Our social:

terça-feira, 13 de outubro de 2015

Festival Curta Cinema promove laboratório de projetos, workshop de direção e debates gratuitos


FESTIVAL ACONTECE DE 4 A 11 DE NOVEMBRO E TERÁ TAMBÉM UMA PROGRAMAÇÃO ESPECIAL PARA O PÚBLICO INFANTOJUVENIL

Para celebrar os seus 25 anos de história, o Festival Internacional de Curtas do Rio de Janeiro - Curta Cinema elaborou uma programação gratuita que dá uma prova da imensa diversidade que o formato curta-metragem é capaz de alcançar. De 4 a 11 de novembro, público carioca poderá conferir filmes que foram destaques nos principais festivais de cinema do mundo: Cannes, Veneza e Locarno. Além das exibições das mais de 280 produções nacionais e internacionais, o Festival promove atividades paralelas que não apenas colaboram para a democratização de acesso aos bens culturais, mas incentivam a produção de jovens profissionais utilizando o audiovisual como uma ferramenta de reflexão sobre o mundo e os valores que nos rodeiam.
As atividades paralelas têm como lema “Cultura para Todos” e, em torno dessa máxima são promovidas exibições de curtas infantojuvenis especialmente dirigidas para escolas nas “Sessões Escola”. Para o público jovem, o Curta Cinema proporciona a oportunidade de jovens do ensino médio participarem de um júri especial, o Júri Jovem. Já para jovens profissionais da área audiovisual o festival dedica atividades de capacitação como o Laboratório de Projetos de Curta-Metragem, na qual os projetos selecionados recebem consultoria de profissionais renomados; o Workshop de Direção, que estabelece uma troca de experiências entre um diretor de renome e estudantes de cinema; além de debates que estimulam a reflexão a cerca de temas que, ao se destacarem nos curtas recebidos pelo festival nesta edição, comprovam sua relevância para a sociedade como um todo.  Esse ano um dos debates refletirá sobre o diálogo entre sexualidade, gênero e artes audiovisuais enquanto o olhar estrangeiro do cineasta que transita entre o campo etnográfico e o cinema será o tema do segundo debate.
As “Sessões Escola” são compostas por programas de curtas voltados para o público escolar. Foram idealizados quatro programas para abarcar diversas faixas-etárias: Programa Infantil 1 (de 4 a 7 anos), exibido no dia 5 de novembro; Infantil 2 (de 8 a 12 anos) no dia 6 e 9 de novembro; Jovem 1 (de 12 a 15 anos) no dia 10 de novembro e Jovem 2 (a partir de 16 anos) no dia 11 de novembro. As sessões acontecerão gratuitamente no cinema Odeon às 13h e são abertas à participação do público infantojuvenil.
O Curta Cinema realiza pelo oitavo ano consecutivo o Júri Jovem. Proposta pioneira em um festival brasileiro,foi inspirada na experiência de sucesso do renomado Festival de Curtas de Clermont-Ferrand. Por meio de um processo de seleção aberto a estudantes do ensino médio, serão selecionados dez jovens para compor o júri. Além de receberem tratamento de honra, os jovens jurados serão responsáveis por conceder a premiação de Melhor Filme Nacional e Internacional segundo seus próprios critérios. As inscrições já estão abertas. Os interessados poderão se inscrever pelo site http://curtacinema.com.br/paralelas/jurijovem/ até o dia 26 de outubro.
O já tradicional Laboratório de Projetos de Curta-Metragem, acontece nos dias 5,6, e 7 de novembro no Centro Cultural da Justiça Federal. Iniciado em 1998 sob o formato de um workshop de roteiro, o Laboratório tem hoje o objetivo de proporcionar a novos realizadores a oportunidade de aprimorar seus projetos com a ajuda de profissionais de destaque no cenário cinematográfico brasileiro. O laboratório chega à sua 17ª edição tendo em sua banca Andrea Capella, Eduardo Morotó e Flavia Candida. Dos 12 projetos selecionados para participar da atividade, dois serão premiados no final do processo – um especialmente voltado para curtas filmados no Estado do Rio de Janeiro e outro que abrange o território nacional. A premiação consiste em serviços cinematográficos cedidos pelas empresas apoiadoras do festival que viabilizam a realização do curta-metragem. No dia 8 de novembro as 14h os projetos serão apresentados em uma sessão de pitching seguida por um workshop conduzido pela Carcará Filmes. Ambas atividades são abertas ao público e serão realizadas na sala de cursos. Para participar do laboratório é necessário inscrever o projeto através do site do festival até a meia-noite do dia 25 de outubro.
O CCJF também receberá a 15ª edição do Workshop de Direção do Curta Cinema, coordenado pelo diretor Allan Ribeiro, que por sua extensa carreira no formato curta-metragem é homenageado pelo festival com uma retrospectiva que exibirá todos os seus curtas, entre eles,: “O brilho dos meus olhos” (2006); “Ensaio de Cinema” (2009); “A Dama do Peixoto” (2011) e “O Clube” (2014). “Esse amor que nos consome” seu primeiro longa, fez parte da programação oficial de festivais renomados, angariando os prêmios de Melhor Montagem e Melhor Direção de Arte no 45º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro; Melhor filme (júri jovem) no 7º Panorama Internacional Coisa de Cinema de Salvador e Melhor Longa-Metragem no 19ºFestival Vitória Cine Vídeo. Após filmar seu segundo longa, "Mais do que eu possa me reconhecer" (2015),  em fase de lançamento,  o diretor se dedica à finalização da websérie "Noturnas".  O workshop será realizado nos dias 7 e 8 de novembro. Esta a atividade é especialmente voltada para estudantes e jovens profissionais da área audiovisual que devem realizar inscrição prévia no site do festival até às 18h do dia 4 de novembro. Sujeito à lotação da sala.
Sobre o Curta Cinema
O Festival Internacional de Curtas do Rio de Janeiro – Curta Cinema – desde 1991 tem sido uma das principais vitrines para o curta-metragem no país. A cada ano são exibidos cerca de 200 filmes dos mais diversos gêneros e nacionalidades. A programação consiste em mostras competitivas (nacional e internacional), panoramas regionais, programas temáticos e de gênero, além de focos especiais dedicados à produção de um país específico.
O Festival Curta Cinema 2015 – 25 anos é patrocinado pela Petrobras, pela Oi, pelo  Governo do Rio de Janeiro, Secretaria de Estado de Cultura e Lei Estadual de Incentivo à Cultura do Rio de Janeiro, e tem o copatrocínio da RioFilme.

Fonte: Agência Febre.

Popular Posts

Google+ Followers