Our social:

domingo, 25 de março de 2018

‘SEVERINA’ ESTREIA NOS CINEMAS NO DIA 12 DE ABRIL

Longa dirigido e escrito por Felipe Hirsch e produzido pela RT Features chega às telonas de mais de 20 cidades através do projeto Sessão Vitrine Petrobras

Dirigido por Felipe Hirsch e produzido pela RT Features, o longa-metragem “Severina” estreia nos cinemas no dia 12 de abril, dentro do projeto Sessão Vitrine Petrobrás, onde será exibido em um circuito de mais de 20 cidades (mais informações no serviço abaixo), com pré-estreias especiais e debates com o realizador.

O filme conta a história de um livreiro melancólico e aspirante a escritor (Javier Drolas), que tem sua rotina abalada pelas aparições e desaparições de sua nova musa, uma mulher misteriosa que rouba na sua livraria (Carla Quevedo). Logo, ele descobre que ela rouba nas livrarias de outros livreiros também. Então, ele começa a viver um delírio amoroso, na fronteira entre a ficção e a realidade.

Também assinado por Hirsch, o roteiro do longa foi baseado no original do escritor guatemalteco Rodrigo Rey Rosa e começou a ser produzido durante a criação de ‘Puzzle’, projeto teatral realizado especialmente para a Feira de Livro de Frankfurt (Alemanha), em 2013.

Rodado inteiramente no Uruguai e falado em castelhano, o filme - que teve suapremière mundial no festival de Locarno, na Suíça, em agosto de 2017 - traz no elenco os atores argentinos Javier Drolas, Carla Quevedo e Alejandro Awada, o chileno Alfredo Castro, e o uruguaio Daniel Hendler.

“O projeto me fez mergulhar no oceano de​ ​autores​ ​do continente onde vivo, e me envolver com eles, escrever com eles, e trabalhar com artistas de diversas áreas de toda a América Latina. E​ ​desse modo Severina foi feito: ​​entre uruguaios, argentinos, brasileiros, chilenos, guatemaltecos e, também, portugueses”, conta o diretor.

“‘Severina’ é um filme que tenho muito orgulho de ter produzido e que nos levou à seleção do Festival de Locarno. A junção do trabalho do Felipe como roteirista e diretor com uma equipe multicultural funcionou muito bem e temos como resultado uma obra sofisticada em termos de linguagem cinematográfica. É um filme que quando assisti pela primeira vez em uma tela de cinema me senti absorvido. E fico contente que ele esteja chegando agora ao circuito nacional através da Sessão Vitrine Petrobras”, complementa o produtor Rodrigo Teixeira.


Sinopse:

A vida de um livreiro, melancólico e aspirante a escritor, é abalada pelas aparições e desaparições de sua nova musa que rouba na sua livraria. Logo, ele descobre que ela rouba nas livrarias de outros livreiros também. Então, ele começa a viver um delírio amoroso, na fronteira entre a ficção e a realidade. No entanto, quanto mais se aproxima dela, mais indescritível ela se torna: Por que ela rouba e quais são seus valores? Quem é o homem mais velho com quem ela mora? O que é verdadeiro ou apócrifo nessa história? E, além disso, ele enfim conseguirá ocupar um lugar na vida dela, ao mesmo tempo em que se afasta de sua própria vida?

Nota do diretor:

Severina à primeira vista, claro, é um filme sobre livros. Comecei a escrever esse roteiro baseado no original de Rodrigo Rey Rosa (escritor guatemalteco amado por Bolaño e Paul Bowles) no meio do projeto sobre literatura brasileira que criamos para a Frankfurter Buchmesse em 2013 na Alemanha. Esse projeto ampliou e nesses últimos 5 anos tenho trabalhado em obras para o teatro (“A tragédia” e a comédia “Latino Americana”), cinematográficas (como “Severina” e um curta metragem ainda inédito), e até numa série escrita com 20 escritores latino americanos contemporâneos. Isso me fez mergulhar no oceano de autores do continente onde vivo, e me envolver com eles, escrever com eles, e trabalhar com artistas de diversas áreas de toda a América Latina. E desse modo “Severina” foi feito: entre uruguaios, argentinos, brasileiros, chilenos, guatemaltecos e, também, portugueses. A trilha sonora original do filme, por exemplo, foi composta pelo Arthur de Faria e envolveu 40 músicos de quatro cidades, em três países, e sim tem o Hugo Fattoruso tocando piano! Pela cidade, ouvimos Pedro Santos, Rubén Rada, Los Saicos e Jupiter Maçã.

