, 7 de dezembro de 2018

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO DE FILMES DA TV BRASIL (8 a 15/12)


Entre os destaques, o documentário "Estradeiros", de Renata Pinheiro e Sérgio Oliveira, que acompanha o cotidiano de uma "tribo" nômade, que percorre as estradas do Brasil e de outros países da América Latina.

  • Sábado (8) – 16h – “Jeca Tatu” – comédia (Cine Mazzaropi)
  • Sábado (8) – 23h30 – “Chofer de Praça” (reprise) – comédia (Cine Mazzaropi)
  • Sábado (8) – 1h – “Jeca Tatu” (reprise) – comédia (Cine Mazzaropi)
  • Sábado (8) – 3h – “Estradeiros” (reprise) – documentário (Cine Nacional)
  • Segunda (10) - 23h45 - “Cossacos de Kuban” - musical (Cine Mundial)
  • Terça (11) - 23h45 - “O Menino no Espelho” - drama/fantasia (Cine Nacional)
  • Quarta (12) - 23h45 - “O Vendedor de Linguiça” - comédia (Cine Mazzaropi)
  • Quinta (13) - 23h45 - “Os Netos do Jazz” - documentário (DOCTV América Latina)
  • Sábado (15) - 16h - “Casinha Pequenina” - comédia (Cine Mazzaropi)
  • Sábado (15) - 23h30 - “O Vendedor de Linguiça” (reprise) - comédia (Cine Mazzaropi)
  • Sábado (15) - 1h - “Casinha Pequenina” (reprise) - comédia (Cine Mazzaropi)
  • Sábado (15) - 3h - “O Menino no Espelho (reprise) - drama/fantasia (Cine Nacional) 


________
“Jeca Tatu”
Sábado, 8 de dezembro, às 16h
(Reprise na madrugada de sábado para domingo, à 1h)
Jeca é um roceiro preguiçoso, mas sua preguiça está com os dias contados. Seu ranchinho está ameaçado pela ganância de latifundiários sem coração. Jeca vai precisar de todo o seu jeito matreiro a fim de preservar seu cantinho de terra.
Em  “Jeca Tatu” – declarada homenagem ao conterrâneo Monteiro Lobato, criador do personagem homônimo na obra Urupês –, Mazzaropi trata com singeleza a figura do homem do campo e a questão da reforma agrária.
 
95 min. Ano: 1960. Gênero: Comédia. Direção: Milton Amaral. Roteiro: Milton Amaral, Amácio Mazzaropi. Classificação: livre
_____


“Chofer de Praça”

Sábado, dia 8 de dezembro, às 23h45
Em “Chofer de Praça”, o ator e humorista Amácio Mazzaropi interpreta o humilde Zacarias, que se muda com a mulher para São Paulo a fim de arrumar emprego e ajudar o filho Raul a pagar a faculdade de Medicina.
Na comédia, o personagem começa a dirigir um modelo de carro antigo, muito barulhento e fumacento, que rapidamente vira motivo de piadas.
Primeira produção de Amácio Mazzaropi para o cinema, “Chofer de Praça” foi o primeiro filme do comediante ao lado da atriz Geny Prado, que viria a ser seu par constante. Os números musicais são com Lana Bittencourt e Agnaldo Rayol.
97 min. Ano: 1958. Direção: Milton Amaral, com Amácio Mazzaropi, Geny Prado, Ana Maria Nabuco, Lana Bittencourt e Agnaldo Rayol. Classificação: livre.

_______
“Estradeiros”
Sábado, dia 8 de dezembro, às 3h
O documentário “Estradeiros” registra os passos de uma “tribo” nômade que percorre grande parte do Brasil e também da América Latina.
Constituída por indivíduos de diversas origens, os integrantes do grupo vestem-se roupas precárias, quase sempre sujas, cabelos desgrenhados e andam quase sempre a pé. Os membros da tribo vendem suas artes em práticos mostruários de tecido que carregam por todos os lugares por onde passam.
O documentário interpreta a geografia, a organização política e social e a mitologia de uma tribo que não se reconhece como tal.

