Our social:

segunda-feira, 22 de maio de 2017

Tatá Werneck e Cauã Reymond desvendam crimes bizarros em 'A Dupla'

Filme dirigido por Marcus Baldini e produzido pela Biônica Filmes e Paris Entretenimento
está sendo rodado no interior do Rio de Janeiro

Começaram em Vassouras, no Estado do Rio de Janeiro, as filmagens da comédia A Dupla, produzida pela Biônica Filmes e Paris Entretenimento e dirigida por Marcus Baldini, diretor dos sucessos de público Bruna Surfistinha e Os Homens São de Marte... E é Pra Lá Que Eu Vou. O filme é protagonizado por Tatá Werneck (TOC - Transtornada, Obsessiva, Compulsiva) e Cauã Reymond (Reza a Lenda). O roteiro é assinado por Ana Reber e Leandro Muniz, com colaboração de Tatá Werneck, Fernando Fraiha e Daniel Furlan.
No longa, Tatá Werneck e Cauã Reymond vivem Keyla e Claudio, dois policias que não têm nada em comum, mas precisam unir forças para desvendar uma série de assassinatos na cidade fictícia de Joinlandia, no interior do país. Claudio é um subdelegado acostumado à vida pacata e que passa mal nas cenas dos crimes. Já a experiente investigadora Keyla, enviada do Rio de Janeiro, não tem medo de nada e acha que é capaz de resolver o mistério sozinha.
  