Sobre o diretor:

Diretor de cinema e teatro, Felipe Hirsch é um dos fundadores da Ultralíricos, companhia na qual desenvolve experimentações cênicas que já lhe renderam diversos prêmios. Foi eleito pelo jornal O Globo como um dos pensadores mais influentes do Brasil. Em 2008, foi vencedor do Grammy pela direção do show "Homenagem a Tom Jobim". Seu primeiro filme, "Insolação", teve sua estreia no Festival de Veneza. Em 2013, Felipe lançou "A Menina Sem Qualidades", minissérie criada para a MTV, vencedora de diversos prêmios. No mesmo ano, anunciou a tetralogia Puzzle especialmente criada para a participação brasileira como Convidado de Honra da Frankfurter Buchmesse. Em 2016, Felipe Hirsch estende o trabalho para a América Latina e estreia A Tragédia e a Comédia Latino-Americanas, além de filmar Severina, seu segundo longa-metragem, com artistas de toda a América Latina.

RT FEATURES

Fundada e dirigida por Rodrigo Teixeira, a RT Features é uma produtora nacional e internacional de cinema e televisão, com base em São Paulo, Brasil. Dentre outras produções, seu currículo conta com os longas- metragens: O Abismo Prateado (2010),Tim Maia (2014), Alemão (2014) e o O Silêncio do Céu (2016). No exterior, a RT Features produziu os longas Frances Ha (2013), Love is Strange (2014), Indignation(2016) A Bruxa (2016). Em 2017, a RT Features esteve com duas produções internacionais Patti Cake$ A Ciambra (2017) na Quinzena dos Realizadores em Cannes, e com a coprodução internacional Severina (2017) no Festival de Locarno. Neste mesmo ano, a empresa produziu o novo projeto de James Gray com Brad Pitt:Ad Astra que se encontra em pós produção.

No início de 2018 estreou o primeiro longa de ficção da diretora Crystal Moselle, Skate Kitchen, no Festival de Sundance. A RT esteve também indicada aos principais prêmios do cinema com o filme de Luca Guadagnino, Call Me By Your Name (2017). Destacam-se as oito indicações no Critics' Choice Awards, o maior número de nomeações no Independent Spirit Awards, e as indicações ao 75º Globo de Ouro e ao 90º Academy Awards, onde foi premiado com o Oscar de melhor roteiro adaptado. No segundo semestre a RT irá produzir o novo filme de Robert Eggers, The Lighthouse, com Willem Dafoe e Robert Pattinson e no Brasil o novo longa de Karim Ainouz, A Vida Invisível.

Sobre a SESSÃO VITRINE PETROBRAS:

Projeto de distribuição coletiva criado pela Vitrine Filmes, e com o patrocínio da Petrobras, com o intuito de levar ao público um cinema de qualidade, expondo a diversidade da produção audiovisual contemporânea. Em 2018, a SESSÃO VITRINE PETROBRAS fica em cartaz permanentemente, com ingressos reduzidos de até R$ 12. Com um lançamento por mês e horários fixos em cinemas de mais de 20 cidades, com sessões diárias ou semanais, dependendo da demanda de cada praça. Os filmes ficarão em cartaz por no mínimo duas semanas em cada cidade. A intenção é que uma programação mensal e um horário fixo tornem-se um referencial e criem um público cativo.

Serviço:

Os ingressos são vendidos a preço reduzido, através da bilheteria ou “Cartão Fidelidade SESSÃO VITRINE PETROBRAS”, que poderá ser adquirido no site do projeto. Valor máximo do ingresso: R$ 12 (inteira) / R$ 6 (meia) – variando de acordo com a cidade.

Mais informações sobre a SESSÃO VITRINE PETROBRAS:
Instagram: http://www.instagram.com/vitrine_filmes/

Circuito:

Aracaju — Belém — Belo Horizonte — Brasília — Curitiba — Fortaleza — Goiânia — João Pessoa — Maceió — Manaus — Niterói — Palmas — Porto Alegre — Recife — Rio Branco — Rio de Janeiro — Salvador — Santos — São Luis — São Paulo — Teresina

Ficha Técnica:

SEVERINA (Brasil / Uruguai, 103 minutos).7

Direção e Roteiro: Felipe Hirsch
Produzido por Rodrigo Teixeira (RT Features)
Coprodução: Diego Robino (Oriental Features)
Produção Executiva: Raphael Mesquita, Ana Kormanski, Daniel Pech e Santiago López Rodríguez
Direção de Fotografia: Rui Poças
Baseado na obra de Rodrigo Rey Rosa
Elenco: Javier Drolas, Carla Quevedo, Alejandro Awada, Alfredo Castro e Daniel Hendler

Fonte: Paula C. Ferraz/ Sinny Assessoria e Comunicação.