Our social:

domingo, 7 de outubro de 2018

'Venon' estreia nos cinemas


Novo filme inspirado no personagem da Marvel, protagonizado por Tom Hardy, estreia em 1450 salas  em todo o país

Um misto de vilão e herói, assim é Venom, um monstro parasita que utiliza o corpo do jornalista Eddie Brock (Tom Hardy) como hospedeiro. Fundido ao corpo de Eddie, o alienígena simbiótico confere ao jornalista superpoderes, enquanto este vai influenciando o modo como àquele vê o nosso mundo. Assustador, implacável e, ao mesmo tempo, engraçado, Venom é um anti-herói carismático. Ele interfere na vida de Eddie Brock, quando o jornalista começa a investigar as atividades do notório fundador da Fundação Vida, Carlton Drake (Riz Ahmed). E, inclusive, em seu relacionamento com a namorada Anne Weying (Michelle Williams).


O personagem surgiu há trinta anos, na edição em HQ The Amazing Spider-Man#300,  e se tornou um dos mais populares da Marvel. Com presas enormes, dentes afiados e uma língua longa e sinuosa, Venom é assustador, espirituoso e possui umas tiradas muito engraçadas, mostrando certa empatia pelo seu hospedeiro Eddie. O produtor Avid Arad afirma que o filme vira o avesso as convenções de super-heróis:"Eddie Brock e Venom são dois indivíduos muito diferentes que, juntos, mudam as vidas um do outro. (...) Essa história é assustadora, intensa e engraçada pra caramba. Ela parece dura, sombria, mas também é leve e otimista, e se distancia de muitos filmes de super-heróis com uma história única. O  Eddie desperta o lado bom de Venom. E o Venom se torna a consciência do Eddie. É preciso que o mocinho e o vilão exerçam sua influência mútua um sobre o outro para que possam salvar todos nós."

O diretor Rubem Fleischer sabia que precisava de um ator talentoso que soubesse dar vidas às personalidades de Eddie e Venom. A escolha de Tom Hardy, indicado ao Oscar por O Regresso (2016), e Dunkirk (2017),  foi mais que acertada. Hardy é um dos atores mais versáteis e talentosos da atualidade, vencedor do  Critics Choice Awards como melhor ator de filme de ação por Mad Max: Estrada da Fúria (2015), além de premiado como melhor ator no British Independent Film por Legend (2015), um drama policial dirigido por Brian Helgeland. De acordo com Fleischer sobre Tom Hardy: "Ele é realmente inspirador. E acho que todos da equipe confiam plenamente na maneira como ele criou Eddie Brock. E além de tudo isso, o Tom é hilário, e era exatamente isso que precisávamos para trazer o Venom à vida para os espectadores".

O ator ficou empolgado em interpretar o personagem de HQ: "Venom é legal, cara - ele é foda. Meu filho estava me contando tudo sobre ele - ele ama o Venom. É um ótimo personagem para se interpretar, porque o Venom é implacável e, basicamente, não tem regras. Ele é muito complexo". De acordo com Hardy, a ideia da simbiose entre os personagens de Venom e Eddie Brocks proporciona uma riqueza psicológica a ser explorada na interpretação: "Havia muito espaço a ser explorado dentro da dinâmica psicológica desse filme de super-herói. E acho isso emocionante, porque trata-se de uma personalidade múltipla: um é um personagem humano e o outro é um alienígena. Eu contraceno com uma criatura de 2m de altura. E Eddie Brock tem que lidar com isso vivendo dentro dele. Os dois se fundem num só. 'Nós somos Venom' é o seu mantra."

Para interpretar o inimigo de Venom foi escalado o ator, rapper e ativista britânico, ganhador do Globo de Ouro, Riz Ahmed. Na pele do imoral Carlton Drake, o diretor da Fundação Vida, Ahmed interpreta um vilão sofisticado, que posa de cientista filantropo, mas na verdade é um criminoso complexo, um visionário sem escrúpulos. Para o ator, o personagem é o retrato de um pensador ambicioso, com recursos, fascinado com a exploração do mundo atual, mas que não vê limites para conseguir seu intento. 

Segundo Ahmed: "Carlton Drake é alguém que está olhando para a realidade da vida na terra e o que a sociedade humana fez ao planeta" (...) "Para ele, o futuro envolve a exploração espacial. Envolve tentar explorar formas de vida alienígena para que os humanos possam encontrar uma casa no espaço". (...) "Ele fica muito frustrado ao ver que Eddie Brock, um jornalista que tentou derrubá-lo, consegue se fundir com essas criaturas alienígenas divinas, conhecidas como simbiontes. Ele não considera Eddie digno, e o Carlton acha que ele deve ser o escolhido para nos levar ao próximo estágio da espécie humana. Ele está tentando encontrar um futuro para todos nós, mas, como sempre, resta a pergunta: quantos ovos você está disposto a quebrar para fazer uma omelete?"


A atriz Michelle Williams interpreta a ex-namorada de Eddie, a advogada Anne Weying. A atriz vibrou em contracenar com Tom Hardy. Segundo Wiiliams, "Não há nada que o Tom não possa fazer. Ele é absolutamente talentoso, mas é maravilhoso trabalhar com ele, porque ele é capaz de dar saltos ilógicos. É capaz de dar saltos que, de repente, levam você para um lugar dentro da cena totalmente diferente do que você jamais teria imaginado logicamente. É tão divertido e é tão libertador". 

O relacionamento entre Anne Weying e Eddie Brocks é marcado pela decepção, mas o amor ainda está ali, apesar da tensão constante entre os personagens. Segundo Williams: "Embora o ame, ela não pode mais suportar seu péssimo comportamento. Mas o amor realmente não acabou, e é isso que os conecta ao longo do filme". Conforme o produtor Avid Arad, sobre a personagem: "Anne está no cerne da nossa história. Ela não vai ceder nem desistir e vai fazer o que for preciso. Ela desejaria poder recuperar o Eddie não danificado e vê sinais disso acontecer". 

Outra personagem feminina de destaque na trama é a cientista Dora Skirth, interpretada por Jenny Slate. A personagem é a informante que denuncia Drake para Eddie. 


Venom é uma combinação de humano e alienígena, realizado totalmente em computação gráfica. Durante as filmagens, a equipe contou com um substituto de 2m de altura para usar um capacete com uma esfera de referência para que o elenco pudesse interagir com o personagem. No set, um ponto foi colocado no ouvido de Hardy para que somente ele pudesse ouvir as falas de Venom.

Com muitas cenas eletrizantes de ação, o longa diverte e chega a ser romântico, revelando algumas surpresas até o último minuto. O espectador deve esperar na sala de cinema até o final dos créditos para não perder nada do filme.

VENOM é uma realização da Sony Pictures, Columbia Pictures, em Associação com Marvel e Tencent Pictures, com produção de Avi Arad, Matt Tolmach e Pascal Pictures.  Estrelado por Tom Hardy, Michelle Williams, Riz Ahmed, Scott Haze e Reid Scott, com direção de Ruben Fleischer. Roteiro de Jeff Pinkner, Scott Rosenberg e Kelly Marcel. 

* Trechos de entrevista com diretor, produção e elenco foram extraídas do Pressbook do filme, disponibilizado pela Primeiro Plano Assessoria de Imprensa. 

Elisabete Estumano Freire.