Estrelando seu quarto longa-metragem Tatá Werneck fala sobre seu primeiro trabalho com Cauã Reymond: "Sempre quis trabalhar com o Cauã. Adoro vê-lo em cena e descobri a alegria que é estar com ele fora de cena também. Já sei que seremos amigos de longa data. E está sendo maravilhoso vê-lo brilhante fazendo comédia, um lugar onde não estamos acostumados a vê-lo. Estou aprendendo muito com ele. Estamos adorando", conta Tatá. "Há muito tempo tinha o desejo de me desafiar e me exercitar em um gênero que não domino, por isso este encontro não poderia ter sido mais feliz. Tatá é rápida, tem um tempo de comédia impressionante, é uma mestra do ofício. Acho que o público vai se divertir nos cinemas tanto quanto eu tenho me divertido nas filmagens", acredita Cauã.
"O encontro de dois atores diferentes e talentosos é uma força desse projeto. Acredito que isso vai trazer um charme especial ao filme, junto com a linguagem que brinca com os clichês de filmes de investigação e suspense", conta o diretor Marcus Baldini. No elenco, estão ainda Louise Cardoso, como Marlize, a mãe-coruja de Claudio. Ary França vive o delegado fanfarrão Moacyr, Alejandro Cleveaux é o legista Augusto e Daniel Furlan (La Vingança) interpreta o playboy Dado. O longa conta também com as participações especiais de Augusto Madeira, George Sauma e Luciana Paes.
A Dupla terá sequências rodadas no Estado do Rio de Janeiro durante quatro semanas, com locações em Vassouras e Barra do Piraí. "Estamos muito felizes com o filme. Tatá e Cauã estão ótimos e Vassouras nos recebeu de braços abertos. A região é muito cinematográfica", afirma Bianca Villar, responsável pela Biônica Filmes, que assina a produção de longas como TOC - Transtornada, Obsessiva, Compulsiva, Reza a Lenda e Os Homens São de Marte...E é Pra Lá Que Eu Vou. A coprodução é da Paramount Pictures, com distribuição da Paris Filmes e Downtown Filmes. O filme tem previsão de estreia para dezembro de 2017.
Sinopse:
Keyla (Tatá Werneck) e Claudio (Cauã Reymond) são dois policiais que não têm nada em comum, mas se veem obrigados a trabalhar juntos na pacata cidade de Joinlandia. Ela é uma investigadora competente que acha que pode resolver tudo sozinha. Ele é um subdelegado boa praça e nada eficiente. Os dois vão formar uma dupla improvável e juntos, tentar capturar um habilidoso assassino em série.
Elenco:
Keyla - Tatá Werneck
Cláudio - Cauã Reymond
Marlize - Louise Cardoso
Moacir - Ary França
Augusto - Alejandro Cleveaux
Dado - Daniel Furlan
André - Augusto Madeira
Cesinha - Gabriel Godoy
Rosa Paiva - Valentina Bandeira
Priscila - Priscila Steiman
Luís - Pedroca Monteiro
Lúcia - Luciana Paes
Angelo - George Sauma
Heitor - Caito Mainier
Ficha Técnica:
Uma produção Biônica Filmes e Paris Entretenimento
Coprodução:  Paramount Pictures
Distribuição:  Paris Filmes e Downtown Filmes
Direção:  Marcus Baldini
Produção:  Bianca Villar, Fernando Fraiha, Karen Castanho, Marcio Fracarolli e Sandi Adamiu.
Roteiro:  Ana Reber e Leandro Muniz, com colaboração de Tatá Werneck, Fernando Fraiha e Daniel Furlan
Produção Executiva:  Bianca Villar
Direção de Fotografia: Rodrigo Monte
Direção de Arte: Rita Faustini
Figurino:  Leticia Barbieri
Montagem: Danilo Lemos
Trilha Sonora:  Plinio Profeta
Marcus Baldini | Diretor
Idealizador e diretor do filme "Bruna Surfistinha" (2011), grande sucesso de bilheteria dos cinemas brasileiro, com mais de 2,5 milhões de espectadores e 11 indicações na Academia Brasileira de Cinema.
Entre seus outros trabalhos estão a direção geral da série “PSI” (2014), para o canal HBO, indicada ao International Emmy Awards 2015 nas categorias de Melhor Série Drama e Melhor Ator. A direção do longa "Os Homens São de Marte e é Pra Lá Que Eu Vou", grande sucesso de bilheteria no ano de 2014, com mais de 2 milhões de espectadores no cinema e premiado Melhor Filme de Comédia de 2015 no Grande Prêmio do Cinema Brasileiro e na Academia Brasileira de Cinema. Foi codiretor da série "Natalia" (2010) para a TV Brasil e dirigiu dois episódios da série "Preamar" (2012) para a HBO Latin America. Atualmente, trabalha na finalização de seu próximo longa-metragem, "O Homem Perfeito" com Luana Piovani, Marco Luque, Sergio Guizé e Juliana Paiva e distribuição da Downtown Filmes.
Formado em Rádio e TV pela Escola de Comunicação e Artes (ECA-USP) em 1998, iniciou sua carreira no departamento de chamadas comercias da MTV Brasil. Depois de algum tempo como montador, torna-se diretor realizando videoclipes e centenas de comerciais. Recebeu prêmios nos principais festivais de propaganda do mundo como Londres, Nova York, FIAP e Brasil.
Biônica Filmes | Produtora
