Our social:

sexta-feira, 29 de abril de 2016

‘A Margem da Linha’, de Gisella Callas, vai ao ar pela primeira vez no Curta!


O documentário “A Margem da Linha”, de Gisella Callas, é a estreia da semana na Terça das Artes, dia 3 de maio. O filme mistura depoimentos de artistas plásticos, críticos, curadores apresentando um rico debate sobre a arte, sempre ilustrados com imagens dos principais expoentes da nossa produção mais recente.

Na Segunda da Música, dia 2 de maio, o documentário “Nina Simone” retrata a vida da estrela do jazz, que também foi pianista, cantora, compositora e ativista do movimento negro americano ao lado de Malcolm X e Martin Luther King Jr.

O “A Vida É Curta!” da semana traz um especial sobre Kleber Mendonça Filho – que vai disputar a Palma de Ouro no Festival de Cannes com o longa “Aquarius” -, com a exibição de importantes curtas de sua direção. Às 20h, será exibido “Vinil Verde” (2004), uma adaptação da fábula infantil russa “Luvas Verdes”. No filme, uma mãe dá à filha uma caixa com discos coloridos e a proíbe de escutar o de cor verde. A filha desobedece e sempre que escuta o disco algo estranho acontece. Já “Noite de Sexta, Manhã de Sábado” (2007) conta as dificuldades de uma relação à distância entre um homem e uma mulher.  Na sequência, “Eletrodoméstica”(2005) retrata a rotina da classe média na década de 90. E, para fechar, “Recife Frio” (2009) mostra como uma estranha mudança climática muda a tropical cidade de Recife.

Dirigido por Pierre Beuchot, o documentário “Claude Lévi Strauss” é a atração da Quinta do Pensamento, dia 5. O filme traz uma entrevista de 1972 feita por Jean-José Marchand com Lévi-Strauss, poucos meses antes de entrar para a Academia Francesa. No encontro, o antropólogo, professor e filósofo francês fala sobre sua trajetória e expõe seus pensamentos.

A Sexta da Sociedade, dia 6 de maio, apresenta “Cartas Violadas”, de Maciej J. Drygas. Por meio de imagens de arquivo inéditas e através de cartas pessoais censuradas, o longa revela a essência da sociedade polonesa que viveu a Segunda Guerra Mundial. A produção mostra que, mesmo com a garantia de confidencialidade garantida pelo Ato Constitucional do país no período, muitas correspondências eram censuradas e causavam a perseguição dos remetentes e destinatários envolvidos.

SEGUNDA DA MÚSICA
Nina Simone (Documentário)
Com muita música, esse documentário reconta a vida de Nina Simone, estrela do jazz e voz do movimento negro americano ao lado de Malcolm X e Martin Luther King Jr.
Diretor: Frank Lords
Duração: 52 min. Ano: 1991
Exibição: 2 de maio, segunda-feira, às 23h
Classificação: Livre
Horários alternativos: Dia 3 de maio, terça-feira, às 3h e às 17h/ Dia 4 de maio, quarta-feira, às 11h/ Dia 7 de maio, sábado, às 12h


TERÇA DAS ARTES
À Margem da Linha (Documentário)
Cores, formas, luzes, volumes, sombras, perspectivas, silhuetas... ideias. A arte explode em todas as suas dimensões em “À Margem da Linha”, documentário em longa-metragem que convida o público para uma empolgante e lúdica viagem cinematográfica pelo universo da Arte Contemporânea. Com roteiro e direção de Gisella Callas, o filme costura com precisão e criatividade depoimentos de artistas plásticos, críticos, curadores, além de profissionais ligados à Matemática, Arquitetura, Museológica e até Física Quântica. O longa extrai de seus depoentes as mais provocativas confissões, descobertas e reflexões, entremeadas por belíssimas imagens de nossa produção artística recente. 
Diretora: Gisella Callas
Duração: 96 min. Ano: 2008
Estreia: 3 de maio, terça-feira, às 22h
Classificação: Livre
Horários alternativos: Dia 4 de maio, quarta-feira, às 2h e às 16h/ Dia 5 de maio, quinta-feira, às 10h/ Dia 7 de maio, sábado, às 22h.

