Our social:

quarta-feira, 16 de agosto de 2017

INTOLERÂNCIA.DOC, DE SUSANNA LIRA, ESTREIA NESTA QUINTA (17/08) NO RIO


O documentário "Intolerância.doc", escrito e dirigido por Susanna Lira, estreia nesta quinta, dia 17 de agosto, no Rio de Janeiro. O longa selecionado para o Festival Internacional de Cinema Independente de Mar Del Plata, Mostra Dialogay, Mostra Internacional de Cine e Direitos Humanos, Festival Primavera do Cine em Vigo 2017, Festival do Rio 2016 e Circuito Universitário de Cinema 2016, é um mergulho no submundo dos chamados crimes de homofobia, torcidas organizadas e brigas de gangues na cidade de São Paulo. O filme mostra a jornada da equipe  da DECRADI, única delegacia especializada no assunto, em busca de pessoas que transformaram o discurso de ódio em assassinatos. Com a narrativa pontuada por revelações sobre as vítimas e uma imersão visual em São Paulo, o filme revela a complexidade da natureza desses crimes que estão se tornando cada vez mais comuns no Brasil. A Modo Operante Produções é a produtora do longa e GloboNews e Globo Filmes assinam a coprodução.

O documentário mostra personagens que foram vítimas de diferentes tipos de intolerância.Renata Peron é travesti e foi agredida na Praça da República por um grupo de jovens. Um deles usava uma bota com bico de metal que estourou o rim de Renata. A Delegada Margarete viu o caso no jornal, buscou Renata e a convenceu a fazer o BO. Mas infelizmente os agressores nunca foram encontrados e o Estado recusou o pedido de indenização. Johni Raoni era um dos ícones punk de São Paulo e morreu esfaqueado, durante uma briga com Neonazis, no dia 3 de setembro de 2011, na saída de um show. Segundo entrevista da mãe de Johni, o rapaz teve tempo de dizer o nome do acusado Guilherme Louzada, conhecido como Treze, como autor da última facada. O adestrador de cães Edson Neris foi espancado até a morte em 6 de fevereiro de 2000, na Praça da República, por andar de mãos dadas com Dário Pereira Netto, por 18 skinheads do grupo Carecas do ABC. A condenação de dois dos acusados por intolerância sexual foi a primeira no Brasil e, como resposta a esse tipo de crime, foi criada a DECRADI.
Já o palmeirense André Lezo foi morto em 2012 por integrantes da Gaviões da Fiel, numa briga envolvendo cerca de 300 pessoas, como vingança pela morte do corinthiano Douglas, que foi encontrado morto no rio Tietê em 2011. André, o gêmeo Tiago e o irmão mais velho Lucas foram acusados de envolvimento na morte do Douglas. Em janeiro de 2015, Felipe Dime foi morto aos 23 anos, após ser espancado até a morte por um grupo de palmeirenses. Segundo o delegado Mario Sérgio, Delegacia de Polícia de Repressão aos Delitos de Intolerância Esportiva - DRADE, a morte de Dime foi uma forma da torcida organizada do Palmeiras vingar a morte de André Lezo. A morte de André e Felipe, são pontos de uma guerra entre as duas torcidas que, segundo os investigadores da Drade, está longe de acabar.

Sinopse
Intolerância.doc mostra a jornada da equipe da Delegacia de Crimes de Intolerância em busca de pessoas que transformaram o discurso de ódio em assassinatos cruéis. Com a narrativa pontuada por revelações sobre as vítimas e uma imersão visual no underground de São Paulo, o filme revela a complexidade da natureza desses crimes que estão se tornando cada vez mais comuns no Brasil.
Ficha técnica
85 minutos - Longa metragem - Documentário
Direção e Roteiro: Susanna Lira
Assistência de Direção e Roteiro: Muriel Alves
Produção Executiva: Sabrina Bitencourt
                                    Susanna Lira
Produção: João G. Joannou
Direção de Fotografia: Jorge Bernardo
Animações: Daniel Sake
Montagem: Paulo Mainhard
Som direto e Finalização de Som: Tito Gomes
Trilha Sonora: Audionetwork
Musica Original: Tito Gomes
Produção: Modo Operante Produções
Coprodução: GloboNews e Globo Filmes
Circuito RJ
Cine Jóia - 13h40 (Exceto domingo e 2a)
Estação NET Botafogo 2 - 19h10

Fonte: Julia Moura/ Primeiro Plano Assessoria de Imprensa

Imprensa (2)Trailer/Divulgação

Imprensa (3) Teaser Trailer

Popular Posts

Google+ Followers