Our social:

sábado, 28 de outubro de 2017

Filmes brasileiros, da Costa Rica, Colômbia e Rússia na TV BRASIL

O premiado "Princesa Rojas" da diretora Laura Astorga é um dos destaques da programação de filmes da TV Brasil 28 de outubro a 5 de novembro
__________________________________________________

Sábado, 28 de outubro, às 16h.
O Lamparina”

Em "O Lamparina", Amácio Mazzaropi interpreta Bernardino Jabá, pacato homem do campo que acaba se disfarçando de cangaceiro para não se defrontar com o bando de Zé Candieiro.
Incrementando a farsa, ele faz com que sua família inteira finja ser parte de seu bando. E todos vão parar no acampamento dos verdadeiros cangaceiros, onde o “destemido” Lamparina vai ter que mostrar que é um cabra valente de verdade.
Com figurinos marcantes e direção de Glauco Mirko Laurelli, o longa tem no elenco, além de Mazzaropi, Geny Prado e Emiliano Queiroz.
Ano: 1964. Gênero: comédia. Duração: 91 min. Direção: Glauco Mirko Laurelli, com Amácio Mazzaropi, Geny Prado, Manoel Vieira, Astrogildo Filho, Zilda Cardoso, Ana Maria Guimarães, Emiliano Queiroz, Carlos Garcia, Francisco de Souza, Rosemary Wong, Carla Diniz, Rafael Gallardo Tina, Agostinho Toledo, João Batista de Souza, David Cardoso, Francisco di Franco. Classificação Indicativa: Livre.

--------------------------------------------------
Sábado, 28 de outubro, às 23h.
Jecão... Um fofoqueiro no céu”

Jecão Espinheiro está com problemas relativos à sua sorte com o dinheiro. Ele e o filho, Martinho, ganham na Loteria “Espiritiva” e vão a São Paulo receber o prêmio. Quando voltam para a cidadezinha onde moram, são recebidos pela população com fanfarra, faixa de boas-vindas e muita festa, mas também por olhos cobiçosos.
A fortuna desperta o interesse de um fazendeiro da região, Chico Fazenda, que, com seus capangas, assalta Jecão e o mata. Graças a suas boas ações, Jecão vai parar no céu, caracterizado ao estilo popular do caipira.
Para desespero dos santos, toda vez que volta ao céu, Jecão promove bailinhos para animar os anjos e é punido pelo pecado da indisciplina. Diante das estripulias de Jecão no céu, realiza-se uma reunião de cúpula entre os santos para decidir sua sorte.
O filme traz sequências impagáveis das sessões espíritas. Em uma delas, Jecão volta à Terra para realizar seu próprio enterro, provocando confusão, medo e correria em praça pública.
Reprise. 105 min. Ano: 1977. Gênero: comédia. Direção: Amácio Mazzaropi e Pio Zamuner, com Amácio Mazzaropi, Geny Prado, Paulo Greven, Dante Ruy, Gilda Valença, Denise Del Vecchio, Edgard Franco, Elizabeth Hartman, João Paulo, Leonor Navarro, Rose Garcia, Armando Paschoalim. Classificação indicativa: Livre.
--------------------------------------------------
Segunda-feira, 30 de outubro, às 23h.
Los Hongos”

Calvin trabalha em construção e Ras estuda Belas Artes. Calvin é demitido por roubar latas de tinta e Ras se preocupa com sua avó moderninha. Os caminhos dos dois jovens são unidos pelos grafites que fazem por toda a cidade.
Junto com outros artistas do graffiti, eles preenchem as paredes de Cali, na Colômbia, enquanto a polícia os persegue e os DJs os apoiam.
Como todo “hongo” (fungo), os grafiteiros surgem em meio à decadência. São a sociedade colombiana que dialoga por meio da arte urbana.
Entre as conquistas de “Los Hongos” está o prêmio do Festival Internacional de Cinema de Cali, Colômbia: Melhor filme nacional; Festival de Cinema de Locarno, Suíça: Prêmio do Júri; Festival de Cinema de Roterdã, Holanda: Prêmio do Público Dioraphte Hubert Bals Fund; Festival Internacional de Cinema Paz com a Terra, Costa Rica: Melhor Direção, Melhor Edição, Melhor Atriz, Melhor Direção de Arte.

