Our social:

segunda-feira, 1 de agosto de 2016

Galeria Homegrown Ipanema lança a exposição “The art of mixing”, com obras de artistas japoneses



A partir de 4 de agosto, a marca esportiva japonesa Onitsuka Tiger leva à Galeria Homegrown Ipanema a exposição “The art of mixing”, dos artistas embaixadores da marca Luísa MatsushitaAtsuo NakagawaTiti Freak e Felipe Suzuki. Na exposição, os artistas exibem obras inéditas em diversos formatos e que inspiraram o desenvolvimento da primeira colaboração brasileira da marca.  O evento, além de exibir as obras, pretende celebrar o lançamento global da campanha “The art of mixing, projeto que mostra a mistura entre Brasil e Japão através do universo das artes visuais.

Os artistas embaixadores foram convidados para desenvolver uma colaboração inédita de tênis e camisetas unissex Onitsuka Tiger. A campanha apresenta, em vídeos e fotos, a ligação dos quatro artistas com os dois países, além do processo criativo para o desenvolvimento de cada produto.

"Quando voltei para o Brasil, em 2013, trouxe comigo uma tríptico - conjunto de três pinturas unidas por uma moldura tríplice - que havia feito em Osaka e estava guardada, nunca havia sido exposta. Com o convite da Onitsuka Tiger para a criação do tênis, me veio em mente esta arte que havia feito, pois nela também estão as minhas vivências de uma transição de duas culturas: Brasil e Japão. Tanto materialmente quanto na própria pintura, a arte carrega um certo ar natural que liga as duas culturas, podendo ser um tanto tropical, como também um tanto misterioso. A natureza e o urbano também estão presentes nesse tênis como em nossas culturas", conta Titi Freak, um dos artistas embaixadores.

O objetivo, além de celebrar mundialmente a conexão entre Brasil e Japão, é destacar o hibridismo presente na cultura e nos valores brasileiros, já que, depois de 104 anos da imigração, o Brasil absorveu muitos hábitos japoneses e também é, atualmente, a maior comunidade nipônica fora do Japão. 

“A Onitsuka Tiger, marca originalmente japonesa, cria uma campanha mundial que tem o Brasil como protagonista, já que os olhos de todo o mundo estarão voltados para o país no mês de agosto”, afirma Eduardo Rodrigues, gerente de marketing da Onitsuka Tiger.

A Galeria Homegrown, espaço que também abriga a loja física, terá todo o visual da campanha e, além das obras, traz os quatro modelos de tênis da colaboração com os artistas: Califórnia 78, Colorado Eighty-Five, Lawnship Mexico Delegation. Os modelos estarão disponíveis nas numerações entre 36 a 44. Além dos tênis exclusivos, haverá ainda uma linha de camisetas unissex. A mostra fica em cartaz até 31 de agosto.

Sobre os artistas

Luísa Matsushita nasceu em Campinas, interior de São Paulo e já colaborou na criação com marcas de moda e tornou-se mundialmente conhecida como Lovefoxxx, vocalista da banda indie Cansei de Ser Sexy. Dedicando-se desde o início de 2014 à pintura, fez sua primeira exposição individual em Oakland, Califórnia, na galeria Percy On Broadway. Em 2015 partiu para uma residência artística na Amazônia onde desenvolveu sua primeira exposição individual no Brasil. “ELA”, exposição em homenagem à floresta e uma reflexão poética sobre feminilidade e sustentabilidade, foi exibida na Galerie l’Amazonie. Hoje trabalha em seu novo estúdio no centro de São Paulo desenvolvendo pinturas. 

Atsuo Nakagawa saiu do Japão e se fixou-se no Brasil e, hoje, é considerado um dos artistas de maior relevância no universo street art do país. Começou sua produção em Kyoto, cidade natal, fazendo modelos de manequim na produção de targets para a Universal Studios. Em sua arte, une duas de suas maiores paixões: esculturas e monstros. Esta dupla também está presente no trabalho de seu maior ídolo, o norte-americano Ray Harryhausen, gênio da técnica de stop motion. “Jason e os Argonautas” (1963) e “Simbad contra o Olho do Tigre” (1977), filmes de Harryhausen, são até hoje grandes influências no trabalho de Atsuo. Em 2011, fez sua primeira exposição individual, intitulada “Eu Sou o Lobo”, na galeria Choque Cultural, em São Paulo.

