Our social:

quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

‘Até Que a Sorte nos Separe 3’ chega a meio milhão de espectadores em cinco dias




PROTAGONIZADO POR LEANDRO HASSUM, FILME FOI A ESTREIA COM MAIOR RENDA NO FIM DE SEMANA

Com menos de uma semana em cartaz, a comédia dirigida por Roberto Santucci e Marcelo Antunez, “Até que a Sorte nos Separe 3”, já foi vista por mais de 500 mil espectadores. Segundo lugar entre as estreias do último fim de semana, atrás apenas de “Alvin e os Esquilos: na Estrada”, o filme chegou às telonas no último dia 24, com o status de maior lançamento de um longa brasileiro: mais de 800 salas. De acordo com dados compilados pela Rentrak Brasil, de quinta a domingo da primeira semana, a comédia teve renda total de R$ 6.246.000 milhões, maior renda entre as estreias do fim de semana.

No novo filme, Tino (Leandro Hassum) comete novamente uma série de trapalhadas que terão consequências ainda maiores. Desta vez, ele não leva só a família à falência, mas deixa o Brasil à beira de um colapso econômico. As consequências de seus atos são desastrosas e, na tentativa de arrumar o estrago, envolve-se até com a política brasileira, e nem a presidenta é poupada.

Produzido pela Gullane em coprodução com a Paris Produções, Globo Filmes, Miravista e RioFilme, o longa conta com Emanuelle Araújo, Bruno Gissoni, Julia Dalavia, Leonardo Franco, Kiko Mascarenhas, Ailton Graça, Silvia Pfeifer, Bemvindo Sequeira, Paulo Silvino e Mila Ribeiro no elenco. A distribuição está a cargo da Paris Filmes em parceria com a Downtown Filmes. O filme conta ainda com o patrocínio da EMS e participação do Fundo Setorial do Audiovisual e da ANCINE.

Sinopse – Até que a Sorte nos Separe 3

Depois de perder a herança da família em Las Vegas, Tino se vira como pode para ganhar um trocado. Sua sorte muda quando ele é atropelado pelo filho do homem mais rico do Brasil e descobre que sua filha Teté e o rapaz se apaixonaram. Tino ganha um emprego na corretora do milionário, mas consegue quebrar a empresa e provocar a desvalorização de ações brasileiras na Bolsa, levando a economia do país ao colapso. Agora, ele precisa administrar uma crise nacional, além de realizar um casamento digno para a filha.



FONTE: AGÊNCIA FEBRE.

Popular Posts

Google+ Followers