Our social:

terça-feira, 8 de dezembro de 2015

João Jardim ganha dobradinha no Curta! com exibição de ‘Pro dia nascer feliz’ e ‘Janela da Alma’


O diretor carioca João Jardim é o destaque do Curta! da semana com exibição de dois filmes de sucesso. Pela primeira vez no canal, estreia na programação “Pro Dia Nascer Feliz”, na Sexta da Sociedade, dia 11, com temática atual ao abordar a realidade escolar no momento em que algumas unidades são ocupadas por alunos paulistas em protesto à reestruturação proposta pelo governo. O longa traça um retrato de adolescentes, com suas angústias e inquietações, de três estados brasileiros diferentes e de classes sociais distintas e os observa, especialmente, na escola. Os professores também são ouvidos no documentário e nos oferecem uma análise da compreensão das desigualdades e da violência da realidade escolar.

Antes disso, dia 9, na Quarta de Cinema, 19 entrevistados de diferentes nacionalidades, entre artistas, intelectuais, pensadores e pessoas comuns, todos com problemas de visão: que vão da miopia à cegueira, falam exatamente sobre seu modo de enxergar o mundo. Esse é o ponto de partida de “Janela da Alma”, também de João Jardim e Walter Carvalho – também míopes. O longa-metragem reúne nomes como o escritor José Saramago; a atriz Marieta Severo; os cineastas Wim Wenders e Agnès Varda; o músico Hermeto Pascoal e o poeta Manoel de Barros. No mesmo dia, o “A Vida É Curta!” estreia “O Barqueiro”, de José Menezes e Lucas Justiniano, escolhido Melhor Filme no Festival do Rio 2014 e vencedor do Prêmio Aquisição do Canal Curta!. O filme tem como mote a história de Sérgio, motorista do Serviço Funerário Municipal há mais de 20 anos e conhecido por fazer a remoção de crianças.

A Segunda da Música, dia 7, apresenta o auge e a decadência de um dos maiores nomes da música brasileira, Humberto Teixeira. Dirigido por Lírio Ferreira, “O Homem que engarrafava nuvens” conta a história do baião ao narrar a trajetória do músico que assina a autoria de clássicos como “Asa Branca” e "Adeus Maria Fulô". A produção acompanha Denise Dummont, filha de Teixeira, em uma viagem em busca de mais informações sobre a vida do pai. Sucesso na década de 50, ele ficou marcado como o criador do baião, mas teve sua ascensão meteórica ofuscada pelo parceiro Luís Gonzaga, que eternizou com sua voz as canções do compositor. Também segunda, a faixa Curta! Relâmpago apresenta “No Balanço de Kelly”, filme que traça um panorama acerca da carreira do músico João Roberto Kelly, autor de “Cabeleira do Zezé”.

Dirigido e produzido por Gautier Deblonde, “Still Life: O Trabalho de Ron Mueck” é a atração da Terça das Artes, 8 de dezembro. O filme revela detalhes do processo de criação do artista em seu estúdio durante a preparação para a exposição na Fundação Cartier, em outubro de 2013.

A série “O Brasil de Darcy Ribeiro”, na Quinta do Pensamento, dia 10, apresenta seu segundo episódio: “A Construção da Nação”. Com direção de Ana Maria Magalhães, o filme dá continuidade à história do educador, com destaque para sua iniciação profissional sob o comando de Marechal Rondon e a pesquisa com índios com o intuito de entender a natureza humana.

SEGUNDA DA MÚSICA
O Homem que engarrafava as nuvens (documentário)
A história do baião através da ascensão e queda de um de seus maiores expoentes, o letrista e compositor Humberto Teixeira, conhecido como o "doutor do baião". Responsável por clássicos como "Asa Branca" e "Adeus Maria Fulô", Teixeira atingiu o estrelato nos anos 50 mas foi sempre eclipsado por seu parceiro Luiz Gonzaga. Na década seguinte, com o surgimento da bossa nova, o baião caiu na obscuridade.
Diretor: Lírio Ferreira
Duração: 107 min. Ano: 2008
Exibição: 7 de dezembro, segunda-feira, às 22h
Horários alternativos: Dia 8 de dezembro, terça-feira, às 2h e às 16h / Dia 9 de dezembro, quarta-feira, às 10h/ Dia 12 de dezembro, sábado, às 7h
Classificação: Livre

TERÇA DAS ARTES
Still Life: O trabalho de Ron Mueck (documentário)
O documentário, produzido por Gautier Deblonde para a exposição na Fundação Cartier em outubro de 2013, em Paris, revela o reservado e sensível processo criativo de Ron Mueck em seu estúdio.
Diretor: Gautier Deblonde
Duração: 49 min. Ano: 2013
Exibição: 8 de dezembro, terça-feira, às 23h
Horários alternativos: Dia 9 de dezembro, quarta-feira, às 3h e às 17h/ Dia 10 de dezembro, quinta-feira, às 11h/ Dia 13 de dezembro, domingo, às 15h30m
Classificação: Livre