Inédito. 103 min. País: Colômbia. Idioma original: espanhol. Gênero: drama. Ano: 2014. Direção: Oscar Ruiz Navia. Roteiro: Oscar Ruiz Navia, César Acevedo. Classificação: Livre.
--------------------------------------------------

Quarta-feira, 1o de novembro, às 23h.
As asas invisíveis do Padre Renzo”

Documentário retrata a conturbada vida de um missionário italiano, o Padre Renzo Rossi, incansável defensor da liberdade e dos direitos humanos. O Padre desempenhou um importante papel social ao abraçar a tarefa de ajudar presos políticos durante a ditadura militar no Brasil.
Dedicado a amparar os encarcerados e seus familiares, Padre Renzo conseguiu mitigar a dor e o sofrimento das vítimas de tortura e de separação daqueles que amavam.
A solidariedade do missionário italiano foi muito além. Padre Renzo internacionalizou a luta pela anistia, procurou por exilados políticos e dirigentes de partidos, movimentou a opinião pública da Europa e percorreu 22 cidades do velho continente, incentivando o fim da ditadura no Brasil, em favor de uma anistia ampla, geral e irrestrita.

Dirigido Jorge Filipe, o documentário “As asas invisíveis do Padre Renzo” é inspirado no livro homônimo de Emiliano José.
Reprise. 78 min. Ano: 2013. Gênero: documentário. Direção: Jorge Alexandre Felipe Neto. Classificação Indicativa: Livre.
---------------------------------------------
Quarta-feira, 1o de novembro, à 0h30
O Universo de Karin Lambrecht”

O Universo de Karin Lambrecht” revê o processo criativo e a obra da pintora, desenhista, gravadora e escultora brasileira. No filme, as páginas que vão sendo escritas e a montagem de um trabalho em processo conduzem o espectador pelos temas, reflexões e poética da produção artística de Karin Lambrecht.
Vencedor do Prêmio Funarte 2014 e dirigido por Hopi Chapman, o documentário reúne depoimentos da artista, de amigos, críticos, colecionadores e curadores.
Ano: 2015. Gênero: Documentário: Direção: Hopi Chapman e Karine Emerich.
Reprise. 27 min.

---------------------------------------------

Quinta-feira, 2 de novembro, às 23h30.
Travessia de Olhares”


Travessia de Olhares” é um documentário sobre juventude e violência. Quatro jovens com diferentes experiências de vida (rico, pobre, negro, branco, imigrante, em conflito com a lei ou não) apresentam seu ponto de vista sobre criminalidade e responsabilidade, enquanto se discute a diminuição da maioridade penal no Brasil.
Inédito. Gênero: documentário. Direção: André Hallak. Produção: Trem Chic. Classificação indicativa: Livre.


---------------------------------------------
Sexta-feira, 3 de novembro, à 0h30.
Princesas Rojas”

Claudia tem onze anos e sempre se considerou uma revolucionária. Quando sua família se muda da Nicarágua para a Costa Rica, no meio da Revolução Sandinista, a política acaba por ser um jogo não tão divertido.
Seus pais têm a tarefa de criar uma frente clandestina para apoiar a revolução. Enquanto Claudia troca os pins de Lenin por papéis perfumados Hello Kitty, sua mãe desaparece e seu pai sai em uma missão arriscada.
Dirigido por Laura Astorga., “Princesas Rojas” foi premiado no Festival Internacional de Cinema de Costa Rica: Prêmio do Público; Festival Internacional do Novo Cinema Latino Americano de Havana, Cuba: Prêmio Sara Gómez, concedido pela Rede de cineastas cubanos; Festival de Cinema Latino-Americano e do Caribe de Margarita, Venezuela: Melhor Primeiro Filme; Festival Internacional de Cinema Icaro Guatemala: Melhor Direção, Melhor Roteiro; Festival Internacional de Cinema Latino de Los Angeles, EUA: Melhor filme inicial; Candidato à Academia de Cinema da Costa Rica para os Oscars.
Inédito. 100 min. País: Costa Rica. Idioma original: espanhol. Gênero: drama. Direção: Laura Astorga. Roteiro: Laura Astorga, Daniela Goggi. Ano: 2013. Classificação: 12 anos.