A Biônica Filmes nasceu em 2012 com o objetivo de produzir filmes que, independente do gênero, abordassem questões relevantes do nosso tempo e tivessem excelência de produção. Bianca Villar foi sócia da Drama Filmes por 12 anos, produziu diversas obras aclamadas pela crítica, com reconhecimento em festivais internacionais com destaque para "O Invasor”,  de Beto Brant, ganhador do prêmio de Melhor Filme Latino-americano no Festival de Sundance em 2002 e é considerada uma das principais produtoras do país. Ao fundar a Biônica, sua intenção era continuar produzindo obras significativas porém com maior poder de comunicação com o público e ciente do desafio que teria pela frente, convidou Karen Castanho, responsável pela estruturação, captação de recursos e seleção de projetos dos primeiros FUNCINES e Fernando Fraiha, diretor e roteirista com foco no desenvolvimento de projetos e pós produção.  Produziu  “PSI” (2014), para o canal HBO, indicada ao International Emmy Awards 2015 nas categorias de Melhor Série Drama e Melhor Ator,  "Os Homens São de Marte e é Pra Lá Que Eu Vou", grande sucesso de bilheteria no ano de 2014, com mais de 2 milhões de espectadores no
Produziu a série Em 2017, a produtora lançou a comédia "TOC -Transtornada, Obsessiva, Compulsiva", protagonizada por Tatá Werneck. Seu próximo longa será "Pedro", de Laís Bodanzky, com Cauã Reymond interpretando Dom Pedro I, filmado no Brasil e em Portugal.
Paris Entretenimento | Produtora
A Paris Entretenimento foi criada em 2014 por profissionais de grande experiência no mercado cinematográfico, que se uniram para produzir filmes de qualidade e séries de televisão com uma visão inovadora.
Em seus primeiros anos de funcionamento, a Paris Entretenimento tornou-se responsável por grandes sucessos de bilheteria, como "Carrossel – O Filme" e "Carrossel 2 – O Sumiço de Maria Joaquina" que, juntos, foram vistos por mais de 5 milhões de espectadores. Esses filmes ficaram, respectivamente, em quarto e terceiro lugares no ranking de produções brasileiras mais vistas de 2015 e 2016.
As mais recentes produções da Paris Entretenimento são "Um Namorado Para Minha Mulher" (2016), com Ingrid Guimarães, Caco Ciocler e Domingos Montagner, e "Internet – O Filme" (2017), longa estrelado por YouTubers brasileiros e grande elenco. Para o segundo semestre de 2017, a Paris tem agendadas as estreias de "Meus 15 Anos", drama teen com Larissa Manoela, "Detetives do Prédio Azul", adaptação cinematográfica do sucesso infantil do canal Gloob, e "O Doutrinador", série baseada na HQ homônima que será exibida pelo canal Space. Atualmente, a produtora tem mais de dez projetos em desenvolvimento, entre eles longas-metragens, séries de televisão e documentários.
Paris Filmes | Distribuidora
A Paris Filmes é uma empresa brasileira que atua no mercado de distribuição e produção de filmes, primando pela alta qualidade cinematográfica. Além de ter distribuído grandes sucessos mundiais, como o premiado "O Lado Bom da Vida", que rendeu o Globo de Ouro® e o Oscar® de Melhor Atriz a Jennifer Lawrence em 2013 e "Meia-Noite em Paris", que fez no Brasil a maior bilheteria de um filme de Woody Allen, a distribuidora tem também em sua carteira os maiores sucessos do cinema nacional, como as franquias "De Pernas Pro Ar" e "Até Que a Sorte nos Separe". Nos últimos anos, a Paris lançou o vencedor do Grande Prêmio do Júri em Cannes 2013, "Inside Llewyn Davis – Balada de um Homem Comum", dos irmãos Coen; o aclamado "O Lobo de Wall Street", de Martin Scorsese, "Mapas Para as Estrelas", de David Cronenberg (Melhor Atriz no Festival de Cannes – Julianne Moore); a primeira adaptação animada da obra-prima de Antoine de Saint-Exupéry, "O Pequeno Príncipe"; e as continuações A Série Divergente: "Insurgente" e o esperado final de Jogos Vorazes em "A Esperança – O Final". Em 2016, os indicados ao Oscar® "Brooklin" e "O Lobo do Deserto"; o terceiro capítulo da série Divergente, "Convergente", "Truque de Mestre – O 2º Ato" e sucessos do cinema argentino como "Kóblic", com Ricardo Darín, foram os grandes destaques; assim como a biografia do lutador José Aldo em "Mais Forte Que o Mundo". Produzidos pela Paris Entretenimento, há ainda "Um Namorado Para Minha Mulher" e "Carrossel 2 – O Sumiço de Maria Joaquina". Em 2017, a empresa está à frente de lançamentos como "La La Land – Cantando Estações", grande vencedor da 74ª edição do Globo de Ouro, com 7 estatuetas incluindo Melhor Filme de Comédia ou Musical, "Power Rangers", "Internet – O Filme", entre outros.
Downtown Filmes | Distribuidora
Fundada em 2006 a Downtown Filmes é a única distribuidora dedicada exclusivamente ao cinema brasileiro. Desde de 2011, ocupa a posição da distribuidora número 1 no ranking de filmes nacionais. De 2013 até hoje, vendeu mais de 50% de todos os ingressos de filmes brasileiros lançados. Até Janeiro de 2017 a Downtown Filmes lançou 97 longas nacionais, que acumularam mais de 95 milhões de ingressos.
Fonte: Julia Moura/Primeiro Plano Assessoria de Imprensa

Imprensa (2)Trailer/Divulgação

Imprensa (3) Teaser Trailer

Popular Posts

Google+ Followers