Our social:

quinta-feira, 19 de outubro de 2017

'DESERTO' TEVE ESTREIA ADIADA PARA 02 DE NOVEMBRO

Dos mesmos criadores de GRAVIDADE, o filme é protagonizado por Jeffrey Dean Morgan e Gael Garcia Bernal

Dirigido por Jonas Cuarón, o eletrizante, DESERTO, teve estreia adiada para dia 02 de novembro. O filme acompanha Moises (Gael García Bernal) que junto a um grupo de pessoas, tenta atravessar a pé a fronteira do México com os Estados Unidos, buscando uma nova vida no Norte. No caminho eles se deparam com um solitário homem, Sam (Jeffrey Dean Morgan), que patrulha por sua própria conta a fronteira e se diverte em sua caça aos imigrantes. Todos terão de achar um jeito de sobreviver nessa paisagem incrivelmente brutal antes do deserto consumi-los.

Protagonizado por Gael García Bernal, Jeffrey Dean Morgan e Alondra Hidalgo e lançado no Festival de Toronto, o filme foi rodado ao longo de 10 semanas sob o sol escaldante do deserto de Baja California Sul. Não era raro haver desmaios do casting ao preparar as cenas de ação.

O personagem central interpretado por Jeffrey Dean Morgan (The Walking Dead) é um patrulheiro inspirado no Minutemen Project, uma espécie de milícia armada que se autoproclama vigiante da fronteira entre Estados Unidos e México, acertando com armas de longo alcance os imigrantes que tentam cruzá-la.
 
“Uma resposta cinematográfica ao discurso de Donald Trump”
CNN

Lançado pouco antes da eleição do novo presidente dos EUA, Jonas Cuarón diz: “Meu desejo foi criar um filme que envolvesse o público de uma forma visceral, que fosse uma experiência catártica, e que ao mesmo tempo permitisse refletir sobre um tema tão complicado como a imigração.”.

“O deserto não conhece nacionalidades, países nem fronteiras. Ali, todos são iguais, e são tantos os perigos que não conseguia tirar essa história da cabeça, precisava contá-la”, completa o diretor.

A inspiração para DESERTO surgiu durante uma viagem de Jonás Cuarón pelo Arizona, quando tinha 24 anos. Foi quando ouviu pela primeira vez a retórica de ódio contra os imigrantes. Ao consultar o pai sobre o conceito do filme que gostaria de fazer, o diretor Alfonso Cuarón se interessou especialmente pela narrativa que transforma o imigrante em herói. “De certa forma, eles são os verdadeiros heróis modernos”, disse.

O filme que levou sete anos para ficar pronto é o segundo longa dirigido por Jonás Cuarón, indicado ao Oscar pelo roteiro de Gravidade, teve como inspiração Encurralado, de Steven Spielberg; Um Condenado à Morte Escapou, de Robert Bresson e O Salário do Medo, de Henri-Georges Clouzot. Em entrevista ao El País, o diretor justifica a opção por poucos diálogos e muita ação: “Meu desejo era fazer um filme que prendesse o público na poltrona”.
 
“Rápido, primordial e implacável”
Variety
 
“Jonás colocou nas telas o que acontece quando alguém valida o discurso de ódio”, diz Gael para El País, lembrando que os norte-americanos tiveram dificuldades em digerir esse personagem. “Os Estados Unidos não estão acostumados com o papel de bandido do filme”.

Jonás Cuarón declarou que "Deserto é a versão “pés na terra” de Gravidade" em entrevista para o site do Globo de Ouro, perguntado sobre semelhança entre os dois filmes o diretor completa: A conexão existe sem sombra de dúvida. O curioso é que eu escrevi DESERTO primeiro, a primeira versão do roteiro tem mais de 8 anos, e na época pedi a opinião do meu pai. Quando leu,  disse: “quero fazer algo assim”. Ele gostou do conceito -  Como contar uma história sem diálogos convencionais e com 90 minutos de ação pura, mas que de uma maneira mais cinematográfica tocasse em muitos pontos relevantes. As duas têm um conceito parecido, mas como os ambientes são muito distintos, as histórias acabam sendo muito diferentes. Eu sempre digo que Gravity, por ser no espaço, acabou tocando em temas mais existenciais.  DESERTO é a versão ‘com os pés na terra’, abordando questões mais geopolíticas e atuais.”.


DESERTO

Título original: Desierto
Ano: 2015
Duração: 88 min.
País: México, França
Diretor: Jonas Cuarón
Produtor: Jonás Cuarón, Alfonso Cuarón, Carlos Cuarón, Alex García, Charles, Gillibert.
Productor executivo: David Linde,
Gael García Bernal, Nicolás Celis,
Santiago García Galván.
Fotografía: Damián García
Música: Woodkid
Elenco: Gael García Bernal, Jeffrey Dean
Morgan, Alondra Hidalgo
Gênero: Ação · Drama · Thriller

Fonte: Paula C. Ferraz/ Sinny Assessoria e Comunicação

Popular Posts

Google+ Followers