Our social:

terça-feira, 1 de março de 2016

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO DE MARÇO DO CENTRO CULTURAL JUSTIÇA FEDERAL


/exposição 
O Vale dos ReisO Vale dos Reis / fotografia
Desde 2013, o fotógrafo Alex Ferro vem produzindo uma série de ensaios sobre as cerimônias de Candomblé no Ilé Asé Atará Magbá Iyá Omindarewá, em Santa Cruz da Serra (RJ). O Vale dos Reis, sob a curadoria de Marco Antonio Teobaldo, trata dessa rica cultura, durante as   celebrações dedicadas a Xangô, em uma homenagem póstuma à Iyáorixá Gisele Omindarewá, falecida recentemente.
Curadoria: Marco Antonio Teobaldo 
De 16/03 a 24/04
Terça a domingo
12h às 19h
Gabinete de Fotografia 
simbolo L
Galeria TransparenteGaleria Transparente: Showroom / artes plásticas
A exposição propõe uma vivência sobre o papel dos centros culturais numa   época em que a internet também funciona como espaço para a produção e divulgação de arte, sendo a própria Galeria Transparente um exemplo da eficiência das redes sociais neste campo. Dos participantes da galeria, 25 nomes trazem trabalhos relacionados com seus projetos realizados para a GT. As performances que acontecem durante a mostra levam às últimas consequências a busca por “presença e materialidade” e evidenciam o caráter híbrido da Galeria: entre o virtual e o corpóreo, entre o imaginário e o presencial, sempre passando pela valorização do espaço urbano.
Curadoria: Frederico DaltonPerformances aos sábados de março, às 16h 
De 04/03 a 24/04
Terça a domingo
12h às 19h
Galerias do 2º andar
simbolo L
TransituTransitu / artes plásticas
Myllena Araujo e Bruno Castro entrelaçam seus percursos através de anotações em um diário visual. O diálogo entre eles é mediado pela fotografia e tem como ponto de partida o livro Cidades Invisíveis, de Ítalo Calvino. Imagens povoadas de idas e vindas, as fotografias são como duas camadas de um mesmo tempo onde o destino não é apenas chegar. Esta aventura, da paisagem urbana que não se fixa, é evocada pelos artistas, que se arriscam em um mesmo ruído, não do que passa, mas do   que se prende à retina.
Curadoria: Claudia Elias 
De 19/02 a 03/04
Terça a domingo
12h às 19h
Galeria do Térreo

simbolo L
ReminiscênciasReminiscências (memória e narrativa) / artes plásticas
Passagens do tempo deixam marcas que podem ser visíveis ou não e estas carregam em si os rastros deste fluxo de vida. A memória pode ser despertada por imagens, cheiros, sons, que permitem novas combinações de leituras, sentidos, redescobertas, sustos. Nove artistas contemporâneos partiram do mesmo ponto: busca de elementos que potencializassem a memória e a narrativa: Ana Kemper, AoLeo, Denise Adams e Rafael Adorjan com fotos; Lucenne Cruz com objetos; Helena Trindade com fotos e vídeos; Jozias Benedicto com uma videoinstalação e uma performance; Ursula Tautz com uma videoinstalação e Elisa Castro com bordados.
Curadoria: Isabel Portella 
De 24/02 a 10/04
Terça a domingo
12h às 19h
Galerias do 1º andar
 
simbolo L
/teatro 
A Outra Casa / peça
Inédito no Brasil, o texto conta a história de Juliana Smithton, uma neurologista de sucesso que tem um lapso de memória durante a apresentação, para uma plateia de profissionais, de um medicamento produzido por ela. No decorrer da trama, o espectador vai sendo levado, juntamente com a protagonista, à compreensão do que de fato está   ocorrendo. O espetáculo é um thriller emocional que mostra a vulnerabilidade do ser humano diante dos transtornos de memória.
Direção: Manoel Prazeres 
Texto: Sharr White 
Elenco: Helena Varvaki, Alexandre Dantas, Gabriela Munhoz e Daniel Orlean
Até 03/04
Sexta a domingo
19h
R$ 40 e R$ 20 (meia)
90 min
Teatro

