Our social:

quarta-feira, 3 de outubro de 2018

‘Kardec’ - Divulgadas primeiras imagens dos bastidores do filme


Acaba de ser divulgado o primeiro vídeo com cenas de bastidores das filmagens da cinebiografia “Kardec”. A data escolhida é simbólica: há 214 anos, em 3 de outubro, nascia Allan Kardec. Nestas primeiras imagens, o público poderá conhecer um pouco da jornada dos atores e da equipe que foram a Paris filmar a vida de um dos personagens mais conhecidos da atualidade.

Leonardo Medeiros é o protagonista Hypolite Leon Denizard Rivail, o educador francês nascido em 1804 que decodificou o espiritismo a partir de 1857. A ganhadora da Palma de Ouro no Festival de Cannes Sandra Corveloni vive Amélie-Gabrielle Boudet, sua mulher e companheira.
O vídeo revela as locações ambientadas com o visual da primeira metade do século XIX, figurinos fiéis às roupas da época, iluminação à luz de velas. E acompanha os bastidores de cenas-chave, como o momento em que o professor Rivail ouve pela primeira vez o nome que irá adotar para si: Allan Kardec.
Wagner Assis e Marcel Souto Maior
“Kardec” é baseado no livro best-seller de Marcel Souto Maior, produzido pela Conspiração (“2 Filhos de Francisco”, “Gonzaga – de Pai Pra Filho”, “Lope”), distribuído pela Sony Pictures e dirigido por Wagner de Assis (“Nosso Lar”, “Menina Índigo”).
Anunciada data de estreia: 16 de maio de 2019
A produção traz no elenco nomes como Guilherme Piva (Didier), Genézio de Barros (Padre Boutin), Guida Vianna (Madame De Plainemaison), Julia Konrad (Ruth-Celine), Charles Fricks (Charles Baudin), Licurgo Espinola (Sr. Babinet), Letícia Braga (Julie), Julia Svacina (Caroline), Dalton Vigh (Sr. Dufaux) e Louise D’Tuani (Ermance Dufaux). O roteiro de L.G. Bayão (“Irmã Dulce”, “Heleno” e “Minha Fama de Mau”) e Wagner de Assis acompanha a trajetória de Kardec desde o período em que atuava como educador, passando pela investigação dos fenômenos, pelo processo de codificação da doutrina espírita, até a publicação e repercussão de “O Livro dos Espíritos”. 

A Conspiração e a Sony Pictures também acabam de anunciar a data de lançamento: 16 de maio de 2019.



Ficha técnica
Direção:  Wagner de Assis
Roteiro: Wagner de Assis e L. G. Baião
Produtora:  Eliana Soárez
Diretores executivos:  Leonardo M. Barros e Gustavo Baldoni 
Direção de fotografia:  Nonato Estrela
Direção de arte:  Claudio Amaral Peixoto e Helcio Pugliese
Figurino: Kika Lopes e Rosangela Nascimento
Caracterização:  Anna Van Steen
Produção de elenco:  Marcela Altberg
Produtor delegado:  Pimenta Jr.
Diretora de produção:  Renata Amaral
Técnico de som:  Evandro Lima

Sobre Wagner de Assis
Wagner de Assis, 47, foi diretor e roteirista dos longas “Nosso Lar” e “A Menina Indigo". Em breve, vai começar a filmar a sequência “Nosso Lar - Os Mensageiros”, também baseado na obra de Chico Xavier.

Sobre a Conspiração
A Conspiração é uma das maiores produtoras independentes do Brasil. Cria e produz conteúdos para Cinema, Publicidade, TV e Streaming/OTT, Branded Content, Serviços Digitais, Mídias Sociais, Arte e Música. Com 36 títulos de longas lançados e mais de 100 horas de programação de TV produzidas por ano, tem 6 indicações ao Emmy International por séries como "A Mulher Invisível" (TV Globo), "Um Contra Todos" (Fox Channel) e "Mandrake" (HBO) - vencendo com a primeira o maior prêmio da TV mundial. Outras produções de destaque são as séries "Sob Pressão" (TV Globo), Detetives do Prédio Azul (Gloob), "Magnífica 70" (HBO) e Desnude (GNT). Com produções cinematográficas distribuídas no Brasil e no exterior por empresas como Sony Pictures, Warner Bros, Disney,  Paramount, Fox e Universal Pictures, já participou de todos os maiores festivais do mundo, incluindo Cannes, Berlim, Veneza, Toronto e Sundance. É responsável por grandes sucessos como “Vai que Cola – O Filme”, “A Mulher Invisível”, “Gonzaga” e “Casa de Areia”, além de "Eu Tu Eles" e "2 Filhos de Francisco", que foram a indicação oficial do Brasil ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro. Em 2017 criou o primeiro núcleo formado apenas por mulheres dentro de uma produtora brasileira de audiovisual: a multiplataforma Hysteria.

Sobre a Sony Pictures Entertainment
A Sony Pictures Entertainment (SPE) é uma subsidiária da Sony Corporation of America, uma subsidiária da japonesa Sony Corporation. As operações globais da SPE abrangem produção, aquisição e distribuição de filmes em cinema, home entertainment, televisão e mídias digitais; uma rede global de canais; operação de estúdio, desenvolvimento de novos produtos audiovisuais, serviços e tecnologias. Tudo isto representa a distribuição de entretenimento em mais de 140 países.
Com presença marcante no mercado nacional,  a Sony Pictures distribuiu  e/ou co-produziu no Brasil, 22 dos 25 filmes nacionais lançados na década de 90, momento da retomada. Em 2018, através do investimento em inúmeras produções, apostando em novos talentos e diferentes gêneros ao longo dos últimos anos, a Sony chega à marca de mais de 60 filmes nacionais distribuídos e/ou co-produzidos, entre eles: Deus é Brasileiro, O Auto da Compadecida, Carandiru, Cazuza, 2 Filhos de Francisco, Meu Nome Não é Johnny, Chico Xavier, Xingu, Tainá, Confissões de Adolescente e Um Tio Quase Perfeito.

Fonte: 

Cláudia Belém - Agência Febre