quarta-feira, 31 de julho de 2019

'Premiados em Gramado': Canal Brasil reúne filmes que levaram Kikito em edições anteriores do festival

Programação faz aquecimento para a transmissão ao vivo do Festival de Gramado 2019



No mês de agosto, enquanto Gramado reúne o melhor do cinema brasileiro, o Canal Brasil relembra a história desse tradicional festival exibindo alguns dos seus grandes vencedores. A partir de 3/8, sempre aos sábados e domingos, na faixa das 20h30, vão ao ar respectivamente: “Como Nossos Pais”, “As Duas Irenes”, “Ferrugem”, “BR 716”, “O Silêncio do Céu” e “Benzinho”. Criado pela prefeitura local em 1973, com o intuito de promover o turismo na cidade da Serra Gaúcha, o Festival de Gramado acabou se tornando o mais importante fórum de discussões da produção audiovisual do país e uma interessante vitrine para cineastas apresentarem seus trabalhos antes de seus filmes ganharem o circuito comercial.


MOSTRA PREMIADOS EM GRAMADO
Estreia: Sábado, dia 3/8, às 20h30
Horário: Sábados e domingos, às 20h30



Como Nossos Pais (2017) (106’)
Horário: Sábado, dia 3/8, às 20h30
Classificação: 14 anos
Direção: Laís Bodansky
Sinopse: O filme mostra os diversos embates da vida de Rosa (Maria Ribeiro), uma jornalista de 38 anos cheia de conflitos familiares. O casamento com Dado (Paulo Vilhena), um antropólogo imerso em projetos ligados a causas ambientais e indígenas, está prestes a ruir. O trabalho também não lhe traz qualquer prazer e ela amarga um emprego sem perspectivas e méritos enquanto sonha em escrever uma peça de teatro, sua grande paixão profissional. O relacionamento com os pais, divorciados, também é tumultuado; as brigas com a mãe, Clarice (Clarisse Abujamra), são frequentes, com o pai, Homero (Jorge Mautner), ela tem mais afinidade. O estopim para a crise acontece no momento da descoberta da infidelidade da matriarca e da revelação que seu verdadeiro pai é Roberto Nathan (Herson Capri), um poderoso ministro do governo brasileiro.



As Duas Irenes (2017) (90’)
Horário: Domingo, dia 4/8, às 20h30
Classificação: 14 anos
Direção: Fabio Meira
Sinopse: Os dilemas da adolescência como descoberta da sexualidade, mudanças no corpo, conflitos de geração, visões de futuro e brigas escolares são assuntos do primeiro longa-metragem do diretor Fabio Meira. O filme expõe conflitos recorrentes à idade e adiciona mais um drama à vida de uma adolescente comum do interior do país: a revelação de um segundo núcleo familiar por parte do pai. Atores experientes como Marco Ricca, Inês Peixoto e Teuda Bara contracenam com as iniciantes protagonistas Priscila Bittencourt e Isabela Torres.



Ferrugem (2018) (99’)
Horário: Sábado, dia 10/8, às 20h30
Classificação: 14 anos
Direção: Aly Muritiba
Sinopse: Tati (Tifanny Dopke) é uma adolescente comum e, assim como as demais amigas de sua idade, adora compartilhar sua rotina nas redes sociais. Em uma viagem com os colegas da classe, ela começa um flerte com Renet (Giovanni de Lorenzi), um menino reservado, filho de Davi (Enrique Diaz), um dos professores do colégio em que estuda. Após o primeiro e esperado beijo com o rapaz, a jovem percebe ter perdido o celular e, mesmo após esforços coletivos, não o recupera. Alguém, no entanto, encontrou o aparelho e divulgou um vídeo íntimo da jovem gravado com o ex-namorado. Rapidamente, sem qualquer pista de como tudo ocorreu, a protagonista percebe que todos os discentes do lugar assistiram à filmagem, começando uma onda de bullying espalhada com a costumeira velocidade dos conteúdos na grande rede.



BR 716 (2016) (90’)
Horário: Domingo, dia 11/8, às 20h30
Classificação: 14 anos
Direção: Domingos Oliveira
Sinopse: Na intensa boemia carioca nos anos 1960, o engenheiro e aspirante a escritor Felipe (Caio Blat) leva uma vida regada aos prazeres do álcool, em festas alucinantes realizadas no apartamento que herdou do pai, na famosa rua Barata Ribeiro, em Copacabana. Lá, ele e seus amigos desfrutam de tudo que a liberdade pode oferecer, mesmo em meio a um momento político complicado.



O Silêncio do Céu (2016) (102’)
Horário: Sábado, dia 17/8, às 20h30
Classificação: 16 anos
Direção: Marco Dutra
Sinopse: Diana (Carolina Dieckmann) carrega consigo um grande trauma: ela foi vítima de um estupro dentro da própria casa. Mas ela prefere esconder o caso e não contar para ninguém. Mario (Leonardo Sbaraglia), seu marido, também tem seus próprios segredos - mistérios que, ocultos, estão matando aos poucos a relação do casal.



Benzinho (2018) (108’)
Horário: Domingo, dia 18/8, às 20h30
Classificação: 12 anos
Direção: Gustavo Pizzi
Sinopse: Primogênito de uma família de classe média, Fernando (Konstantinos Sarris) é arqueiro do time de handball do colégio. Prestes a disputar a partida mais importante de sua vida, ele é convidado para treinar e estudar na Alemanha. A proposta, irrecusável para um garoto que sonha em se tornar jogador profissional, insere Irene (Karine Teles), sua mãe, em uma espiral de sentimentos confusos, um misto de felicidade pelo desejo do filho, mas de tristeza por sua iminente partida. Paralelo a isso, ela precisa lidar com a perspectiva de falência do negócio do marido, Klaus (Otávio Müller), o funcionamento da decadente casa – onde mora com o companheiro e seus outros três – e a dificuldade para gerenciar os bicos feitos com a irmã, Sônia (Adriana Esteves), vítima do comportamento agressivo do marido, Alan (César Troncoso)

Fonte: Thais Farias - Palavra Assessoria em Comunicação 

SHARE THIS

0 comentários:

Imprensa (3)(4)