79 min. Ano de estreia: 2011. Gênero: documentário. Direção: Renata Pinheiro e Sergio Oliveira.Classificação Indicativa: 14 anos.
_______

“Cossacos de Kuban”
Segunda, 10 de dezembro, às 23h45

Ambientado nas estepes do rio Kuban, nos primeiros anos do pós-guerra (Segunda Guerra Mundial), o filme conta a história de dois “kolkhozes” (cooperativas agrícolas) que competem para ver qual consegue colher mais trigo.
Realizado em cores, "Cossacos de Kuban" foi a maior produção musical do cinema soviético.
Fundador da União dos Cineastas Soviéticos e membro do Soviete Supremo da URSS, o cineasta Ivan Pyriev recebeu seis prêmios Stalin e foi diretor do estúdio Mosfilm. Realizou mais cinco filmes, incluindo "Os Irmãos Karamazov" (1969), concluído por Kirill Lavrov e indicado ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro.

110 min. Ano: 1949. Gênero: musical. País: União Soviética. Direção: Ivan Pyryev, com Serguey Lukyanov, Marina Ladynina, Aleksandr Khvylya, Vladlen Davydov. Classificação: 18 anos.

______
“O Menino no Espelho”
Terça, 11 de dezembro, às 23h45
(Reprise na madrugada de sábado para domingo, às 3h)
Aos 10 anos, o pequeno Fernando está cansado de fazer as tarefas chatas. Seu sonho é ter um sósia para cuidar delas enquanto ele poderia se divertir à vontade. Um dia, é exatamente isso que acontece: seu reflexo deixa o espelho e ganha vida.

78 min. Ano: 2014. País: Brasil. Gênero: Drama/Fantasia. Direção: Guilherme Fiuza Zenha. Autor: Fernando Sabino. Elenco: Lino Facioli, Mateus Solano, Regiane Alves, Laura Neiva. Roteiro: Guilherme Fiuza Zenha, Cristiano Abud, André Carreira.
______
“O Vendedor de Linguiça”
Quarta, dia 12 de dezembro, às 23h45
Na comédia musical “O Vendedor de Linguiça”, Mazzaropi é um vendedor que tem que se esforçar para conquistar a freguesia. Em meio a problemas com a família, vizinhos e cachorros (que adoram roubar suas linguiças), ele vive diversas situações inusitadas e cômicas.
Entre as canções do filme estão o “O Linguiceiro” e “Mocinho Lindo”, interpretadas por Mazzaropi; “Olhar de saudade”, interpretada por Pery Ribeiro; “Não ponha a mão”, por Elza Soares; e “Poema do adeus”, por Miltinho.

Ano: 1962. Gênero: comédia musical. Direção: Glauco Mirko Laurelli. Argumento e produção: Amácio Mazzaropi. Classificação: livre.

_____
“Os Netos do Jazz”
Quinta, dia 13 de dezembro, às 23h45

Os Netos do Jazz vivem a noite mais importante de suas vidas quando entram em um estúdio profissional pela primeira vez para gravar seu primeiro álbum.

53 min. Ano:2018. País: Panamá. Gênero: Documentário. Direção e Roteiro: Roberto La Torre e Luis Alberto Sánchez Araujo. Classificação Indicativa: 12 anos.

________

“Casinha Pequenina”
Sábado, 15 de dezembro, às 16h
(Reprise na madrugada de sábado para domingo, à 1h)
Considerado a obra-prima de Mazzaropi, o longa-metragem “Casinha Pequenina” traz um elenco de estrelas e marca a estreia de Tarcísio Meira no cinema. O filme tem o fim da escravidão como pano de fundo e mostra a luta dos abolicionistas contra os interesses dos senhores de engenho.
Ícone da sétima arte no país, Mazzaropi usou a figura do “Jeca” como personagem central em dezenas de produções nacionais.
95 min. Gênero: Comédia. Ano: 1963. Classificação: livre.

Fonte: Eugênia de Oliveira Lopes/ Gerência de Comunicação - TV BRASIL