Felipe Suzuki, nascido e criado em São Paulo, é pintor e estudou no Centro Universitário Belas Artes. Descendente de japoneses, sempre se arrisca para além de sua zona de conforto. Minimalismo e assepsia são algumas das características presentes em seu trabalho, que tem bastante referência nos estilistas japoneses Rei Kawakubo e Yohji Yamamoto.

Titi Freak: Hamilton Yokota, também conhecido como Titi Freak, é artista visual e nasceu em São Paulo. Desde criança foi muito envolvido com o desenho e aos 13 anos de idade começou a trabalhar com histórias em quadrinhos. Ilustrou páginas de HQs nacionais e internacionais durante sete anos.
Entre 1994 e 1995, começou a fazer ilustrações e animações independentes, expandindo seu interesse para as diferentes mídias, e com grande vontade de transformar e mostrar o seu traço. Em 1996, Titi Freak fez sua primeira pintura com tinta spray nas ruas.
Hoje, com um traço marcante de desenho e uma técnica muito variável de pintura, suas obras traduzem momentos pessoais, sentimentos, caos, sonhos, formas abstratas em movimentos, suas culturas pessoais e a natureza.  T*Freak fez exposições e pintou obras em Londres, Madrid, Paris, Tokyo, Osaka, New York, Los Angeles, Vancouver, Berlin, Amsterdam, e no MASP, em São Paulo.

Sobre a Onitsuka Tiger

Mais de 60 anos após o fundador Kihachiro Onitsuka (1918-2007) começar a desenhar o épico modelo OT BASKETBALL SHOE em uma pequena loja em Kobe no Japão, a Onitsuka Tiger tornou-se a marca original de moda esportiva japonesa que é hoje: criativa, empática e positiva. A atual identidade da marca foi ideia de seu fundador que, com sua criatividade, senso de responsabilidade social e olho para detalhes da vida em cada produto, trabalha com tradições e materiais japoneses refinados, reunidos em desenhos originais e através da fusão do artesanato do Oriente com o sedutor estilo de design urbano do Ocidente.

Desde o relançamento da marca em 2001, cada novo produto da Onitsuka Tiger tem sido o resultado da evolução de uma mentalidade criativa executada por Kihachiro Onitsuka. Sua ambição em fazer os melhores produtos, resultou em orgulhosos ícones esportivos com uma alma alegre e criativa. Em 2003, a primeira loja especializada da Onitsuka Tiger abriu em Tóquio e atualmente há dezenas de lojas espalhadas pelo mundo em cidades, como Amsterdã, Paris, Londres e Tóquio.

Sobre a Galeria Homegrown
A Galeria Homegrown Ipanema, que completou 10 anos, faz parte do cenário contemporâneo da Arte Urbana nacional. Promove exposições frequentes, sendo o espaço pioneiro a impulsionar a street art na cidade e uma das principais deste segmento no Brasil, já tendo realizado mais de 100 apresentações.
Desde 2006, promove exposições de artistas de diferentes segmentos como: grafiteiros, artistas plásticos, ilustradores, fotógrafos, designers e tatuadores; por onde passam, em cada edição, entre 500 e 700 pessoas. Nomes como Antônio Bokel, Gais Ama, Flavio Samelo, Mateu Velasco, Fefe Talavera, Marcelo Ment, Titi Freak, Mark Miner e João Lelo, além de artistas de Brasília, São Paulo e outros países como Argentina, Peru, México, Suíça, Holanda, Estados Unidos e até do Japão já expuseram na galeria.
Por toda essa dedicação e trabalho de curadoria, conquistou o respeito, o reconhecimento e a admiração da cena e dos admiradores de street art, ganhando destaque em diferentes mídias e meios de comunicação.

Serviço:
The art of mixing
Período de exposição: 4 a 31 de agosto
Horário de visitação: segunda a sexta, das 10h às 20h, sábados e feriados, das 10h às 18h
Endereço: Rua Maria Quitéria, 68 – Ipanema – RJ
Telefone: (21) 2513 2160
Entrada Gratuita/ Classificação livre


FONTE: PRIMEIRO PLANO ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO/ Júlia Moura.

Imprensa (2)Trailer/Divulgação

Imprensa (3) Teaser Trailer

Popular Posts

Google+ Followers