Caixa de Ferramentas / peça infantil
Há uma grande confusão dentro da caixa de ferramentas. Confinadas, elas não conseguem conviver com suas diferenças. A lixa é muito grossa com todos, a chave inglesa é metida a falar outro idioma, o martelo quer bater em todo mundo e o parafuso fica dando voltas. Até que algo de inesperado acontece e as ferramentas se veem obrigadas a trabalhar juntas pelo bem comum. O espetáculo, que envolve cinco   atores-cantores-instrumentistas, traz uma mensagem de respeito ao   próximo e às diferenças.
Texto e direção: Simone Kalil
Elenco: Ester Freitas, Flora Borges, João Novaes, Marcelo de Paula e Paula Sholl
Até dia 20
Sábados e domingos
16h
R$ 30 e R$ 15 (meia)
50 min
Teatro
simbolo L
/ideias 
Tramas da ArteTramas da Arte: Sociabilidades, Identidades e Desigualdades / curso
O curso pretende abrir espaço para o debate sobre as várias aproximações possíveis entre as artes visuais, a antropologia e a sociologia da arte, suas instituições e agentes no campo brasileiro e no sistema internacional. Quais são as estratégias e recursos usados pelos diferentes atores no mundo artístico para veicular e autenticar a magia da arte? Qual o estatuto da crítica de arte e, mais recentemente, da   curadoria, como porta-vozes do pensamento artístico? Essas e outras questões serão contempladas nas sessões temáticas do curso.
Professores: Leonardo Carvalho Bertolossi e Guilherme Marcondes dos Santos
Informações e inscrições: tramasccjf@gmail.com>
Dias 02, 09, 16, 23 e 30
Quartas
18h30 às 21h
R$ 180
Sala de Cursos
A Imigração Árabe no Brasil no Século XX - História e Histórias / curso
O grande número de descendentes de sírios e libaneses que ocupam espaço na sociedade brasileira como um todo reflete a importância da imigração árabe no Brasil. O minicurso apresenta um panorama desse fenômeno pelas perspectivas histórica e literária, além de abordar as suas causas e o   legado cultural em nosso cotidiano.
Professora: Muna Omran
Informações e inscrições: arabecultural@gmail.com>
Dias 03, 10, 17 e 31
Quintas
18h30 às 20h30
R$ 180 (em até 2 parcelas)
Sala de Cursos
História da Arte e Prática Museológica com Workshop / curso
As aulas tratarão de temas pertinentes aos campos da Arte e da Museologia, com exibição de imagens e discussão de ideias, experiências e exemplos trazidos pelo público. Os 3 módulos independentes poderão ser cursados em sua totalidade ou separadamente. No final de cada módulo, haverá um workshop de 30 minutos.
Módulo I: Grandes Museus do Mundo e a Afirmação Feminina na Arte
Módulo II: A Prática do Museu de Arte
Módulo III: Apogeu Histórico da Arte Holandesa
Professora: Zuzana Paternostro
Informações e inscrições: contatozuzapater@gmail.com> ou pelo tel 98450-9549 
Módulo I
Dias 08, 15 e 22/03, R$130
Módulo II
05 e 12/04, R$90
Módulo III
07 e 14/06, R$90
R$300 os três módulos
(R$290 para estudantes)
Terças
18h30 às 21h
Sala de Cursos 
