domingo, 13 de setembro de 2020

TV Brasil estreia animação francesa 'Michel Strogoff' baseada na obra de Júlio Verne

 

Emissora pública apresenta filme que remete ao clássico do autor francês na Sessão Família

 

Inspirada no romance homônimo do escritor Júlio Verne, a animação francesa "Michel Strogoff" (2004) estreia na programação da TV Brasil neste domingo (13), às 14h, na faixa Sessão Família. O filme revela a épica odisseia do capitão Michel Strogoff em uma missão secreta pelo interior da Rússia.

 

Ameaçada por uma invasão tártara no século XIX, a Rússia continental é separada de seu território no extremo oriente. Isolado e cercado na Sibéria, o irmão do Czar lidera a última resistência com suas tropas.

 

O Czar confia ao capitão Michel Strogoff a missão de entregar uma mensagem vital a seu irmão, na Sibéria. Com valentia, ele deve cruzar todo o império para levar essa carta enquanto é perseguido por um traidor cooptado pelos tártaros.

 

Disfarçado de comerciante, o corajoso oficial faz uma longa e perigosa jornada por todo o país ao percorrer os confins da Rússia. As façanhas do homem encarregado de salvar a nação tem um dos ápices no encontro do mensageiro com a jovem Nádia, uma mulher obstinada que pode mudar suas prioridades.

 

A animação francesa retrata os bailes imperiais com valsas de Strauss, as melodias populares cantadas pelos barqueiros do rio Volga, as canções melancólicas dos cocheiros que cruzavam as áridas estepes da Ásia Central, as danças folclóricas e as composições românticas da Balalaika.

 

Escrita em 1876, a obra original de Júlio Verne tem uma narrativa inquietante fiel a eventos históricos. Com milhares de edições e reconhecimentos, o clássico "Michel Strogoff" redigido pelo autor francês traz grandes aventuras que foram adaptadas dezenas de vezes para produções do cinema e da televisão.

 

Ficha técnica

Título original: Les Aventures Extraordinaires de Michel Strogoff. País: França. Ano: 2004. Gênero: animação. Direção: Hubert Chonzu e Alexandre Huchez. Produtores: Dargaud Marina e Rouge Citron. História original: Júlio Verne. Classificação indicativa: Livre. Duração: 87 min.

 

Serviço

Sessão Família - "Michel Strogoff" – domingo, dia 13/9, às 14h, na TV Brasil

 

 


 

Documentário "Olhando para as Estrelas" estreia neste domingo (13/9) na TV Brasil

Produção nacional lança perspectiva sobre rotina de uma escola de balé para cegos em São Paulo

 

TV Brasil lança o documentário "Olhando para as Estrelas" (2017) na faixa Cine Nacional deste domingo (13), às 16h. Reconhecido com diversos prêmios, o longa-metragem dirigido por Alexandre Peralta destaca o trabalho da única escola de balé para cegos do mundo ao acompanhar o cotidiano, os desafios e as conquistas de uma aluna e uma professora.

 

A produção traça um panorama sobre esse trabalho ao retratar duas dançarinas que se envolvem de corpo e alma no projeto da companhia de balé Associação Fernanda Bianchini, localizada em São Paulo. O filme mostra Geyza, professora e primeira bailarina do grupo, que estava se preparando para casar, e Thalia, uma de suas alunas adolescentes, que lida com todas as mudanças de sua idade. 

 

A deficiência visual não é empecilho para as jovens que compartilham com outras meninas da companhia a paixão pela dança e o sonho de uma carreira artística como bailarinas. Cientes das dificuldades nessa árdua trajetória, elas desenvolvem a autoestima e o conhecimento mútuo com muita dedicação e harmonia.

 

Ambas demonstram determinação em ultrapassar obstáculos com sorriso e apoio familiar que não as vitimiza. Vaidosas, as personagens do longa desejam conquistar o melhor para si mesmas. A produção mostra esse amadurecimento gradual das bailarinas em busca de suas vocações.

 

Com leves movimentos de câmera, que podem se associar aos passos da dança, trilha sonora suave e uma montagem que se destaca pela sensibilidade, o documentário tem narração em off que propicia ao telespectador uma aproximação com a causa.

 

O filme "Olhando para as Estrelas" foi laureado com o prêmio de melhor documentário da HBO/NALIP (Associação de Produtores Latinos) e o prêmio da diversidade no Bentonville Film Festival. O longa-metragem ainda participou de eventos internacionais temáticos e de grandes festivais como o de Los Angeles e a Mostra Internacional de Cinema.

 

Ficha técnica

Ano: 2017. Gênero: docudrama. Direção, roteiro e edição: Alexandre Peralta. Produção: Corina Maritescu, Sabrina Chammas e Alejandro Ernesto. Classificação indicativa: Livre. Duração: 90 min.

 

Serviço

Cine Nacional - "Olhando para as Estrelas" – domingo, dia 13/9, às 16h, na TV Brasil


Fonte: Fernando Chaves/ TV BRASIL


SHARE THIS

0 comentários:

Latest Posts

Cloud Labels

especiais (79)