Our social:

quinta-feira, 15 de setembro de 2016

Quarta, 21 de Setembro, tem sessão gratuita do Cineclube Sala Escura no MAM-RJ


O filme "Danzon, meu amor perdido", de Maria Novaro, é uma co-produçãoa México/Espanha (1991) e será exibido às 18h30 na Cinemateca do MAM-RJ.

O Cineclube Sala Escura – Sessão Latina Cinemateca exibe uma obra de grande sucesso de público e crítica da realizadora María Novaro, uma das principais cineastas mulheres do cinema latino-americano.

Julia é uma telefonista da Cidade do México, que divide a sua vida entre o trabalho, a sua filha e o danzón, ritmo musical de origem caribenha. Toda quarta-feira, Julia brilha na pista do Salón Colonia, ao lado de Carmelo, seu companheiro de dança. Certo dia, a vida de Julia muda bruscamente quando Carmelo desaparece. Com a intenção de encontrá-lo, Julia parte para Veracruz, mas ela não imagina o quanto essa viagem irá transformar sua vida.
Segundo longa-metragem de Novaro, o filme conhece um grande sucesso de público e de crítica e uma ampla repercussão internacional. Ao retratar o universo musical do danzón, conta com a presença de cantores e dançarinos célebres, o que lhe garantiu um grande sucesso de público. Além disso, o filme possui um profundo viés feminista, ao mergulhar em um universo feminino - marca da obra de Novaro - convertendo-se assim em um verdadeiro cult movie.

María Novaro é uma das cineastas mulheres mais importantes do cinema latino-americano. Nasce na Cidade do México em 11 de setembro de 1951, onde estuda cinema na Universidade Nacional Autônoma do México (UNAM), após abandonar o curso de sociologia na mesma universidade. Desde a faculdade, dirige, produz, fotografa, atua e monta curtas em 8mm e 16mm. Trabalha como assistente de direção no longa Amor a la vuelta de la esquina (1985), de Alberto Cortés. Desde os seus primeiros curtas, Una isla rodeada de agua (1984) e Azul celeste (1988), Novaro se volta sobre a condição feminina na sociedade mexicana. Estreia no longa comLola (1989), mas adquire visibilidade internacional com Danzón, meu amor perdido (1991). Em seguida dirige El jardín del Edén (1994),Sem deixar pistas (2000) e Las buenas hierbas (2010).


DANZÓN, MEU AMOR PERDIDO
(Danzón)
México/Espanha, 1991
120min, Cor, Legendas em Português, 35mm

Direção: María Novaro
Roteiro: María Novaro e Beatriz Novaro
Produção: Jorge Sánchez
Fotografia: Rodrigo García
Som: Nerio Barberis
Design Cenográfico: Amado Domínguez e Carlos Rodríguez
Montagem: Nelson Rodríguez, María Novaro e Sigfrido Barjau
Elenco: María Rojo, Carmen Salinas, Tito Vasconcelos, Margarita Isabel, Víctor Carpinteiro, Daniel Rergis


Dia 21 de Setembro de 2016
Quarta-feira, às 18h30min

Cinemateca do MAM
Av. Infante Dom Henrique, 85
Parque do Flamengo – Rio de Janeiro

EXIBIÇÃO EM PELÍCULA
ENTRADA GRATUITA

Cineclube Sala Escura é uma atividade de extensão da Plataforma de Reflexão sobre o Audiovisual Latino-Americano (PRALA), vinculada ao Laboratório de Investigação Audiovisual (LIA) da Universidade Federal Fluminense (UFF).

Fonte: Fabián Núñez
Professor Adjunto
Universidade Federal Fluminense
Departamento de Cinema e Vídeo
Plataforma de Reflexão sobre o Audiovisual Latino-Americano
Laboratório Universitário de Preservação Audiovisual

Imprensa (2)Trailer/Divulgação

Imprensa (3) Teaser Trailer

Popular Posts

Google+ Followers