/educativo 
Rio Antigo - Um Passeio no Tempo / contação de história
Os visitantes são conduzidos a um passeio pela história do Rio de Janeiro, desde sua origem até o advento da República. Narrativas sobre o prédio que abriga o CCJF pontuam as transformações políticas e urbanas pelas quais passou a cidade. Através do uso de acessórios e de vestimentas especiais, além de histórias e curiosidades sobre a cidade, o público é estimulado a participar das dramatizações.
Agendamento pelos telefones 3261-2567 e 3261-2552
Terça a sexta
13h às 17h
Entrada franca
Da Justiça à Arte / visita orientada
A visita conta a história do prédio, de sua construção até os dias atuais. Projetado pelo arquiteto Adolpho Morales de Los Rios para ser originalmente o Palácio Arquiepiscopal, o edifício - exemplar da  arquitetura eclética - abrigou o Supremo Tribunal Federal de 1909 a 1960. Atualmente, é um dos poucos remanescentes da reformulação da cidade do Rio de Janeiro ocorrida no início do século XX.
Agendamento pelos telefones 3261-2567 e 3261-2552
Terça a sexta
13h às 17h
Entrada franca
África Hereditária-Interativa / contação de história
Jogos, dramatizações e contações de histórias que convidam à reflexão sobre a cultura africana, estimulando o público a participar como personagem das narrativas. A atividade se utiliza da força da palavra, do canto e da música na tradição dos griots (sábios e contadores
de histórias africanos).
Agendamento pelos telefones 3261-2567 e 3261-2552
Terça a sexta
13h às 17h
Entrada franca
/música 
Gó Gó Boys / banda vocal
Eles levam a vida no gogó. O Gó Gó Boys é um grupo de sons feitos com a voz. Nenhum instrumento. Eles contam apenas com a tecnologia de diversos pedais de efeitos eletrônicos que temperam e expandem o horizonte de timbres. O resultado é uma sonoridade inusitada, um híbrido de grupo vocal e banda. Daí a classificação que eles gostam de utilizar para se definirem: Banda Vocal.
Integrantes: Cicero Melo, Fabiano Lacombe, Marcelo Rezende, Marcio Pizzi e Rafael Pissurno.
Dia 01
Terça
19h30
R$ 30 e R$ 15 (meia)
Teatro
80 min
simbolo L
Saudades do Raul / show
Urca Bossa Jazz homenageia Raul Seixas
Os músicos Wagner Cinelli, Matheus Von Kruger e Laudir de Oliveira trazem a atualidade das letras e todo o universo poético de Raul Seixas, relembrando seus principais sucessos com o tempero da banda. O show marca o lançamento do CD Saudades do Raul, em comemoração aos 70 anos do nascimento de Raulzito (1945-2015).
Dia 08
Terça
19h
R$ 30 e R$ 15 (meia)
Teatro
70 min
simbolo L
Série Música no Museu / concerto
O projeto tem como característica a formação de novas plateias, facilitando e incentivando a presença de crianças e jovens. A série contempla gêneros que vão do clássico ao contemporâneo e mescla novos talentos e nomes consagrados da música.
Programação: www.musicanomuseu.com.br
Dias 11 e 18
Sextas
15h
Entrada franca
Senhas 1h antes
Teatro
90 min  