QUARTA DE CINEMA
O “A Vida É Curta!” da semana traz um especial sobre Kleber Mendonça Filho
Nesta semana, o programa “A Vida é Curta!” apresenta quatro obras do diretor Kleber Mendonça Filho. Serão exibidos os curtas “Vinil Verde”, “Noite de Sexta, Manhã de Sábado”, “Eletrodoméstica” e “Recife Frio”.“Vinil Verde” mostra uma mãe que dá à filha uma caixa cheia de velhos disquinhos coloridos, porém, é impedida de ouvir o disco verde.  “Noite de Sexta, Manhã de Sábado” narra a dificuldade de um relacionamento entre um homem e uma mulher, à distância. Já o curta “Eletrodoméstica” retrata a rotina da classe média na década de 90. E, pra finalizar, “Recife Verde” apresenta as mudanças climáticas que mudam a cidade Recife.
Exibição: 4 de maio, quarta-feira, às 20h
Classificação: Livre
Horários alternativos: Dia 5 de maio, quinta-feira, às 0h e às 14h/ Dia 6 de maio, sexta-feira, às 8h/ Dia 7 de maio, sábado, às 8h35.

QUINTA DO PENSAMENTO
Claude Lévi-Strauss (Documentário)
Em 1972, pouco antes de ingressar na Academia Francesa, Lévi-Strauss dá entrevista excepcional sobre sua trajetória e seus pensamentos a Jean-José Marchand. A partir desses arquivos, em 2004, Pierre Beuchot monta o documentário, a melhor introdução à obra de Lévi-Strauss.
Diretor: Pierre Beuchot
Duração: 59 min Ano: 2004
Exibição: 5 de maio, quinta-feira, às 22h
Classificação: Livre
Horários alternativos: Dia 6 de maio, sexta-feira, às 2h e às 16h/ Dia 7 de maio, sábado, às 11h/ 9 de maio, segunda-feira, às 00h.

Sexta da Sociedade
Cartas Violadas (documentário)
Depois da Segunda Guerra Mundial, a Polônia entra para o bloco comunista contra o desejo da maior parte da sociedade. O filme é uma tentativa de mostrar a alma da sociedade polonesa através de cartas pessoais. Cartas que foram censuradas e muitas vezes causaram a perseguição de seus remetentes e destinatários, mesmo com a confidencialidade garantida por Ato Constitucional no país. O filme em preto e branco é um mosaico de imagens de arquivo nunca antes exibidas, cartas que são lidas por vozes escolhidas cuidadosamente e mensagens internas do Serviço Secreto que mostram a organização do lado de Orwell em ação nos anos entre 1945 e 1989. 
Diretor: Maciej J. Drygas
Duração: 55 min  Ano: 2009
Exibição: 6 de maio, sexta-feira, às 23h
Classificação: 12 anos
Horários alternativos: Dia 7 de maio, sábado, às 3h e às 10h/ Dia 8 de maio, domingo, às 20h30/ 9 de maio, segunda-feira, às 17h

Sobre o Curta!
Dedicado às artes, cultura e humanidades, o Curta! é um canal independente que acolhe a experimentação e se orgulha de ser um parceiro dos realizadores, artistas, criadores e produtores independentes. Com o compromisso de transmitir 12 horas por dia de programação nacional independente, os principais segmentos temáticos da programação são música, dança, teatro, artes visuais, meta-cinema, filosofia, literatura, história-política e sociedade.
O Curta! pode ser visto nos canais 56 da NET, 83 na GVT, 75 na Oi TV, 103 na Vivo TV e 69 na Claro TV. Siga as redes do canal nos endereços: www.facebook.com/CanalCurta, twitter.com/CanalCurta ewww.youtube.com/user/canalcurta. 

Fonte: Agência Febre/ Cláudia Rodrigues.

Popular Posts

Google+ Followers