terça-feira, 23 de agosto de 2022

Lançamento do livro 'Da fome à fome: diálogos com Josué de Castro', no Festival SLOW FILME 2022

 



Livro organizado pelas pesquisadoras Ana Paula Bortoletto e Tereza Campello terá lançamento no próximo domingo, 28 de agosto, às 17h, no foyer do Cine Brasília, com a presença de autores

 

Hoje, dentre os 213,3 milhões de brasileiros, 61,3 milhões têm dificuldades para se alimentar; destes, mais da metade sequer sabem quando farão a próxima refeição. Fora do Mapa da Fome desde 2015, o Brasil voltou a integrar a lista da FAO, a Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura, com os países que não oferecem acesso adequado aos alimentos a sua população.  

 

Mas por que o Brasil voltou ao Mapa da Fome das Nações Unidas? Como uma potência agropecuária mantém parte significativa de sua população em insegurança alimentar? Em 27 ensaios assinados por pesquisadores e ativistas, “Da fome à fome: diálogos com Josué de Castro” recorre ao legado do intelectual pernambucano para mostrar que, ao contrário do que prega o senso comum, essa terrível e persistente mazela não se combate apenas com a produção de alimentos.

 

Organizado pelas pesquisadoras Ana Paula Bortoletto e Tereza Campello, ex-ministra do Desenvolvimento Social, o livro recupera e atualiza as análises de “Geografia da fome: o dilema brasileiro: pão ou aço”, clássico do pensamento nacional publicado há 75 anos. A obra é resultado de seminário realizado em 2021 pela Cátedra Josué de Castro da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo (USP).

 

Entre os participantes do evento — e autores do livro — estão José Graziano da Silva, ex-presidente da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), e Carlos Monteiro, um dos maiores especialistas mundiais em nutrição e alimentação, além das pesquisadoras Tania Bacelar e Inês Rugani, dos economistas Ricardo Abramovay e Ladislau Dowbor e militantes do movimento negro, quilombola, sem-teto e da alimentação saudável.

 

O lançamento de “Da fome à fome: diálogos com Josué de Castro” integra as atividades do 11º SLOW FILME – Festival Internacional de Cinema e Alimentação, que acontece de 24 a 28 de agosto, no Cine Brasília e no Espaço Cultural Renato Russo 508 Sul. A obra será lançada no domingo, dia 28, às 17h, no foyer do Cine Brasília, com a presença de Tereza Campello, uma das organizadoras, e do professor Renato Carvalheira do Nascimento, que é um especialista na obra de Josué de Castro e autor do artigo do livro “Sete chaves para pensar o atual cenário da fome no Brasil: a contribuição de Josué de Castro”.

 

Exemplares do livro editado pela Editora Elefante estarão sendo vendidos pela livraria Circulares na ocasião.

 

BIOS

Tereza Campello

É professora titular da Cátedra Josué de Castro de Sistemas Alimentares Saudáveis e Sustentáveis, professora visitante da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo (USP), pesquisadora do Núcleo de Pesquisas Epidemiológicas em Nutrição e Saúde (Nupens) da USP e professora do Programa de Pós-Graduação em Políticas Públicas em Saúde da Escola Fiocruz de Governo. Foi ministra de Desenvolvimento Social e Combate à Fome (2011-2016).

 

Renato Carvalheira do Nascimento

É sociólogo, mestre em sociologia pela Universidade de Brasília (UnB), com dissertação sobre Josué de Castro, e doutor pelo Programa de Pós-Graduação de Ciências Sociais em Desenvolvimento, Agricultura e Sociedade (CPDA) da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ). Foi relator do Brasil para o Direito Humano à Alimentação Adequada na FAO Regional América Latina em 2009. Atualmente, é analista em C&T da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e membro da coordenação executiva da Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional (Rede Penssan).

 

SLOW FILME 2022 é uma realização daObjeto Sim Projetos Culturais, com curadoria de professor e crítico Sérgio Moriconi, e conta com o patrocínio do FAC – Fundo de Apoio à Cultura da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Distrito Federal. Apoio do Espaço Cultural Renato Russo, das Embaixadas da Itália, Espanha, França e Portugal, do IFB - Instituto Federal de Brasília, Comunidade Slow Food Guardiões do Cerrado e Festival Festa do Cinema Italiano.

 


Fonte: 

ObjetoSim - Assessoria de Imprensa e Projetos Culturais

www.objetosim.com.br


SHARE THIS

0 comentários:

AGENDA (Festivais, mostras, concursos)

EVENTOS (Teatro, música, audiovisual)

ARTES E ARTISTAS (EVENTOS, LANÇAMENTOS, CURSOS)

LITERATURA (Eventos, Lançamentos, Dicas de leitura)

CINECLUBES (PROGRAMAÇÃO, EVENTOS)

Arquivo do blog

Cloud Labels

especiais (105)