10 anos
Florais de Canções - Luísa Lacerda / show
Uma das revelações da nova geração da MPB, a cantora e violonista Luísa Lacerda apresenta obras de novos compositores, como Pablo Vallegros, Miguel Rabello e André Lacerda, e de artistas consagrados, como Chico Buarque, Edu Lobo, Arrigo Barnabé e Sérgio Sampaio. O repertório oferece um amplo espectro de estilos musicais com um tom intimista, no formato voz e violão, acentuando a textura suave do espetáculo. Participação especial do violonista e compositor Miguel Rabello.
Dia 15
Terça
19h
R$ 20 e R$ 10
Teatro
60 min
Série Desafios Musicais / concertos em vídeo
Nesta edição inédita, o homenageado é o compositor Igor Stravinsky (1882-1971), que esteve no Theatro Municipal do Rio de Janeiro em 1963, regendo a Orquestra Filarmônica. O programa inicia com o balé Petrouchka, em versão para um piano em três movimentos, seguido da versão orquestral da Suíte nº 3 do Pássaro de Fogo, e termina com sua obra mais conhecida, a Sagração da Primavera, com a Orquestra Nacional da França, sob a regência do italiano Daniele Gatti, no Théatre des Champs-Elysées.
Produção: Saulo Chermont 
Apresentação e palestra: Professor Rodolfo Valverde 
Dia 19
Sábado
15h
R$ 30 e R$ 15 (meia)
Cinema
180 min
simbolo L
Série Violões da AV-Rio / concerto
Luiz Cláudio Ribas Ferreira
O destacado violonista lança CD dedicado à obra de Fernando Sor (1778-1839), o maior compositor do repertório oitocentista do instrumento, também interpretando obras de Joaquín Rodrigo, Castelnuovo-Tedesco e Máximo D. Pujol. Professor da UNESPAR-EMBAP (Curitiba) desde 1989, ele tem orientado dezenas de violonistas premiados. Sua discografia inclui obras renascentistas e barrocas italianas, além do repertório moderno sul-americano.
Produção: Saulo Chermont
Apresentação e palestra: Professor Rodolfo Valverde
Dia 19
Sábado
17h
R$ 10 e R$ 5 (meia)
Sala de Sessões
75 min
simbolo L
Série Cordas em Foco / concerto
Inteiramente voltada para a prática da Música de Câmara, e especialmente focada no repertório dos instrumentos de cordas friccionadas (violino, viola, violoncelo e contrabaixo), a série propõe que artistas e público estejam bem mais próximos, compartilhando uma experiência única. Serão 5 concertos durante o ano de 2016, tendo o Quarteto Bosisio como grupo residente, realizando 1 concerto do grupo e 1 concerto de cada um de seus integrantes, solo ou acompanhados de piano.
Nesta apresentação inaugural, o violoncelista Marcelo Salles convida a pianista Francisca Aquino. No repertório, Bach, Villa-Lobos e José Guerra Vicente.
Dia 22
Terça
19 h
R$ 20 e R$ 10 (meia)
90 minutos
Teatro
simbolo L
Aether / show
Há 21 anos na estrada, o grupo apresenta repertório de composições próprias que possuem, como base, a música erudita com influências de outros estilos, utilizando uma linguagem caracterizada pela elaboração formal, mas com personalidade e timbre originais. Associado à improvisação na linha do rock progressivo sinfônico, o resultado é uma harmoniosa união de técnica, criatividade, emoção e maturidade.
Dia 29
Terça
19h
R$ 40 e R$ 20 (meia)
100 minutos
Teatro
simbolo L
/cinema 
Cineclube Gêneros e Sexualidades / cineclube
O Cineclube Gêneros e Sexualidades traz, mensalmente, uma sessão especial de filmes em curta ou longa-metragem. Os filmes selecionados falam sobre sexualidade e identidade gênero.
Programação em www.riofgc.com/cineclubeGS.html
Curadoria: Alexander Mello
Dia 27
Sábado
17h e 19h
R$ 8 e R$ 4 (meia)
Cinema
simbolo L
/biblioteca
Descolonizar o Corpo: Políticas e Performances na Arte
Contemporânea / palestra
