Our social:

domingo, 23 de julho de 2017

Documentário sobre Timor-Leste é destaque na programação de filmes da TV BRASIL (24 a 29 Julho)

Na segunda (24), às 23h, o documentário “A Criança Roubada” registra o reencontro entre crianças raptadas no Timor-Leste pelo governo indonésio.

___________________________________________________________________
Segunda-feira, 24 de julho
A Criança Roubada”
23h, na TV Brasil

Documentário "A Criança Roubada" mostra o reencontro de crianças cristãs que foram raptadas no Timor-Leste durante ocupação da Indonésia, de 1975 a 1999.
A produtora Bety Reis foi levada por um soldado indonésio quando tinha três anos de idade. Sua família a procurou e conseguiu encontrá-la e salvá-la. Contudo, mais de quatro mil crianças timorenses não foram encontradas.
As crianças eram tiradas de suas famílias por soldados, por civis ou por oficiais do governo (inclusive pelo então presidente da Indonésia, Suharto). A Indonésia tinha por objetivo tornar o Timor-Leste muçulmano e indonésio.
José Abdul Rahman foi uma das crianças levadas para a Indonésia, em 1979, quando tinha nove anos de idade. Primeiro filme a contar a história dessa geração, "A Criança Roubada" acompanha o retorno de José para o Timor-Leste, com sua esposa e três filhas, depois de 35 anos.
O documentário registra a reunião das crianças, agora homens e mulheres, com as suas famílias em Timor-Leste. E estabelece a forma como essas reencontros são fundamentais para o país se curar e se reconciliar com o passado. 
Inédito. Ano: 2016. Gênero: Documentário. 56 min.

_______________________________________
Quarta-feira, 26 de julho
Barra 68 – sem perder a ternura”
23h, na TV Brasil

O documentário “Barra 68 – sem perder a ternura” mostra a luta de Darcy Ribeiro no início dos anos 1960 para criar e implantar a Universidade de Brasília.
A produção resgata as repetidas agressões sofridas pela UnB, desde o golpe de 1964 até os acontecimentos de 1968, quando tropas militares ocuparam o campus, prendendo e atirando nos estudantes, sendo que 500 deles foram presos numa quadra de esportes. A crise culmina no Ato Institucional nº 5, o AI-5, que fechou o Congresso Nacional.
Narrado por Othon Bastos, o filme conta com depoimentos de Oscar Niemeyer, Roberto Salmeron, Jean-Claude Bernardet, Ana Miranda, Marcos Santilli, Cacá Diegues, José Carlos de Almeida Azevedo e familiares de Honestino Guimarães.
O longa, de Vladimir Carvalho, foi premiado nos festivais de Brasília, Fortaleza e Recife.
Ano: 2001. Gênero: documentário. Direção: Vladimir Carvalho. Narração: Othon Bastos. Entrevistados: Oscar Niemeyer, Roberto Salmeron, Jean-Claude Bernardet, Ana Miranda, Marcos Santilli, Cacá Diegues, José Carlos de Almeida Azevedo.
Inédito. 82 min. Classificação Indicativa: 12 anos
_____________________________________________
Quarta-feira, 26 de julho

O Universo de Karin Lambrecht
0h30, na TV Brasil
Documentário revê o processo criativo e a obra da pintora, desenhista, gravadora e escultora brasileira. As páginas que vão sendo escritas e a montagem de um trabalho em processo conduzem o espectador pelos temas, reflexões e poética da produção artística de Karin Lambrecht.
Vencedor do Prêmio Funarte 2014 e dirigido por Hopi Chapman, "O Universo de Karin Lambrecht" reúne depoimentos da artista, de amigos, críticos, colecionadores e curadores.
Ano: 2015. Gênero: Documentário: Direção: Hopi Chapman e Karine Emerich.
Reprise. 27 min.
___________________________________________________________

Sábado, 29 de julho
Festival Mazzaropi – “Meu Japão Brasileiro”
16h, na TV Brasil

Em uma comunidade rural nipo-brasileira, Mazzaropi é um agricultor chamado Fofuca que enfrenta a exploração descarada do Sr. Leão, responsável por intermediar os negócios entre os produtores e o comércio na cidade.
Após muito penar em suas mãos, Fofuca articula com os camponeses a formação de uma cooperativa agrícola. Mas Leão e seus filhos não veem com bons olhos essa iniciativa e vão fazer de tudo para impedir que Fofuca e seus amigos se deem bem nesse Japão brasileiro.
Ano de estreia: 1965. Gênero: comédia. Direção: Glauko Mirko Laurelli, com Amácio Mazzaropi, Geny Prado, Célia Watanabe, Zilda Cardoso, Carlos Garcia, Reynaldo Martini, Adriano Stuart Elk Alves, Francisco Gomes, Judith Barbosa, Bob Junior, Ivone Hirata, Luiz Tokio, Luzia Yoshigumi.
Reprise. 102 min. Classificação Indicativa: Livre.

Fonte: Ricardo Ribeiro/ TV BRASIL - Comunicação.

Imprensa (2)Trailer/Divulgação

Imprensa (3) Teaser Trailer

Popular Posts

Google+ Followers