---------------------------------------------
Sábado, 4 de novembro, às 16h.
O Puritano da Rua Augusta”

Punduroso (Amácio Mazzaropi) é um pai de família extremamente conservador. Ele deixa os filhos loucos com sua mania de manter a moral e os bons costumes sempre em primeiro lugar.
Após sofrer um ataque do coração, tudo muda. Punduroso passa a se comportar como um jovem outra vez: muda o cabelo, as roupas e até o gosto pela música.
Reprise. 102 min. Ano: 1965. Gênero: comédia. Direção: Amácio Mazzaropi, com Amácio Mazzaropi, Marly Marley, Marina Freire, Elizabeth Hartmann, Edgard Franco. Classificação Indicativa: Livre.


---------------------------------------------
Sábado, 4 de novembro, às 23h.
Meu Japão Brasileiro”

Em uma comunidade rural nipo-brasileira, Mazzaropi é um agricultor chamado Fofuca que enfrenta a exploração descarada do Sr. Leão, responsável por intermediar os negócios entre os produtores e o comércio na cidade.
Após muito penar em suas mãos, Fofuca articula com os camponeses a formação de uma cooperativa agrícola. Mas Leão e seus filhos não veem com bons olhos essa iniciativa e vão fazer de tudo para impedir que Fofuca e seus amigos se deem bem nesse Japão brasileiro.
Ano de estreia: 1965. Gênero: comédia. Direção: Glauko Mirko Laurelli, com Amácio Mazzaropi, Geny Prado, Célia Watanabe, Zilda Cardoso, Carlos Garcia, Reynaldo Martini, Adriano Stuart Elk Alves, Francisco Gomes, Judith Barbosa, Bob Junior, Ivone Hirata, Luiz Tokio, Luzia Yoshigumi.
Reprise. 102 min. Classificação Indicativa: Livre.


------------------------------------

Sábado, 4 de novembro, à 1h.
O Encouraçado Potemkin”


Em 1905, a tripulação do encouraçado Potemkin se amotina contra o regime tirânico e brutal dos oficiais da embarcação. As manifestações populares que resultam disso, na cidade de Odessa (Ucrânia), fazem com que polícia e civis entrem em choque. O evento ficaria conhecido como "A Revolta de 1905" ou "Domingo Sangrento", considerado um "ensaio" da revolução de 1917.
Entre as memoráveis cenas de "O Encouraçado Potemkin" está a da escadaria de Odessa. No embate entre o exército czarista e os populares, um massacre acontece nos degraus de entrada da cidade ucraniana. Soldados atiram em civis impiedosamente. Alvejada, uma mãe deixa o carrinho de bebê descer escada abaixo. A cada degrau, Eisenstein mostra detalhes de pessoas sendo atingidas e caindo ao chão, aumentando a sensação de suspense e tornando a cena uma das mais famosas na história do cinema.
Inédito. 72 min. País: União Soviética. Idioma: russo. Ano: 1925. Direção: S.M. Eisenstein. Roteiro: N.F. Agadzhanova-Shutko. Com Grigoriy Aleksandrov, Vladimir Barskiy, Aleksandr Antonov e grande elenco. Classificação: 18 anos.

Fonte: Ricardo Ribeiro/ TV BRASIL

Popular Posts

Google+ Followers