O encontro vai discutir a história do corpo ocidental e as práticas performáticas na arte contemporânea, com seus usos políticos e normatizações sociais. Teorias antropológicas sobre a corporalidade na modernidade e em mundos extra-modernos, assim como a presença do corpo em obras literárias e na ficção científica serão evocadas para pensar corpos dissidentes, desviantes e abjetos/monstruosos. Durante o evento, o público poderá conferir uma performance com artistas convidados.
Palestrantes: Leonardo Bertolossi (PPGAV/EBA) e Diego Paleólogo (ECO/UFRJ)
Dia 15
Terça
18h30
Entrada franca
Sala de Leitura do 2º andar
/especial
 Inominável Ocupação
Durante os meses de março e abril, a companhia carioca Teatro Inominável ocupa o CCJF com as criações de seu repertório, além da realização de 2 oficinas.
O Narrador / performance
Lembranças, poemas, cartas e troca de e-mails permeiam o encontro entre Diogo Liberano e o público, através do gesto de contar histórias. A partir do texto homônimo de Walter Benjamin (1892-1940), o artista compartilha vivências próprias, ligadas à morte de parentes e amigos, buscando lançar um olhar inovador sobre a experiência de vida. Performance indicada pela dramaturgia aos Prêmios Shell e Cesgranrio no Rio de Janeiro.
Dramaturgia e performance: Diogo Liberano
Dias 02 e 03/03 e 27 e 28/04
Quartas e quintas
19h
R$30 e R$15 (meia)
50 min
Teatro
Sinfonia Sonho / peça
Tragédia contemporânea que apresenta a história de Kevin, um menino de 9 anos que é tomado pelo desejo de se tornar música,por conta de uma peça teatral que ensaiava em sua escola.
Espetáculo inspirado no massacre de crianças ocorrido em 2011,no Rio de Janeiro, foi indicado ao 2º Prêmio Questão de Crítica nacategoria de direção.
Direção e dramaturgia: Diogo Liberano
Elenco: Adassa Martins, Andrêas Gatto, Bel Flaksman, Caroline de Assis, Davi Palmeira, Gunnar Borges, Laura Nielses, Márcio Machado e Virgínia Maria
De 09 a 31
Quartas e quintas
19h
R$30 e R$15 (meia)
95 min
Teatro
Vazio é o que não falta, Miranda / peça
Comitragédia que mostra quatro atrizes-atores e um diretor na tentativa, sem sucesso, de encenar a peça Esperando Godot. Nessa criação, a cada noite, os artistas da companhia revezam-se nos papéis, apresentando uma peça sempre refém do instante em que acontece, marcada pela presença incontornável do erro e da instabilidade.
Direção e dramaturgia: Diogo Liberano
Elenco: Adassa Martins, Andrêas Gatto, Diogo Liberano, Gunnar Borges, Laura Nielsen, Márcio Machado e Natássia Vello
De 06/04 a 21/04
Quartas e quintas
19h
R$30 e R$15 (meia)
90 min
Teatro
Cena, Dramaturgia e Performance / oficina
Nesta oficina com duração de três dias, o diretor-dramaturgo Diogo Liberano, contando com a presença de atrizes e atores do Inominável, compartilhará reflexões e práticas a partir dos processos de criação dos trabalhos que se apresentam na Ocupação: Vazio é o que não falta, Miranda; Sinfonia Sonho; e O Narrador.
Informações e inscrições: www.teatroinominavel.com.br |teatroinominavel@gmail.com
19, 20 e 21/04
terça, quarta e quinta
14h às 17h30
R$ 150
Sala de Cursos
PTI - Performance e Teatro (Inominável) / encontros
Serão realizados oito encontros de criação do Inominável, abertos ao público (por meio de inscrição prévia), a partir dos tensionamentos entre teatro e performance. Junto ao estudo realizado com os criadores da companhia, serão concebidas ações performativas a serem realizadas na cidade do Rio de Janeiro. Cada inscrito receberá todo o material de pesquisa impresso.
Informações e inscrições: www.teatroinominavel.com.br |teatroinominavel@gmail.com
06, 13, 20 e 27/03 e 03, 10,17
e 24/04
Domingos
14h às 18h
Sala de Cursos
 FacebookTwitter
Centro Cultural Justiça Federal
Av. Rio Branco, 241 - Centro
Rio de Janeiro - RJ
CEP 20040-009
Terça a domingo,
das 12h às 19h
(55 21) 3261-2550
Bilheteria
(55 21) 3261-2565
Agende sua visita
com o Setor Educativo
(55 21) 3261-2552
Consulte a Biblioteca
(55 21) 3261-2582
Conheça a Sala de Leitura
(55 21) 3261-2581

Popular Posts

Google+ Followers