QUARTA DE CINEMA

“A Vida é Curta!” estreia “O Barqueiro” e traz os vencedores de melhor filme no Prêmio Aquisição Canal Curta! e do Porta Curtas
Nesta quarta, o “A Vida é Curta” traz os filmes que foram vencedores do Prêmio Aquisição e do Porta Curtas. Além da estreia de “O Barqueiro”, também vão ser exibidos os curtas “O Bom Comportamento” “Efeito Casimiro”. “O Barqueiro” acompanha Sérgio, um motorista de funerária que retira corpos de crianças mortas. Em uma noite de inverno, ele espera a sua primeira chamada. “O Barqueiro” ganhou o prêmio de melhor curta-metragem no Festival do Rio 2014 e o Prêmio Aquisição do Canal Curta de 2015. Em “O Bom Comportamento”,uma adolescente enfrenta as dificuldades de ficar longe de seus amigos e da tecnologia. Dirigido por Eva Randolph, o filme venceu o prêmio de Melhor Curta no Festival do Rio 2014 e os prêmios do Festival Aquisição do Canal Curta! e do Porta Curtas. Já “Efeito Casimiro” relembra o “fenômeno ufológico” ocorrido na cidade de Casimiro de Abreu (RJ) que trouxe mais de 10 mil visitantes para o município. O filme também venceu os prêmios Aquisição do Canal Curta! e o Porta Curtas 2014.

Janela da Alma (documentário)
O que o escritor José Saramago, o cineasta Wim Wenders, a atriz Marieta Severo e o músico Hermeto Pascoal têm em comum? Eles e mais 15 personalidades com problemas visuais, que vão da simples miopia à cegueira total, dão depoimentos revelando sua percepção do mundo no documentário "Janela da Alma", de João Jardim e Walter Carvalho.
Diretor: João Jardim, Walter Carvalho
Duração: 73 min. Ano: 2000
Exibição: 9 de dezembro, quarta-feira, às 22h30m
Horários alternativos: Dia 10 de dezembro, quinta-feira, às 2h30m e às 16h30m / Dia 11 de dezembro, sexta-feira, às 10h30m / Dia 12 de dezembro, sábado, às 22h30m
Classificação: Livre

QUINTA DO PENSAMENTO
O Brasil de Darcy Ribeiro: A construção da nação (Série)
Com depoimentos de amigos e do próprio Darcy, o episódio retrata a sua personalidade e formação desde Montes Claros e o ambiente familiar; a influência da II Guerra em sua definição política no meio universitário e o despertar para a literatura em Belo Horizonte; até a decisão de estudar a natureza humana através de pesquisas com os índios. A iniciação profissional, sob a égide do Marechal Rondon, leva-o às aldeias onde se deslumbra com a presença da beleza na sociedade indígena e a força da sua identidade. O Brasil mestiço seria a nova Roma chamada a representar um papel importante no mundo.
Diretor: Ana Maria Magalhães
Duração: 52 min. Ano: 2013
Exibição: 10 de dezembro, quinta-feira, às 23h
Horários alternativos: Dia 11 de dezembro, sexta-feira, às 3h e às 17h/ Dia 14 de dezembro, quinta-feira, às 0h e às 11h
Classificação: Livre

SEXTA DA SOCIEDADE
Pro Dia Nascer Feliz (documentário)
O adolescente, com suas angústias e inquietações, e, em especial, a maneira como ele se relaciona com um ambiente fundamental em sua formação - a escola - é o foco central de investigação de "Pro Dia Nascer Feliz". Filmado em três estados brasileiros, abordando classes sociais distintas, o documentário de longa-metragem de João Jardim é um diário de observação do adolescente brasileiro, onde os professores também expõem seu cotidiano profissional, ajudando a pintar um quadro complexo das desigualdades e da violência no país a partir da realidade escolar.
Diretor: João Jardim
Duração: 90 min. Ano: 2005
Estreia: 11 de dezembro, sexta-feira, às 22h
Horários alternativos: Dia 12 de dezembro, sábado, às 2h30m e às 9h / Dia 13 de dezembro, domingo, às 20h/ Dia 14 de dezembro, segunda-feira, às 15h30m
Classificação: Livre

Sobre o Curta!
Dedicado às artes, cultura e humanidades, o Curta! é um canal independente que acolhe a experimentação e se orgulha de ser um parceiro dos realizadores, artistas, criadores e produtores independentes. Com o compromisso de transmitir 12 horas por dia de programação nacional independente, os principais segmentos temáticos da programação são música, dança, teatro, artes visuais, meta-cinema, filosofia, literatura, história-política e sociedade.
O Curta! pode ser visto nos canais 56 da NET, 83 na GVT, 75 na Oi TV, 103 na Vivo TV e 69 na Claro TV. Siga as redes do canal nos endereços: www.facebook.com/CanalCurta, twitter.com/CanalCurta ewww.youtube.com/user/canalcurta. 


Fonte: Agência Febre.

Popular Posts

Google+ Followers