terça-feira, 20 de outubro de 2020

'ANA. SEM TÍTULO', NOVO FILME DE LÚCIA MURAT, DIVULGA TRAILER

 

Road-movie foi selecionado para a 44ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo.

“Ana. Sem Título”, novo filme da diretora Lúcia Murat (“Praça Paris”, “Quase Dois Irmãos”, “A Memória que me Contam”), divulgou trailer oficial. O longa foi selecionado para a 44ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo e teve sua première mundial no Festival Internacional de Cinema de Moscou. A produção é da Taiga Filmes e a distribuição no Brasil é da Imovision.  

 

Livremente inspirado na peça “Há mais futuro que passado” o road-movie “Ana. Sem Título” apresenta artistas plásticas mulheres da América Latina através da ótica de Stela. A personagem resolve fazer um trabalho sobre cartas trocadas entre elas durante os anos 70 e 80. Stela parte em uma viagem para Cuba, México, Argentina e Chile para descobrir o que essas mulheres enfrentaram durante as ditaduras nesses países. Nessa viagem, encontra inúmeras artistas importantes e muitas ativistas como as da associação Mães da Praça de Maio, que perderam seus filhos durante a Ditadura Militar na Argentina. Em meio a idas e vindas ela descobre Ana e resolve se aprofundar melhor sobre a vida dessa artista e ir atrás de sua história. 

“O longa trabalha com drama, e traz questões como o papel da mulher, a realidade política do continente e a situação das artes plásticas. A personagem Ana é negra e isso levou o filme também a discutir a questão do feminismo negro e o racismo no Brasil.”, comenta a diretora.  



SINOPSE 

Stela, uma jovem atriz brasileira, decide fazer um trabalho sobre as cartas trocadas entre artistas plásticas latino-americanas nos anos 70 e 80. Viaja para Cuba, México, Argentina e Chile à procura de seus trabalhos e de depoimentos sobre a realidade que elas viveram durante as ditaduras que a maior parte desses países enfrentaram na época.  Em meio à investigação, Stela descobre a existência de Ana, uma jovem brasileira que fez parte desse mundo, mas desapareceu. Em 1968, Ana foi do sul do Brasil, de uma pequena cidade do interior, para a efervescente Buenos Aires, que vivia um momento de mudança nas artes plásticas e no comportamento. Obcecada pela personagem, Stela resolve encontrá-la e descobrir o que aconteceu com ela. 

 

FICHA TÉCNICA 

Direção e argumento: Lucia Murat 

Roteiro: Lucia Murat e Tatiana Salem Levy 

Produção: Lucia Murat e Felicitas Raffo 

Direção de fotografia: Léo Bittencourt 

Montagem: Mair Tavares e Marih Oliveira 

Som direto: Andressa Clain Neves 

Edição de som: Simone Petrillo e Ney Fernandes 

Trilha sonora: Livio Tragtenberg 

Mixagem: Emmanuel Croset 

Diretora de produção: Silvia Sobral 

Livremente inspirado na peça “Há mais futuro que passado” 





 

SOBRE A TAIGA FILMES: 

Taiga Filmes e Vídeo é uma produtora criada pela jornalista e cineasta Lucia Murat no início dos anos 80 e que além de clips, comerciais e programas para TV, produziu os filmes: “O Pequeno Exército Louco”, “Que Bom te Ver Viva”, “Daisy”, “Doces Poderes”, “Brava Gente Brasileira”, “Quase Dois Irmãos”, “Olhar Estrangeiro”, “Maré, Nossa História de Amor”, "Dia dos Pais", "Histórias Que Só Existem Quando Lembradas", "Uma Longa Viagem", "A Memória Que Me Contam" e “Praça Paris. 

Os filmes da Taiga receberam inúmeros prêmios, com presença marcante nos principais festivais internacionais. 

 

SOBRE A IMOVISION: 

Presente no Brasil há 30 anos, a Imovision vem se consolidando como uma das maiores incentivadoras do melhor cinema mundial na américa latina, tendo lançado mais de 500 filmes no Brasil. 

Criada pelo empresário Jean Thomas Bernardini, a distribuidora tem em seu catálogo, realizações de consagrados diretores estrangeiros e brasileiros, e filmes premiados nos mais prestigiados festivais de cinema do mundo, como Cannes, Veneza e Berlim. 

Mantendo seu foco em títulos de qualidade, a Imovision fortificou o cinema francês no Brasil e foi a responsável por introduzir cinematografias raras e movimentos internacionais expressivos no país, como o Movimento Dogma 95 e o Cinema Iraniano. 

 

ASSESSORIA DE IMPRENSA 

Primeiro Plano 

Anna Luiza Muller 

Marcela Salgueiro


SHARE THIS

0 comentários:

Latest Posts

Cloud Labels

especiais (79)